Cidadeverde.com

Sai emenda para equipar UESPI de Oeiras

Foi empenhada, na terça-feira (20), emenda do deputado federal Assis Carvalho (PT/PI) destinada à aquisição de equipamentos e materiais permanentes para o campus de Oeiras da Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

O recurso no valor de R$ 967.648, viabilizado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), é procedente de emenda individual do parlamentar apresentada no ano de 2015.

Atualmente, a UESPI de Oeiras funciona em condições improvisadas, em um prédio histórico no centro da cidade. A construção da sede própria foi autorizada pelo reitor Nouga Cardoso, neste sábado (17), com emenda já liberada do deputado Assis e recursos próprios do governo do Piauí. A emenda empenhada hoje será utilizada para equipar o novo campus.

Fonte: Ascom
cidades@cidadeverde.com

José Raimundo Sá é diplomado prefeito de Oeiras

O prefeito eleito de Oeiras, José Raimundo de Sá Lopes (PP), o vice-prefeito, Martinho Meneses e os 13 vereadores eleitos nas eleições de 2016 em Oeiras foram diplomados na última quinta-feira(15). 
 
A cerimônia, presidida pelo juiz eleitoral Luiz Henrique Moreira Rêgo, ocorreu no clube da AABB e também reuniu prefeitos e vereadores eleitos em outras seis cidades que compõem a 5ª Zona Eleitoral. A diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito e está apto a tomar posse no cargo.
  
Em seu discurso ao ser diplomado, Zé Raimundo destacou o compromisso com a gestão pública e com a continuidade do projeto de desenvolvimento da cidade. “Quero aqui reforçar nosso compromisso em pensar uma Oeiras não só para hoje, mas sim planejar uma cidade para o amanhã, construindo de maneira interativa uma gestão compartilhada, onde a população se sinta parte dela”, ressaltou o prefeito eleito de Oeiras.
 
“Os desafios são inúmeros, mas a coragem e a determinação para o trabalho, marcas de minha conduta como cidadão, serão o combustível para superarmos as adversidades”, completou Zé Raimundo.
 
A prestação de contas da campanha de Zé Raimundo foi aprovada na última segunda-feira (12) pelo juiz da 5ª Zona Eleitoral.


Da Redação 
redacao@cidadeverde.com

Ordem de construção de prédio da UESPI em Oeiras será assinada neste sábado

A Universidade Estadual do Piauí (Uespi) assinará, neste sábado (17),às 9h30, a Ordem de Serviço (OS) para a obra de construção do novo campus em Oeiras. Nesta etapa, deverão ser construídos dois blocos, sendo um administrativo e o outro de salas de aula, laboratórios e áreas de convivência.

Segundo o pró-reitor de Administração, Raimundo Isídio de Sousa, o valor da obra é de R$ 4.590.094,61. A solenidade de assinatura acontece no campus Possidônio Queiroz.

Os recursos para a construção são oriundos de uma emenda parlamentar do deputado federal Assis Carvalho. "Será um prédio de universidade bem equipado, e esperamos aumentar o número de concursados para que a gente possa investir ainda mais em educação. O nosso compromisso é investir sobretudo em educação pública e nesse sentido também já estarei destinando recursos para equipar este prédio e contribuir para uma universidade de alto nível", afirma o parlamentar.

"Nossos agradecimentos ao Governador Wellington Dias e ao Dep. Assis Carvalho pela contribuição em favor da nossa universidade", pontua o reitor da UESPI, Nouga Cardoso. O prazo de execução da obra é de 365 dias a partir do recebimento da Ordem de Serviço e Nota de Empenho pela Empresa. O acompanhamento e a fiscalização dos serviços serão realizados pelo Departamento de Engenharia da Uespi.

Fonte: secom
cidades@cidadeverde.com

 

 

 

Oeiras +300 celebra o tricentenário da primeira capital do Piauí

A religiosidade e as manifestações culturais são marcas registradas de Oeiras, a primeira capital do Piauí, que em 2017 comemora o tricentenário de sua emancipação política. Para celebrar esse marco na história do Estado, a Prefeitura de Oeiras e a Secretaria Municipal de Economia Solidária e Criativa (Semest) vão realizar o evento Oeiras +300, no dia 25 de dezembro, no Parque da Cidadania, em Teresina, reunindo artistas oeirenses, grupos de dança, além da Orquestra Sinfônica de Teresina (OST). 

