Cidadeverde.com

Imagens sacras são cobertas na Semana Santa em Oeiras

Entre os muitos hábitos religiosos mantidos em Oeiras (PI) está o de se cobrir as imagens sacras com panos de cor roxa. Na igreja de Nossa Senhora da Vitória, a tradição é mantida na Semana Santa. As estátuas só são reveladas no Sábado de Aleluia. 

Kleyton Vieira, pároco da igreja de Nossa Senhora da Vitória, explica que as imagens são cobertas na Semana Santa para que os fiéis lembrem do momento de renovação da vida. 

"Todas essas imagens serão novamente descobertas e nós vamos sentir a presença de Cristo em nossas vidas", explicou no Jornal do Piauí desta sexta-feira (3). "Uma das grandes características da Semana Santa é a cor roxa, que simboliza nosso desejo de penitência". 

Outra tradição de Oeiras é a confecção de lamparinas para a procissão do fogaréu. A historiadora Socorro Barros contou que o costume do bairro Rosário deve se adaptar a cada época. 

"As lamparinas, como tradição e uma preservação, vão naturalmente se transformar pela mordernidade", avaliou. "A transformação é natural. Mas o mais importante é o que o pai ensina para o filho, que ensina para o neto, e essa tradição vai permanecer viva. (...) Essa simbologia, misturada com essa história, é que vai fazer essa preservação". 

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Prefeitura de Oeiras distribui uma tonelada de peixes para população mais carente

A população mais carente de Oeiras foi beneficiada nesta quarta-feira (1º) com tradicional distribuição de peixes realizada pela Prefeitura, através da Secretária Municipal de Assistência Social (SEMAS).

Ao todo, foi disponibilizada uma tonelada de peixes nesta ação que é feita anualmente durante a Semana Santa, para que as famílias mais carentes da cidade, que moram nas regiões de maior vulnerabilidade social, possam ter durante esse período um dos principais alimentos característicos da época, que é uma tradição no município.

Para a população ter acesso à distribuição dos peixes, os funcionários da SEMAS se organizaram em equipes e visitaram vários bairros da cidade, como Vila Santa Teresa, Vila São José, Pedreira, Lajeiro do Samba e Vila Cajueiro. Ao todo, foram distribuídas mil fichas para a distribuição de peixes, que foi realizada nas dependências da sede do CRAS II no Bairro Oeiras Nova.

“Acho esta atitude da Prefeitura muito importante, porque nem sempre temos dinheiro neste período, o que dificulta a compra do peixe. Eu mesma estou muito feliz e minhas vizinhas também, e isso só vem a contribuir com o nosso almoço na Sexta-Feira Santa”, destacou a dona-de-casa Maria José.

Os peixes que foram distribuídos pela SEMAS, são oriundos da piscicultura praticada na região, a exemplo do povoado Salinas, que vem se destacando nesta seguimento produtivo.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Procissão de Bom Jesus dos Passos reúne 45 mil pessoas em Oeiras

Cerca de 45 mil fieis participaram na tarde sexta-feira (27) da Procissão de Bom Jesus dos Passos, em Oeiras. O ato de fé é uma tradição no município e atrai pessoas de várias regiões do Piauí e de outros estados. A chuva que caiu no início do percurso não atrapalhou a caminhada. Há anos não chovia durante a procissão. A última vez aconteceu em 1952.

Segundo o prefeito de Oeiras, Lukano Sá, a procissão é um dos pontos altos no calendário cultural do município.

"É um ato que difere nossa gente. A procissão é um dos pontos altos do calendário cultural do município. Atrai fieis de todas as partes e não só de Oeiras. Hoje o poder público haje no sentido de trazer maior comodidade", declarou.

A procissão teve início por volta das 16h30 e é como se fosse uma via sacra no estilo oeirense. São sete passos. Cada um deles representa duas estações e são cuidados por famílias da cidade. Cada uma enfeita os caminhos com as flores próprias do Bom Jesus dos Passos.

Outro diferencial é o uso da cor roxo. Segundo o bispo de Oeiras, Dom Juarez Sousa da Silva, o roxo é um sinal da penitência ao sacrifício de Jesus.

TV Cidade Verde mostra preparação para a procissão

"É um momento onde há um grande encontro entre o povo e as manifestações. Aqui as pessoas consomem símbolos que têm significados, desde a cor roxo e a flor de passos. O roxo é a cor do amor piedoso", disse o historiador Junior Viana.

