Cidadeverde.com
Política

Átila comemora aprovação do Distritão e diz que é contra financiamento público

Imprimir

O deputado federal do Piauí, Átila Lira (PSB), comemorou a aprovação do “Distritão”, em Brasília. A Comissão especial da Reforma Política aprovou nessa quarta-feira (09) na Câmara dos Deputados, o texto básico do deputado Vicente Cândido (PT-SP), que estabelece o modelo de votação já valendo a partir de 2018 e também para 2020.

Com o modelo, os candidatos mais votados, independente de partido e de coligação, serão os eleitos. A proposta ainda tem que passar por votações nos plenários da Câmara e do Senado.
Átila lira destacou que outro ponto importante da reforma que está sendo discutido é o financiamento público de campanha, proposta a qual ele é terminantemente contra.

“Foi uma votação muito equilibrada, 17 votos a favor, 15 contrários e duas abstenções, mas de maneira geral o plenário é receptível ao Distritão. A ideia é ele seja para eleição de 2018, e em 2022 já seria o distrital misto, que evolve modalidades distintas, eleição proporcional e em lista.

Átila informou que na votação de ontem também foram aprovadas as questão dos fins das coligações, a limitação do tamanho dos partidos. “Ou seja os partidos terão que ter votos para participar da propaganda gratuita eleitoral e receber pelo fundo partidário”. 

“E outro ponto importante é que também vai ser definida a forma de financiar as campanhas, que eu defendo particularmente que seja pelo filiado ao partido e a contribuição física. Eu sou completamente contra o financiamento público de campanha”, finalizou.


Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com

Imprimir