“Temos que compreender a importância de Oeiras para a história e cultura de nossa gente. No dia 26 de dezembro de 2017, Oeiras comemora trezentos anos de emancipação política, momento importantíssimo para divulgarmos mais e melhor as tradições do município na capital. A ideia é que durante todo o ano possamos realizar eventos pontuais na capital para relembrar essa data”, reforça Olavo Braz, secretário municipal de Economia Solidária e Criativa. 

Além da participação de grupos tradicionais de dança de Oeiras, como o Congos e Conguinhos, os Bandolins de Oeiras e a Orquestra Sinfônica de Teresina, também será realizada uma exposição temática sobre os principais símbolos históricos e culturais do município, como a Procissão de Bom Jesus dos Passos, a Festa do Divino e a escrava Esperança Garcia. 

“Trata-se de uma exposição de um filho de Oeiras que está pondo o seu acervo à disposição do público. Ao todo serão expostas umas 60 obras de arte, incluindo 30 esculturas de anjos com tamanho de 1m10cm, 20 esculturas de divinos e 20 telas. O espaço será elaborado pelos artistas plásticos Reisinha e Stênio, com supervisão do arquiteto Júlio Medeiros”, explica Olavo Braz, ao comentar que as telas são de sua autoria, enquanto as esculturas são de santeiros como Maurício Jonas e Junior. 

O evento Oeiras +300 é uma realização da Prefeitura de Oeiras e da Secretaria Municipal de Economia Solidária e Criativa (Semest), com patrocínio do Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Cultura (Secult) e apoio da Prefeitura de Teresina. 
 
Programação

OEIRAS +300
Local: Parque da Cidadania
Data: 25 de dezembro 

19h - Abertura com Congos e Conguinhos de Oeiras
20h - Robertinho Chinês e Bandolins de Oeiras
21h - Orquestra Sinfônica de Teresina

Exposição Oeiras +300
Local: Shopping Rio Poty
Data: 10 a 20 de janeiro
Horário da abertura: 19h

 
cidades@cidadeverde.com

Ação da Codevasf em Oeiras impulsiona o desenvolvimento regional

A circulação de produtos agrícolas, mercadorias, moradores e turistas vai ficar muito mais fácil em Oeiras, no sudeste do Piauí. A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) vai investir cerca de R$ 1,2 milhão na pavimentação de vias nas zonas urbana e rural do município, localizado a 313 km da capital. Os recursos são oriundos do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por meio de emendas parlamentares.

Para a execução dos serviços, a Codevasf assinou três convênios com a Prefeitura Municipal de Oeiras. Serão pavimentados em paralelepípedo cerca de 13,4 mil m2 de acessos, sendo 11,4 mil m2 na zona urbana e 2 mil m² na zona rural.

“Aproximadamente 35 mil pessoas que vivem no município serão beneficiadas, uma vez que as obras estão previstas para serem executadas em diversos pontos, abrangendo toda a população de Oeiras”, explica Emanoel Cézar, engenheiro da Codevasf e fiscal dos convênios. Ele ressalta também que, além de promover a estruturação urbanística do local, a ação irá proporcionar melhoria no deslocamento urbano e facilitar a circulação de bens e serviços, como a produção agrícola do município.

Outro benefício da ação é quanto ao combate às doenças causadas pelo acúmulo de água residual doméstica e da chuva, como também na incidência de doenças respiratórias provocadas pela poeira das vias decorrentes dos vários meses de estiagem e ventanias intensas.

A economia

Em Oeiras, microrregião de Picos, o comércio é a maior fonte de renda, já que o município é o principal centro comercial do vale do Rio Canindé, articulando uma região de mais de 100 mil pessoas. 

