Cidadeverde.com

Sargento é baleado durante troca de tiros em Parnaíba

Fotos: Blog do Pessoa

O sargento Lima Sousa, lotado no 2º Batalhão da Polícia Militar de Parnaíba, foi baleado na madrugada deste domingo (30). O caso aconteceu Avenida Pinheiro Machado.

De acordo com o comandante do BPM, tenente coronel Adriano Lucena, o policial estava à paisana quando foi atingido por um disparo de arma de fogo. O tiro atingiu a perna do sargento.

Ainda não há informações sobre as circunstâncias da troca de tiros. “O policial estava de folga. Ainda vamos fazer levantamento de como houve esse crime”, disse o comandante ao Cidadeverde.com.

O Blog do Pessoa, de Parnaíba, ouviu testemunhas da troca de tiros e elas relataram que o PM foi baleado ao tentar intervir em um assalto.

O sargento Lima Sousa já recebeu alta hospitalar e está em casa. 


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com 

 

Corpo de PM chega a Parnaíba e amigos de farda prestam homenagens

O corpo do capitão da Polícia Militar do Piauí, Antônio Carlos Pinto de Farias, foi trasladado para o litoral piauiense, cidade natal de seus familiares. O PM está sendo velado em uma funerária no centro de Parnaíba. Amigos de farda prestam as últimas homenagens. 

O militar foi assassinado a tiros ontem (26), em um restaurante na avenida Presidente Médici, em Timon-MA. Na ação criminosa, o PM ainda conseguiu balear um dos criminosos que foi preso. O outro fugiu. 

O velório do capitão ocorre durante todo o dia. O sepultamento está previsto para as 16h, no cemitério da Igualdade, em Parnaíba. 

O comando geral da Polícia Militar do Piauí divulgou nota de pesar sobre a morte do capitão Antônio Carlos Pinto. Assinada pelo comandante coronel Carlos Augusto Gomes, o texto fala em "profunda lamentação" e diz que o PM estava prestes a ser promovido na carreira militar.

“É com pesar que a Polícia Militar do Piauí informa o falecimento do capitão da PM, Antônio Carlos Pinto de Farias. O militar servia na Corporação desde 1991, atualmente trabalhava no Copom da Polícia Militar e realizava o curso de Especialização em Gestão de Segurança Pública - CEGSP, que o habilitaria a promoção na carreira policial militar. Neste momento de profunda lamentação, a família Policial Militar se solidariza com seus familiares e amigos, buscando a compreensão e o conforto divino na tentativa de amenizar o vazio que tão estimada vida causa com sua ausência”, diz trechos da nota.

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Governador discute expansão da ZPE Parnaíba e investimentos na aquicultura

O governador Wellington Dias esteve reunido nesta quarta (26), em Brasília, com a secretária executiva do Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação SAP/MDIC, Thaise Dutra e representantes da ZPE de Parnaíba. A pauta da audiência foi a retomada do crescimento da aquicultura no estado do Piauí, área que envolve investimentos da piscicultura e carcinicultura.

Durante a reunião foram apresentados desafios para a retomada do setor e geração de nova receita, destacando a importância do fomento às cadeias produtivas. O presidente da ZPE Parnaíba, Paulo Cardoso, e outros membros da equipe expuseram números de produção de pescados, indicando produtos que, a princípio, já demonstram resultados mais imediatos.

Na busca de apoio e integração de ações quanto a beneficiamento de produtos com potencial de exportação, Wellington Dias destacou o estímulo à educação voltada para este setor, e falou sobre a implantação do curso de Engenharia de Pesca, da UFPI, que dá suporte e capacita para o desenvolvimento da área.

"Nosso objetivo é entrar no ano de 2018 garantindo que a ZPE esteja numa linguagem popular, e em pleno funcionamento garantindo as condições de emprego e renda. Queremos indústrias modernas que possam beneficiar o camarão, o pescado, a cera, o mel, e demais produtos que o Piauí tem grande potencial de produção e exportação", destacou Wellington Dias.

Fonte: Ascom

Hospital de Parnaíba abre licitação para serviço de telemedicina

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, anunciou a abertura de processo licitatório para a implantação do serviço de telemedicina no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, em Parnaíba. O anúncio foi feito nesta quarta, 19, durante a abertura do projeto de Gestão para Educação Permanente dos Profissionais da Rede de Atenção às Urgências, dos territórios da Planície Litorânea e Cocais, em Parnaíba.

O uso da telemedicina já ocorre no Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, desde abril e apresenta resultados significativos nos cuidados aos pacientes da Unidade de Terapia Intensiva(UTI) adulta. 

E é essa experiência será ampliada para outros hospitais, afirma Florentino. “Nós já temos um projeto de telemedicina que nós executamos em Floriano, no Hospital Regional Tibério Nunes, com o Hospital Albert Einstein, e nós pretendemos alargar essa experiência para outros hospitais regionais. Para isso, autorizamos que a Secretaria de Saúde possa fazer a licitação para a contratação de um serviço especializado, no sentido da mesma forma que nós temos em Floriano, nós termos na UTI do HEDA, de Parnaíba, o processo de telemedicina”.