O momento de maior emoção durante a procissão é o encontro de Nossa Senhora das Dores com Bom Jesus dos Passos.

Da Redação (com informações da TV Cidade Verde)
redacao@cidadeverde.com

Governador diz que fé oeirense é modelo para outras regiões

O governador Wellington Dias participou, na tarde desta sexta-feira (27), da tradicional Procissão de Bom Jesus de Passos, em Oeiras. O ato reuniu centenas de fieis na primeira capital do Piauí. O petista, que acompanha a procissão há muitos anos, reforçou que Oeiras é a capital da fé. 

Foto: Paulo Barros/Ccom

“Observar o crescimento da fé dos oeirenses, que é modelo para outras regiões e também um patrimônio imaterial, é motivo de orgulho”, disse Wellington Dias, que estava acompanhado da vice-governadora Margarete Coelho.

A forte chuva que caiu sobre Oeiras na tarde desta sexta-feira não impediu que milhares de Oeiras participassem da procissão. O prefeito Lukano Sá destacou que a prefeitura se preocupa em dar a infraestrutura para os eventos religiosos ligados à Semana Santa, período em que a cidade recebe grande número de visitantes. “Nesta época, Oeiras se torna passagem de romeiros e turistas”, disse, enfatizando que toda a comunidade fica envolvida com a organização e, por isso, é importante o investimento em mobilidade urbana para garantir maior comodidade aos romeiros.

Na procissão, muitos católicos aproveitam para pagar promessas como é o caso de Maria Carvalho, que passou por cinco cirurgias de hérnia e não ficava boa. “Fiz a promessa para Bom Jesus dos Passos de acompanhar a procissão todos os anos da minha vida com a cabaça na cabeça”, comenta.

Oeiras também recebeu o senhor Joaquim Gonçalves, que foi a pé desde a cidade de Dom Expedito Lopes, caminhando por cerca de 55 quilômetros. Ele sofreu com um tumor nas costas e veio de sua cidade para pagar a promessa.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Procissão do Bom Jesus dos Passos deve reunir mais de 40 mil romeiros

A procissão de Bom Jesus dos Passos deve reunir mais de 40 mil romeiros em Oeiras, nesta sexta-feira (27). O município, distante 313 km de Teresina, é constantemente destino turístico de fieis de todo o país. A religiosidade é representada pelas igrejas das Três Marias, Nossa Senhora do Rosário conhecida como igreja dos Negros, Nossa Senhora das Vitórias e Nossa Senhora da Conceição.

"A procissão do Bom Jesus dos Passos é uma via sacra que acontece nas ruas históricas da cidade Oeiras. Nós meditamos as estações da via sacra de Jesus Cristo. Temos os passos e em cada passo nós meditamos duas estações. Nesse passo nós temos o canto da Maria Beú que simboliza Verônica e ela canta chamando a atenção de todos os romeiros para a dor e o sofrimento de Jesus Cristo. Também nos passos, temos a benção com a relíquia sagrada", disse o padre Cleiton Vieira.

O pároco acrescenta ainda que, neste período, muitas pessoas saem de várias comunidades a pé como forma de agradecimento por bençãos recebidas.

"São várias manifestações do catolicismo. As pessoas se vestem de roxo e vêm agradecer pela chuva e também pela vida. É a verdadeira expressão da fé", reitera Kleiton Vieira.

 

Oeiras

Em 2012, o Conselho Consultivo Patrimônio Cultural do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan - aprovou  os tombamentos dos conjuntos históricos e paisagísticos de Oeiras.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Terreno ao lado de aterro sanitário é usado como lixão em Oeiras

  • Divulgação
  • Divulgação
  • Divulgação
  • Divulgação
  • Divulgação
  • Divulgação
  • Divulgação
  • Divulgação
  • Divulgação
  • Divulgação

A prefeitura de Oeiras alerta a população para os cuidados com o lixo despejado em local inapropriado. O flagra mais recente é um terreno que fica a pouco mais de 50 metros do aterro sanitário que vem sendo usado como lixão. A prefeitura, através das secretarias de Obras, Administração e Finanças, tem viabilizado ações para manutenção da limpeza na cidade. A coleta é feita diariamente nos mais variados bairros da cidade evitando acúmulo de detritos.
 