A produção agrícola na zona rural do município destaca-se pelo cultivo de melancia, feijão, milho, mandioca, banana e tomate – e é praticada sobretudo por agricultores familiares. 

 

Com informações ascom/Codevasf
cidades@cidadeverde.com

Escola de bandolins Dona Petinha é aberta oficialmente no Festival de Cultura

Instrumento da família das cordas com formato de pêra, o bandolim faz parte da tradição cultural da cidade de Oeiras, município a 271 km de Teresina. A Escola de Bandolins, que ganhou o nome de “Dona Petinha”, foi aberta oficialmente neste sábado (19) dentro da programação do XI Festival de Cultura de Oeiras. As aulas vão acontecer no Sobrado Major Selemérico, que agora funciona também como casa de cultura. 

O Sobrado Major Selemérico foi reaberto em maio deste ano após ampla reforma e modernização e possui salas apropriadas para o início das aulas. A entrega simbólica dos bandolins foi feita pelo secretário estadual de Cultura, Fábio Novo, a seis crianças que já faziam oficinas nas escolas. Vinte novos instrumentos foram entregues aos alunos para garantir o início das aulas. 

“Nós estamos plantando sementes e preservando essa tradição que de modo algum deve morrer em Oeiras. Assim como acontece em Bom Jesus com a rabeca, o intuito é perpetuar essa tradição. Entregamos no início do ano o Major Selemérico que agora vai funcionar completamente com a escola”, afirma Fábio Novo.

Algumas oficinas já funcionavam em escolas municipais. Agora as aulas serão ministradas permanentemente na nova escola de bandolins. O ministrante das aulas, Herbert Vinícius, aprendeu a tocar o instrumento com a veterana dona Petinha, que fez questão de participar da cerimônia de entrega. Com apenas 24 anos o professor já dá aulas a crianças e participa também da Orquestra Renascença II que une pessoas de todas das idades. 

“Eu costumo dizer que os bandolins são um elo que liga Oeiras a Portugal. A principal característica dos nossos bandolins é esse toque lusitano, um som muito semelhante ao de Portugal. É uma honra muito grande dar continuidade a uma tradição secular da cidade”, conta o professor Herbert Vinicius. 

O Sobrado Major Selemérico ganhou restauração e modernização na sua estrutura, e além das salas de aula também conta com a galeria dos governadores, com móveis de época utilizados pelo Visconde da Parnaíba e que foram restaurados pela Secretaria Estadual de Cultura. O local apresenta também dois memoriais, um deles em homenagem a Possidônio Queiroz, músico oeirense que compôs grandes valsas e o outro homenageia Esperança Garcia.


redacao@cidadeverde.com

 

Ministério da Saúde habilita UPA de Oeiras e repassará R$ 1,2 milhão por ano

O Ministério da Saúde habilitou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) no Município de Oeiras. A portaria foi publicada nesta quinta-feira (17) no Diário Oficial da União. No mesmo documento, o MS anuncia a destinação de R$1,2 milhão anuais para a unidade de saúde.

Segundo a portaria, o Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência, regular e automática do recursos, em parcelas mensais, para o Fundo Estadual de Saúde do Piauí.

"Os recursos financeiros, objeto desta Portaria, correrão por conta do orçamento do Ministério da Saúde", diz a portaria, que já está em vigor com efeitos financeiros a partir da 10ª parcela de 2016.

Com atendimento 24 horas, dois médicos plantonistas por dia e sete leitos de observação, o Governo do Estado inaugurou a UPA em 2015.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Oeiras sedia evento de agropecuária do semiárido

O Workshop da Aliança para Inovação Agropecuária no Semiárido Piauiense foi realizado no  Campus do Instituto Federal de Educação do Piauí em Oeiras essa semana reunindo instituições de ensino, pesquisa, extensão rural, organizações de trabalhadores e de produtores rurais do estado do Piauí.

