Cidadeverde.com

Sesapi estuda implantação de cirurgias neurológicas em Parnaíba

A Secretaria de Estado da Saúde estuda implantar a oferta de serviço de neurologia no município. A ideia é firmar parceria para atender a demanda do território Planície Litorânea. Com a proposta, será possível diminuir o tempo de atendimento da vítima da ocorrência neurológica entre o evento do trauma e a assistência especializada.

“Os procedimentos, hoje, na sua grande maioria, são referenciados para a capital, e alguns deles poderiam ser feitos em Parnaíba. Estamos, a partir de agora, com a equipe técnica da Secretaria de Estado as Saúde e Secretaria Municipal de Parnaíba, discutindo sobre a logística para fazer esse atendimento, desde a parte de estrutura à parceria e equipe de profissionais. É uma ação muito importante para o processo de descentralização da Saúde no Estado do Piauí”, comenta do secretário Francisco Costa.

O neurocirurgião Emerson Brandão, da Rede de Urgência e Emergência da Secretaria, explica que com a implantação do serviço o paciente terá mais agilidade no atendimento. “Nós já sabemos que o tempo no atendimento desses pacientes é fundamental e essa demora entre o primeiro atendimento na sua cidade e o encaminhamento para realizar a cirurgia em Teresina piora o quadro da vítima, aumenta as sequelas e também as chances de óbito”, acrescenta.

O Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) já oferta uma série de procedimentos neurológicos, que será ampliado para a realização de cirurgias neurológicas. O projeto de implantação passará por ajustes realizados pelas equipes técnicas do município e da Superintendência de Assistência à Saúde (Supas) da Secretaria de Estado da Saúde.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Segunda Industria da ZPE iniciará o funcionamento em 90 dias

Paulo Cardoso em entrevista ao Jornal do Piauí (foto: reprodução/Cidade Verde)

As primeiras carretas com o maquinário para a instalação da segunda indústria da Zona de Processamento de Exportação do Piauí (ZPE) já chegaram ao município de Parnaíba. A indústria deverá entrar em funcionamento dentro de 90 dias. 

“A ZPE é muito importante para Parnaíba e é um projeto há muito tempo foi sonhado e, agora, está sendo realizado. Estamos com a segunda indústria. Essa indústria tem como proposta fortalecer a exportação no Estado. Ela vai produzir a partir da palha da Carnaúba”, disse o presidente da ZPE Parnaíba, Paulo Roberto Cardoso, em entrevista ao Jornal do Piauí desta quarta-feira (20).  

Essa segunda indústria atuará na produção de peletts e briquetes, que são espécies de matrizes energéticas utilizadas em caldeiras nas indústrias e lareiras de residências em diversos países.  No aspecto econômico, o impacto da nova indústria será na geração de empregos diretos e indiretos, além da injeção de dinheiro no mercado regional.

“Com essas indústrias, nos iremos aumentar o número de famílias empregadas com a geração de mais emprego e renda. Isso irá impactar na balança comercial do Estado”, comentou  Paulo. 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com 

Setur garante estrutura de férias para o litoral piauiense

Julho é o mês das férias e com o objetivo de garantir comodidade e segurança aos turistas, a secretaria de turismo (Setur) vem se reunindo com os demais órgãos do Estado para garantir tranquilidade aqueles que seguirem destino para o litoral piauiense.

Na manhã desta quinta-feira (14), estiveram reunidos na sede da Setur representantes do Corpo de Bombeiros, Detran, Eletrobras, Polícia Militar, Sesapi, Policia Rodoviária Federal (PRF), Setrans, Agespisa, Eletrobras, BPRE, Fundespi entre outras entidades. Na ocasião, foram discutidos temas desde a comercialização de produtos artesanais, realização de atividades esportivas, realização de shows, segurança a organização do trânsito na busca do bem-estar e segurança dos turistas durante todo o período.

