Cidadeverde.com

Chuva causa alagamentos e rua vira 'piscinão' em Parnaíba

  • 390cc43d-f32d-46ca-98d6-4d908d145eda.jpg Darival Júnior e Portal do Catita
  • 71e5f4c9-0580-43c2-8259-37dae35c6dd2.jpg Darival Júnior e Portal do Catita
  • f062f918-5be3-4fa2-b75a-0de6d4e8753c.jpg Darival Júnior e Portal do Catita
  • 8c5bc720-0033-4d30-8e38-30ebcb47ab4e.jpg Darival Júnior e Portal do Catita
  • a602a5c2-12ba-4423-a24d-30c84e532ecf.jpg Darival Júnior e Portal do Catita
  • 0b2de905-901c-40bf-8908-3ee298f68eec.jpg Darival Júnior e Portal do Catita
  • 1695efe0-2e36-4732-8b9a-54986b022dbb.jpg Darival Júnior e Portal do Catita
  • arvore_006.JPG Darival Júnior e Portal do Catita
  • arvore_007.JPG Darival Júnior e Portal do Catita
  • arvore_011.JPG Darival Júnior e Portal do Catita
  • alagamentos.jpg Darival Júnior e Portal do Catita
  • aguas_de_março_067.JPG Darival Júnior e Portal do Catita
  • aguas_de_março_074.JPG Darival Júnior e Portal do Catita

A chuva começou por volta das 21h e ainda provoca estragos em Parnaíba. A tempestade – que foi intensa - logo alagou pontos críticos da cidade. Em imagens feitas por celular é possível ver a força com que as águas correm  na avenida São Sebastião. Pela manhã, as águas baixaram e deixaram muitos estragos pelas ruas onde passaram.

No bairro Piauí a situação foi pior onde quarteirões ficaram alagados na região do piscinão. A situação é mais crítica, por exemplo no cruzamento das ruas Carpina e Oeiras no Bairro Piauí, a zona mais crítica de alagamentos em Parnaíba.

Foram mais de 4 h de chuva que registraram 120 ml. As 9h da manhã a situação no bairro continua a mesma. Os moradores aumentaram a barreira de proteção das casas que já eram altas. É o caso do casal de aposentados que tem um comércio na região e passaram a noite inteira tentando salvar a mercadoria e no meio da madrugada, na chuva, tiveram que aumentar o tamanho da parede que impede a entrada da água em sua casa.

"Construí porquê senão a água invadia e acabava com tudo. Aqui do jeito que a gente tem os freezers, não podemos trabalhar no comércio. A situação é triste porquê não tem condição da gente viver em um lugar desse", disse a comerciante Lúcia Silva.

Foto de Jota Araújo

No bairro Frei Higino, onde há risco de mais inundações, o Corpo de Bombeiros construiu uma barreira usando areia. "Foram mais de 40 chamados que tivemos no decorrer da noite por conta do índice de chuvas que tivemos para o período. Precisamos usar uma máquina para construir esse dique provisório para que não haja a inundação de casas nas redondezas", explicou o major Rivelino de Moura, comandante do Corpo de Bombeiros da região.

Ainda no Frei Higino, a prefeitura enviou uma equipe da secretaria de Assistência Social e Cidadania para fazer um levantamento das famílias que estão em situação de risco. "Nós estamos preocupados com as pessoas, vamos fazer esse levantamento das famílias em risco, das que precisam ir para o abrigo e das que precisam dessa assistência", disse a representante da Secretaria.

O prefeito de Parnaíba, Mão Santa, convocou uma reunião de emergência para tratar de mais de doze pontos iminentes de alagamentos.

Reportagem de Darival Júnior
Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com