Na última denúncia recebida, constatou-se que o local impróprio possui um acumulo de lixo que atesta a repetição da prática há algum tempo e a proximidade do aterro piora o problema, colocando em evidência a falta de compromisso de alguns populares com a limpeza pública do município, o que se configura como um ato de vandalismo, visto que tal ação foge às regras impostas pela administração municipal. O flagrante foi feito pelo próprio prefeito de Oeiras, Lukano Sá.

 
Para o prefeito Lukano Sá, o acumulo de lixo em locais inapropriados pode gerar efeitos negativos, tanto na poluição do solo como colocando a saúde da população em risco. “Esse tipo de atitude, por parte de algumas pessoas em específico, nos deixa bastante desapontados. Sempre estamos estimulando o manejo adequado do lixo no município e este tipo de atitude envergonha toda a sociedade de Oeiras. Uma vez que se não for devidamente penalizado pelos meios legais, pode gerar novos casos semelhantes”, explicou.
 
"Estamos investindo em infraestrutura para que a coleta atenda de maneira ampla à toda a população. Pensando nisso, temos fechado parcerias com instituições como a FUNASA e trabalhando no sentido de evitar quadros que favoreçam a disseminação de epidemias.  Diante tudo isso é inadmissível que alguns cidadãos sujem irresponsavelmente a nossa cidade. É preciso que a população tenha mais esclarecimento e noções básicas  de educação ambiental, só assim teremos a oportunidade de termos uma cidade  mais limpa e com mais qualidade e vida", completou o prefeito.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Escolas de Oeiras recebem campanha de vacinação contra HPV

A Prefeitura de Oeiras, através da Secretaria Municipal de Saúde e em parceria com o Ministério da Saúde, está realizando a campanha de vacinação contra o Vírus do Papiloma Humano (HPV) na cidade. A ação tem como público alvo meninas de nove a 11 anos, porém as que ainda vão completar 13 anos poderão receber a segunda dose, também podem ser vacinadas mulheres de 9 a 26 anos que são “soro positivo”.

 
A vacina funciona estimulando a produção de anticorpos específicos para cada tipo de HPV. A proteção contra a infecção vai depender da quantidade de anticorpos produzidos pelo indivíduo vacinado, a presença destes anticorpos no local da infecção e a sua persistência durante um longo período de tempo.

O objetivo do prefeito Lukano Sá é fortalecer mecanismo e ações para intensificar as campanhas de vacina em Oeiras com o intuito de superar as metas de imunização. No propósito de atender um maior número de meninas a Secretaria Municipal da Saúde, por meio da Coordenação de Imunização, vem fortalecendo as ações nas escolas públicas e privadas.
 
De acordo com a coordenadora municipal de imunização de Oeiras, Geórgia Salanne, o nível de informação passada pelos meios de comunicação tem contribuído para que as famílias estimulem as meninas a tomarem a vacina e garantido uma adesão satisfatória.
 
“A campanha está sendo bem recebida. As escolas são o nosso principal alvo por compreendermos que é um centro de formação para todas as áreas da vida, e se a vacina pode ajudar a combater o câncer, ela não pode ficar de fora. Contudo, é importante informar que a vacina também está sendo oferecida nos postos de saúde, a campanha continua até o final do mês de março”, pontuou a coordenadora.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Prefeitura de Oeiras realiza homenagens pelo mês da mulher

A Prefeitura de Oeiras, através da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, está homenageando as mulheres empreendedoras da cidade durante este mês de março. O reconhecimento, que é feito através do projeto Sala do Empreendedor, homenageia as oeirenses que se destacam nas mais diversas áreas e a homenageada desta semana é Rosilene Brito, mais conhecida como Rose Calçados.

A história da empresária do ramo dos calçados começou quando na busca por uma oportunidade de trabalho se tornou radialista, mas foi por intermédio de um amigo que passou a trabalhar no comércio, onde ganhou notoriedade. Na feira livre, vendendo calçados e peças íntimas, começou seu caminho até se tornou referência deste seguimento.
 
Em 2008, Rose realizou o sonho de abrir a sua própria loja, porém, destaca que este foi apenas mais um importante passo na sua trajetória. A empresária diz que seu segredo está em investir nas demandas de seus clientes, ação que vem resultando num empreendimento de sucesso.
 
“Quem trabalha Deus sempre ajuda! Em 2010, a loja passou por uma reforma, foi ampliada. Devido ao aumento da clientela o espaço ficou pequeno para tanta gente. O objetivo foi dar um pouco mais de conforto ao nosso cliente. Nossa clientela se multiplicou, as vendas aumentaram bastante”, destacou Rose.