A mesa redonda “Soluções ou oportunidade para a região” foi moderada pelo Diretor Técnico-Científico da Fapepi, Albemerc Moraes. Participaram dessa discursão empresários locais e também instituições não-governamentais. O diretor aproveitou para enriquecer a discussão com a sua contribuição na área de energia solar. Outros discursos como o do Padre João de Deus da Fundação Dom EdilbertoDinkelborg, focaram em sensibilizar os participantes a cerca do desenvolvimento sustentável e as vantagens de conhecer e inserir as tecnologias corretas para tornar as produções mais eficientes, reduzindo tanto a poluição quanto os prejuízos.

“Temos potencial, por exemplo, na área da energia solar, que pode mudar a realidade dos pequenos produtores, do homem que vive no sertão e com as parcerias certas, podemos ser um exemplo para todo o Brasil”, completou o diretor da Fapepi, Albemerc Moraes.

Vale lembrar que a Aliança para Inovação Agropecuária no Piauí teve inicio no mês de maio deste ano e nasceu de uma solicitação do próprio Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Ela já agrega diversas instituições com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi). O objetivo primordial da Aliança é a geração de conhecimentos e tecnologias sustentáveis que aumentem a competitividade da agricultura brasileira.

Assim, um dos caminhos pretendidos pela Aliança é o estabelecimento de um novo Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária e prevê um novo formato de plataforma de pesquisa, onde as estratégias e estruturas sejam compartilhadas, a governança mais ágil e focada no mercado de inovações e no desenvolvimento da agropecuária, abrindo a possibilidade para novas fontes de financiamento.

Da editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Suspeito pula muro e mata adolescente enquanto dormia

Um jovem de 18 anos foi assassinado a golpes de faca dentro da própria residência no bairro Várzea, município de Oeiras, a 313 km de Teresina. Samuel Rodrigues Gonçalves morava sozinho e dormia em uma rede quando foi surpreendido pelo assassino. 

"O suspeito pulou o muro e entrou na casa. Lá estava tudo escuro pois não tem energia elétrica. O Samuel estava dormindo e após ser esfaqueado ainda conseguiu pular a janela e gritar por socorro", explica a perita cirminal, Fortunata Fontes. 

Pela casa ficaram marcas de sangue. Vizinhos se deslocaram à residência e encontraram o jovem ainda com vida. O crime ocorreu por volta de 12h30, desta quarta-feira (09). 

"Dois vizinhos conversaram com ele, mas a vítima não quis falar quem era o suspeito. Ele já havia sido levado para a delegacia várias vezes e supomos que o crime tenha relação com o acerto de contas", reitera Fontes. 

A arma branca utilizada no homicídio não foi localizada.  A perita acrescenta que ele sofreu seis perfurações sendo uma na perna, uma no ombro, uma no antebraço, uma na mão e duas facadas profundas no abdômen. 

O Samu foi acionado, mas a vítima não resistiu aos ferimentos. O caso será investigado pela Polícia Civil

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Mercado Público de Oeiras é inaugurado sexta após reforma

Ocorre na manhã desta sexta-feira (14), a partir das 07:30h, a inauguração do Mercado Público da Cidade de Oeiras. O espaço foi construído no propósito de dar maior comodidade a comerciante e feirantes do município, além de proporcionar uma maior integração com outros municípios do Vale do Canindé, região que tem como foco econômico a agricultura.
 
O evento contará com a participação de diversas autoridades políticas, dentre elas o governador do estado do Piauí, Wellington Dias, e o prefeito de Oeiras, Lukano Sá. O novo mercado de Oeiras conta com 511 boxes para produtos secos e molhados, verduras, frutas, carnes e conta também com lanchonetes, espaço de conveniência e praça de alimentação.
 
Para o prefeito Lukano Sá, a cidade de Oeiras passa a ser uma das principais referências de mercado público do Nordeste. “O mercado público de Oeiras é, no interior do Piauí, quiçá no Brasil, um dos mais ousados espaços que congrega várias possibilidades de empreendedorismo”, destacou.
 
O espaço receberá o nome da senhora Elisabeth Sá, que em vida foi mais conhecida como Lili, proprietária de uma tradicional fábrica de doces que também recebe seu nome. Faleceu em 2012, vítima de um acidente automobilístico. A homenagem é um reconhecimento pelos seus serviços prestados à população oeirense.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Posts anteriores