Pela telemedicina, profissionais que atuam na UTI têm contatos diários com profissionais de outros centros de saúde, de outros estados, em que há troca de experiência, estudos sobre quadro clínicos e os procedimentos mais adequados a serem feitos na assistência aos pacientes. No Hospital de Floriano, por exemplo, no período da manhã, por meio de videoconferências, os médicos do Albert Einstein “visitam” os pacientes da UTI do Hospital daqui.

“Os profissionais que estão trabalhando na UTI permanecem durante sua atividade em contato, por mediação tecnológica, utilizando internet e outros recursos tecnológicos, em contato com profissionais que estão sediados em outros estados. As duas equipes interagem, discutem a situação do paciente. Isso resulta em trocas de experiências entre as duas equipes, mas acima de tudo, resulta em maior resolutividade e melhor tratamento aos nossos pacientes”, explica o secretário. 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Motorista acidenta mulheres em moto e foge do local sem prestar socorro

Duas mulheres sofreram acidente por volta da meia noite desta terça feira (18/07) em Parnaíba (PI). Uma Pick Up L200 cor prata seguia na Av. João Silva Filho sentido conjunto Betânia quando segundo populares quem conduzia o veículo, jogou o carro para bater na moto biz com duas mulheres que foram ao chão.

As duas vítimas usavam capacete, mesmo assim, tiveram ferimentos graves e foram levadas ao hospital após atendimento do SAMU. Segundo o PPtran/PM as mulheres foram arrastadas por cerca de 16 metros e o carro que causou o acidente não prestou socorro às vítimas.

Um motoqueiro que teria se livrado da manobra arriscada do motorista e outra pessoa em um carro; teriam seguido o homem. Ainda de acordo com a Polícia Militar câmeras de segurança podem ser averiguadas e a Polícia Civil pode chegar até a pessoa que provocou o acidente, também, através de câmeras que podem ter flagrado o carro.

Fonte: Blogdopessoa

Homem é morto com requintes de crueldade; crianças encontram corpo em lagoa

Ampliada às 11h41

O corpo encontrado na Lagoa do Bebedouro, em Parnaíba, foi identificado como Carlos Alberto da Silva, 52 anos. Pouca horas após o crime, a Polícia Civil identificou o suspeito, um adolescente de 17 anos de idade que havia saído há poucos dias do Complexo do Menor, pela prática de ato infracional equiparado a roubo.

O delegado de Homicídios de Parnaíba, Eduardo Aquino, revela que as investigações ainda estão em andamento, mas o adolescente confessou o crime e disse que matou por conta de uma cobrança relacionada a compra de um pássaro.

"No início, ele negou a autoria e só após cerca de 2 horas, confessou a prática do crime, afirmando que matou a vítima por conta de uma cobrança relacionada a compra de um pássaro. A dívida seria de R$ 150. As investigações começaram hoje para confirmação da versão do autuado e novos fatos podem aparecer", declarou o delegado.

O laudo que aponta as causas da morte Carlos Alberto ainda não ficou pronto. Contudo, o IML adiantou que ele morreu em decorrência das lesões física. Carlos Alberto teria sido jogado na lagoa logo após ser apedrejado.

O adolescente apreendido foi autuado em flagrante e retorná ao complexo de menores infratores de Parnaíba.

 

Publicada às 9h20

Fotos: Folha de Parnaíba

Um homem-que ainda não teve a identidade confirmada- foi brutalmente assassinado no bairro Santa Luzia, conhecido como "Cidade Sem Deus", município de Parnaíba, no litoral do Piauí. O corpo foi encontrado neste domingo (16) por crianças que brincavam às margens da Lagoa do Bebedouro. 

Segundo o delegado Eduardo Aquino, após a madrugada em diligência, o suspeito foi identificado. Ele é menor de idade e teria cometido o ato infracional, correspondente ao crime de homicídio, com requintes de crueldade.

"Os dois travaram luta corporal e a vítima foi agredida com golpes de objetos contundentes, pedradas e afogamento", conta o delegado. 

Equipes que acompanharam o resgate contam que a vítima estava com o rosto desfigurado. O Corpo de Bombeiros foi acionado e o cadáver levado pelo Instituto Médico Legal de Parnaíba. 

A esposa da vítima fez reconhecimento do corpo. Ela já havia registrado na delegacia o desaparecimento do companheiro na delegacia. 

A identidade da vítima, bem como as causas do crime, ainda não foram reveladas. 

Fotos: Folha de Parnaíba

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Suspeito de três homicídios foge com dupla de delegacia no Piauí

Anpliada às 08h46 de segunda (17)

Publicada às 12h01 de domingo (16)

Presos da Central de Flagrantes de Parnaíba serraram grades e conseguiram empreender fuga no fim da noite de sábado (15). Dos três, apenas um foi recapturado. Entre os foragidos está Igor da Conceição Souza, conhecido como Branco, que responde por pelo menos três homicídios e estava preso há apenas três dias, de acordo com a Polícia Civil. 