Nessa época do ano, existe um grande fluxo de turistas e é importante definir as ações para que tudo ocorra com organização. Ações da Setur como a limpeza da orla e atendimento ao turista foram alguns pontos citados durante a reunião. Para o secretário de turismo, Flávio Nogueira Júnior, a iniciativa de unir os órgãos reflete na organização do Governo do Estado. "Buscamos novamente o diálogo com os órgãos envolvidos, discutimos todas ações, entre elas o alerta para o lixo nas praias, circulação de veículos e os paredões de som. Mais uma vez vamos fazer um bom trabalho em conjunto", reforça o gestor.

O Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), por meio da Escola Piauiense de Trânsito, e em parceria com o Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE), iniciou desde o inicio do mês o cronograma de atividades voltadas para as férias no litoral piauiense. A programação, que conta com uma série de atividades educativas junto a população, nas PIs, tem como objetivo conscientizar a os condutores a respeito da importância de obedecer as regras e normas de trânsito. A equipe da EPT e da BPRE iniciou os trabalhos com uma blitz educativa na PI 112, alertando sobre cuidados que devem ser tomados antes de viajar para garantir a segurança no trânsito e evitar acidentes.

Reunião da Setur com demais órgãos para garantir as férias no litoral piauiense (foto: divulgação)

Ainda entre a programação, as atividades esportivas estão dentro do cronograma de férias.”Nossa ação é fomentar a prática de esporte na praia. Montamos uma área de vôlei e futebol na areia, especificamente na praia de Atalaia, vamos levar toda estrutura de equipe técnica e material necessário que será utilizado, assim como a divulgação”, destaca o técnico da Fundespi, Júlio César, que acrescenta ainda que terá competições e que o foco do que acontece do dia 22 a 24 e 29 a 31 de julho é para adultos e crianças. 

A diretora de marketing da Secretaria de turismo, Josie de Andrade, destaca o trabalho da Setur com os demais órgãos. ”Um dos nossos trabalhos é coordenar todas ações, essa é nossa segunda reunião e todos órgãos estavam representados. Esse ano, alertamos e trabalhamos com as três abordagens envolvendo paredão de som, circulação de veículos nas praias e o lixo. Durante a reunião, apresentamos a campanha de férias e dentro disso existe uma articulação no sentido de alinhar a mensagem a todas as ações”, conclui.

A Polícia Militar desde o início do mês de julho já atua no litoral.  “Vamos intensificar ainda mais os trabalhos, a partir de quinta-feira (21) vamos intensificar com todas as modalidades de policiamento, iremos deslocar efetivos da RONE e agrupamento aéreo. Teremos cerca de cem oficiais para reforçar o policiamento no litoral do Piauí”, finaliza o representante da PM, coronel Márcio Oliveira.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com 

Segunda indústria da ZPE Parnaíba inicia exportações em 90 dias

A segunda indústria da Zona de Processamento de Exportação do Estado do Piauí (ZPE Parnaíba) começou a receber as primeiras carretas com o maquinário necessário para iniciar o funcionamento dentro de 90 dias.

O presidente da ZPE Parnaíba, Paulo Roberto Cardoso, apontou o fato como mais uma prova de que o sonho dos piauienses de terem a sua ZPE está se concretizando. “Estas conquistas estão sendo possíveis graças à importância que o governador Wellington Dias vem dando à ZPE, criando as condições para a atração de investimentos, como as duas indústrias já existentes”, disse Paulo Cardoso.

Essa segunda indústria atuará na produção de peletts e briquetes, que são espécies de matrizes energéticas utilizadas em caldeiras nas indústrias e lareiras de residências em diversos países.  Até essa quinta-feira (14), já haviam chegado quatro, de um total de 12 carretas, transportando máquinas e equipamentos necessários à produção mensal de 120 toneladas do produto, cuja exportação será feita diariamente pelo porto do Pecém, no Ceará.