                                             
 
No ano de 2013, a loja Rose Calçados passou por mais uma reforma e desta vez produtos de confecções foram inseridos em suas mercadorias. Com a visibilidade e a procura foi necessário aumentar o quadro de funcionários, segundo a empreendedora, as vendas cresceram mais do que o esperado.
 
“Hoje em dia trabalhamos com um pouco de tudo em nossa loja e graças a Deus só temos ampliado nosso número de clientes na cidade. Só tenho a agradecer, primeiramente a Deus, por me dar forças pra continuar nessa luta diária de trabalho e aos meus clientes que são a razão do sucesso de nossa loja”, pontuou  Rose.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Prefeitura de Oeiras firma parceria com Caixa Econômica Federal

O prefeito de Oeiras, Lukano Sá (PSB), se encontrou com representantes da Caixa Econômica Federal (CEF) para tratar da parceria firmada entre as duas instituições. O encontro tratou dos serviços oferecidos pela financeira, na qual a Prefeitura mantém suas contas. Esse alinhamento visa dar mais comodidade aos funcionários, além da própria população, por meio da contrapartida financeira disponibilizada pela CEF, que será usada em projetos de ordem municipal.

A parceria entre a Prefeitura de Oeiras e a Caixa Econômica Federal resulta em ganhos para a cidade, visto que a contrapartida financeira disponibilizada poderá ser usada pelo executivo municipal em projetos de curto ou longo prazo. Para o prefeito Lukano Sá, este incremento financeiro vai ser importante na efetivação do projeto de monitoramento urbano por meio de câmeras de alta resolução, que, de acordo com estudos, proporcionará uma redução de até 50% nos índices de criminalidade nas áreas monitoradas.

Com esses recursos, várias aéreas da cidade serão beneficiadas, principalmente as regiões onde ficam concentradas as agências bancarias da cidade, que ficam distantes uma das outras num raio de pouco mais de 300 metros. Lukano Sá se mostrou satisfeito com a renovação da parceria. Para o superintendente Regional da Caixa Econômica no Piauí, Emanuel do Bonfim Veloso Filho, é uma grande satisfação contribuir com a segurança e a qualidade de vida da população.

“É muito importante para nós este entendimento entre o executivo municipal de Oeiras e a Caixa Econômica Federal. Isso torna mais viáveis as nossas ações junto à população. Parabenizo ao gestor por mais um item de segurança que será disponibilizado ao povo, por meio desta nossa contrapartida. Isso sem dúvida irá gerar mais conforto e tranquilidade para a comunidade”, destacou o superintendente.

Após o pronunciamento do prefeito  Lukano Sá e do Superintendente Regional da Caixa Econômica no Piauí, foi realizada a assinatura dos documentos que efetivam a parceria. Também marcaram presença na reunião o líder politico e ex-prefeito B.Sá, o secretário municipal de Finanças, José Raimundo, o procurador geral do Município, Alexandre de Deus, e representando o Setor Pessoal e o Setor de Finanças estiveram, respectivamente, Conceição Ferreira e Ronaldo Sá. Representando a Caixa Econômica ainda estiveram o gerente da Agência de Oeiras, Everaldo Gonçalves, e  gerente Regional da Caixa, Raimundo Nonato de Andrade.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Ladrão rouba carro e invade casa pois não sabia dirigir em Oeiras

John Franclin Pereira da Silva, de 22 anos, foi preso após roubar um veículo e bater cerca de 500 metros após o local do assalto, pois não sabia dirigir. Ele invadiu a casa de um mototaxista com o veículo na madrugada deste domingo (22) em Oeiras, a 313 km de Teresina. Parte da fachada e do portão foram destruídos com o impacto.

Fotos: Folha de Oeiras

De acordo com o delegado Paulo César Moraes, delegado regional de Oeiras, John já é conhecido da Polícia e foi preso por volta das 19h.

"Ele é usuário de drogas e roubou o carro de uma residência. 500 metros depois ele invadiu outra casa com o carro porque não sabia dirigir. O dono da casa quis obrigar ele a pagar o prejuízo e chegou a sair com ele na moto para buscar o dinheiro, que ele dizia estar com seu pai em outro endereço, porém, no caminho ele sacou uma arma e correu para o matagal", contou o policial.

O acusado foi encontrado por uma guarnição da Polícia Militar sob o comando do sargento Dorgival Mendes, mas a arma não foi localizada.  John foi autuado em flagrante por roubo.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Posts anteriores