Segundo informações de um dos sócios da Ecopellets, o empresário Antônio de Pádua Brito Costa, a nova fábrica promoverá um grande impacto na economia da região e despertará uma nova consciência quanto ao aproveitamento sustentável dos recursos naturais. A matéria prima para a fabricação das matrizes energéticas será a palha da carnaúba logo após o processo de extração do pó destinado à fabricação de cera.
             
No aspecto econômico, o impacto da nova indústria será na geração de empregos diretos e indiretos, além da injeção de dinheiro no mercado regional.

O presidente Paulo Cardoso ressaltou que  esse modelo de atuação da nova indústria se encaixa nos objetivos do Governo do Estado de promover a geração de empregos e riquezas nas regiões em desenvolvimento, como o Norte do Piauí, que, além dos empregos diretos, serão criados centenas de postos de trabalho no campo, fortalecendo a economia familiar.

Antônio de Pádua Brito destacou o apoio que o governo e a Companhia Administradora da ZPE Parnaíba vem dando à implantação de novas indústrias no município. “A gente só tem a agradecer porque essa indústria era para ser instalada no Ceará, mas, devido ao apoio incondicional da ZPE Parnaíba e do Governo do Estado, nós a trouxemos para cá”, reconheceu o empresário.

Pádua agradeceu também à Federação das Indústrias do Estado do Piauí (Fiepi) que, segundo ele, vem dando grande incentivo à instalação dessa segunda indústria no município de Parnaíba.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com 

Coordenadoria da Mulher promove campanha de combate à violência no litoral piauiense

A Coordenadoria de Estado de Políticas para as Mulheres do Piauí (CEPM) promoverá no período de 14 a 17 de julho, nas praias de Atalaia, Pedra do Sal, Barra Grande, Macapá e Lagoa do Portinho, a campanha: “Viver sem Violência é um Direito de Todas as Mulheres”. A realização das atividades foi motivada devido à incidência de casos de violência doméstica, estupro coletivo e crimes de Feminício, no estado.
 
De acordo com a coordenadora, Haldaci Regina, o intuito é de alertar e informar a população sobre os direitos da mulher e as formas de enfrentamento à violência. “Trata-se de uma mobilização educativa, e, principalmente, de luta pela erradicação de todas as formas de violência. Estamos atuando em prol da garantia dos direitos das mulheres”, disse a gestora.
 
Nas ações serão distribuídos materiais informativos aos moradores e turistas, dentre esses, folders e adesivos para carros. As equipes, que envolvem ainda profissionais da Secretaria de Estado de Saúde do Piauí (SESAPI) e da Prefeitura Municipal de Parnaíba, através do Núcleo de Enfrentamento à Violência (NEV) se deslocarão para as áreas de lazer, como bares, restaurantes e locais de práticas esportivas da região.
 
A campanha ainda reforçará a importância da realização de denúncia, por meio do 180, número do Governo Federal, e dos serviços da Rede de Atendimento à Mulher nos municípios de Parnaíba e Luís Correia. 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com 

Projeto Piauí Praia Acessível será inaugurado dia 22 de julho


Com o objetivo de promover a acessibilidade das pessoas com deficiência à praia, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid), em parceria com a Secretaria de Estado do Turismo (Setur), a Prefeitura Municipal de Luís Correia e a Faculdade Maurício de Nassau, está desenvolvendo o Projeto Piauí Praia Acessível.

Segundo o secretário da Seid, Mauro Eduardo, o Piauí Praia Acessível será implantado, inicialmente, na praia de Atalaia, no município de Luís Correia. “Temos a intenção de expandir esse projeto para outras praias do estado. Com esse projeto, vamos possibilitar que as pessoas com deficiência usufruam da praia e do banho de mar com segurança, dignidade e autonomia. Nosso objetivo é proporcionar a essas pessoas  momentos de lazer, em igualdade de oportunidade com as demais, promovendo a inclusão”, destaca o gestor.

As obras do projeto já foram iniciadas e a previsão de inauguração é 22 de julho. De acordo com o secretário do Turismo, Flávio Nogueira Jr., serão adaptados dois banheiros, um masculino e um feminino, um espaço administrativo e outro que serve para guardar os pertences tanto para as pessoas com deficiência como para acompanhantes. Uma passarela está sendo feita para o acesso ao mar.

“O objetivo é proporcionar lazer com igualdade. Estamos muito felizes com mais um projeto no litoral do estado. Estamos readaptando uma estrutura que já existia no local para que se tornasse acessível para pessoas com deficiência”, frisa o secretário. 

A iniciativa oferecerá espaço de lazer com esteira de acesso ao mar, circuitos acessíveis e cadeiras anfíbias, que possibilitam o acesso deste público ao mar. O local ainda contará com monitores e salva-vidas.

O Piauí Praia Acessível beneficiará muitos piauienses. Segundo dados do Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o Piauí possui quase 860 mil pessoas com algum tipo de deficiência. 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com 

Vigia da Eletrobras-PI atira em mulher, após ela pular portão para agredi-lo

Uma mulher, identificada apenas como “Jaqueline”, invadiu a sede da Eletrobras Piauí, localizada na Avenida São Sebastião, no município de Parnaíba, e foi alvejada com um tiro de revólver calibre 38 no pé.  De acordo com a Polícia Militar, a vítima tinha um relacionamento com o vigia do órgão, conhecido apenas como “Raimundo”, e não aceita o fim da relação. Frequentemente, ela visita o ex-companheiro no local de trabalho.

Segundo a PM, na noite de sábado (9), Jaqueline voltou a procurar o ex-companheiro na sede da Eletrobrás e, não satisfeita com o fim da conversa, decidiu pular o portão do órgão para agredi-lo.  Ainda de acordo com a polícia, o vigia teria atirado no pé da ex-companheira após uma tentativa de agressão.  

“Nós fomos acionados por volta das 21h30. A informação inicial é de que uma mulher tinha invadido a Eletrobrás e o viga deu um tiro no pé dela. Chegando no local, observamos que ele tinha um relacionamento com ela há anos, que ela sempre o visitava no trabalho, e ela tinha ido até lá para saber o motivo pelo qual ele não a procurava mais. Eles conversaram, ele entrou para dentro da sede, fechou o portão, e ela pulou para agredir ele; foi quando ele atirou. Depois do tiro, ela  continuou muito agitada e ficava falando palavras de baixo calão”, explicou o cabo da PM, Leucilio de Araújo. 

A vítima foi socorrida pelo Serviço Móvel de Urgência e levada para o hospital do município. O Vigia prestou esclarecimentos sobre a agressão à polícia. 


Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com  

Divulgada programação especial para a praia da Pedra do Sal em julho

 
A Superintendência de Turismo da Prefeitura de Parnaíba divulgou, na quinta-feira (07), a programação para o mês de julho na praia da Pedra do Sal, um dos principais pontos turisticos do Piauí e que recebe grande fluxo de pessoas durante o período de férias. 
 
A programação tem início no sábado (9) e segue até o dia 31 de julho. De acordo com a Superintendência, o festival tem como objetivo aproximar os turistas da população local por meio de eventos culturais, esportivos e socioambientais. 
 
Além disso, o evento busca valorizar as belezas naturais da região bem como movimentar o comércio local. Confira a programação. 
 
 
 
 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com 
 

Empresa deve gerar novos 3 mil empregos em Parnaíba

O governador Wellington Dias participou, nesta quarta-feira (06), de agenda em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, com o empresário Antonino Nicolodi, presidente da Vikstar Call Centers. A empresa tem filial no Piauí, em Teresina, gerando aproximadamente 4.000 empregos e planeja uma nova unidade na cidade de Parnaíba, no litoral do estado.

A nova filial, que será instalada em Parnaíba, tem a previsão de gerar 3.000 empregos diretos numa primeira etapa, com perspectivas de chegar a 5.000 empregos em 3 anos. "Gerar emprego é tudo que estamos precisando em Parnaíba e no Piau, e queremos contribuir para viabilizar esse projeto", afirmou o governador.

O prefeito de Parnaíba, Florentino Neto, ressaltou o esforço entre o executivo municipal e o legislativo parnaibano para concretizar a iniciativa. "A prefeitura e a Câmara Municipal fizeram sua parte com aprovação de incentivos para atração do investimento. Parnaíba tem rede de fibra óptica com banda larga de alta velocidade, tem o público que mais precisa de empregos nesta área de atendimento via internet, que são os jovens, os estudantes, com a presença ampliada da Universidade Federal, Universidade Estadual, Instituto Federal e faculdades particulares, além de grande rede de ensino médio. Nossa prioridade é gerar emprego e renda", defende Florentino.

Antonino Nicolodi relatou que, em razão da burocracia, demorou muito um financiamento que a empresa pleiteou junto ao Banco do Nordeste e que colocou em risco contratos que a empresa precisa cumprir com seus clientes. "Minha opção é investir no Piauí e aceitamos firmar um protocolo com o Governo do Estado, por meio do Fundo de Investimento da Previdência, onde este investe no prédio cedido pela prefeitura, equipa e nós alugamos", disse o presidente da Vikstar. "Foi assim que fizemos em São Paulo. O que vamos pagar de aluguel é mais do que o Fundo de Previdência recebe em aplicações bancárias", explicou o presidente da Vikstar.

Wellington ressaltou o compromisso do executivo estadual com a iniciativa. "Vamos assinar esse protocolo pelo Programa de Atração de Investimentos do Estado. É um negócio seguro, pois todo o valor investido em prédio e equipamentos é do Estado, por meio do Fundo de Previdência, e que tem uma rentabilidade garantida maior que a atual, o que garante solidez para o fundo e alta rentabilidade. E o melhor, gerando empregos no Piauí", defendeu o chefe do executivo estadual.


Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Agespisa executa operação férias no litoral para regularizar abastecimento de água

A Agespisa preparou um esquema especial de trabalho para garantir o abastecimento regular nas cidades do litoral durante o período das férias, quando são esperados cerca de 100 mil turistas durante o mês de julho. Como ocorre todos os anos, uma das principais medidas é a instalação de grupos geradores de energia elétrica, o que permitirá o funcionamento do sistema mesmo em caso de falta de energia elétrica.

“Os grupos geradores serão instalados no centro de reservação de água em Luís Correia e no sistema de coleta de esgoto na orla de Atalaia, que são setores essenciais para a garantia dos serviços”, explica o presidente da Agespisa, Raimundo Trigo.

O plano de ação prevê outras medidas importantes também para as cidades de Parnaíba, Cajueiro da Praia e Ilha Grande, como o serviço de manutenção nos conjuntos de captação de água bruta, no rio Igaraçu, e nos conjuntos de recalque de água tratada da ETA I, que bombeiam água para Luís Correia e praias Peito de Moça e Coqueiro.

“Como medida preventiva, estamos encaminhando dois conjuntos de bombas de reserva para o sistema de captação dos poços do povoado Barrinha, em Cajueiro da Praia”, informa o engenheiro Moacyr Gayoso, superintendente operacional da Agespisa. Os poços de Barrinha abastecem uma das praias mais movimentadas de todo o litoral piauiense, a praia de Barra Grande.

Para garantir o funcionamento eficaz do sistema de esgoto, a empresa realizou uma limpeza na rede e estação coletoras de esgoto situadas na orla de Luís Correia.

Produção em Parnaíba

A Agespisa está produzindo 43,2 milhões litros de água por dia em seu complexo de produção na cidade de Parnaíba, composta por quatro estações de tratamento de água. Elas abastecem também a cidade de Luís Correia e as praias Peito de Moça e Coqueiro.

A companhia montou um plantão especial para atendimento dos usuários e turistas. As solicitações e reclamações podem ser feitas por meio do telefone 0800 086 8888, que funciona durante 24 horas. A ligação é gratuita também de telefones celulares.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com 

Posts anteriores