Na cela, os policiais plantonistas encontraram uma barra de ferro pontiaguda, três serras e uma chave de fenda. Os presos conseguiram sair da delegacia pelo pátio do banho de sol que, atualmente, está sendo usado como depósito de motos apreendidas em operações policiais. 

Renan Ferreira Gomes foi localizado e reconduzido à delegacia. Manoel Costa Valério- que responde por furto- e Igor da Conceição Sousa continuam foragidos. 

"O Branco é um indivíduo altamente perigoso que já responde por outros dois homicídios além de um terceiro ocorrido nesse mês. Mesmo com falta de estrutura e tantas outras dificuldades, a gente investigou e conseguiu  fazer a prisão dele nessa semana e agora sabemos que já fugiu", desabafou o delegado Eduardo Aquino, que investiga crimes de homicídio em Parnaíba.

O crime  citado pelo delegado refere-se a morte de Jhoellder Janylson Ferreira de Jesus Freire, 34 anos, que foi esfaqueado ao tentar salvar uma vítima de assalto, em julho deste ano. Nessa semana, a polícia havia conseguido localizar  e prender Branco em cumprimento a um mandado de prisão preventiva relacionado a um homicídio em 2016. Além dos dois casos, pesa contra ele ainda um assassinato ocorrido em 2014.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com
Com informações Portaldocatita

Jovem tem pescoço cortado após briga por cigarro em escola

Um jovem- que não teve a identidade confirmada- foi gravemente ferido no pescoço com uma garrafa. A vítima teria sido lesionada após fumar- sem autorização- um cigarro do amigo. O caso ocorreu na manhã deste sábado (15), na Escola Municipal Roland Jacob, no Bairro de Fátima, em Parnaíba. 

O comandante do Corpo de Bombeiros de Parnaíba, major Rivelino Moura, explica que os envolvidos não eram alunos, mas teriam invadido a escola para usar drogas. 

"Havia mais de dez pessoas adultas nas dependências da escola, possivelmente, fazendo o uso de drogas. Então, por volta das 6h30, dois deles se desentenderam e um pegou a garrafa e lesionou o outro no pescoço. O ferimento foi grave e a vítima pegou em média 50 pontos na garganta", explica o major, acrescentando ainda que os bombeiros foram acionados através do 193. A sede da corporação fica a cerca de 200 metros da escola.

Após o atendimento do Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar encaminhou os envolvidos à Central de Flagrantes de Parnaíba.

"Após o caso, o suspeito tentou fugiu, mas foi capturado pela PM. Ele confessou que provocou a lesão porque a vítima teria fumado o seu cigarro sem autorização", finaliza o comandante. 

Os envolvidos não tiveram a identidade reveladas. 

O Cidadeverde.com tentou entrar em contato com a escola pelo telefone fixo, mas ninguém atendeu as ligações.


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Pai tenta estuprar a filha e incendeia casa da família durante ataque de fúria

Ação do Grupamento de Atendimento Especializado a Criança, Idoso e Mulher (Gaecim) prendeu Jessé Barbosa da Silva, 39 anos, em Parnaíba, no litoral do Estado. Ele é suspeito de atear fogo na casa da família após a filha de 19 anos de idade negar relação sexual a ele e fugir da tentativa de estupro. 

O caso aconteceu na madrugada de sexta-feira (14), no bairro São João.  A sargento Elineuda Martins contou ao Cidadeverde.com que Jessé estava embriagado e também agrediu a esposa. "Quando chegamos ao local ele tinha colocado os filhos e a mulher para fora da residência e estava quebrando tudo lá dentro", informou a sargento. 

A pedido do irmão, a  filha contou à polícia que o pai surtou e teve um ataque de fúria após ela fugir do abuso sexual dele. A jovem relatou que desde os 13 anos  de idade era abusada por Jessé e não aguentava mais a situação. 

Além de incendiar o quarto, Jessé, durante o surto, derrubou a geladeira da casa e matou galinhas no quintal da residência. No local, a polícia também encontrou armas desmontadas, 2 quilos de pólvora e munição. A suspeita é que Jessé seja armeiro e venda revolveres para bandidos da região. 

Jessé foi preso e autuado por posse ilegal de arma, violência doméstica e tentativa de estupro. A filha dele, de 19 anos, foi encaminhada para exames no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde e atendimento no Serviço de Auxílio a Mulheres Vítimas de Violência Sexual. 


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com 

Emgerpi lança agenda de ações para mutuários de Parnaíba e região

A Diretora de Processos Imobiliários da Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi), Ana Lúcia Gonçalves, se reuniu nesta segunda (10), com a equipe técnica que compõe o Escritório Regional da Emgerpi na cidade de Parnaíba. O objetivo do encontro foi discutir sobre o calendário de ações itinerantes que a Emgerpi vai fazer para promover a regularização dos conjuntos habitacionais localizados em Parnaíba e nos municípios vinculados ao Escritório Regional da Emgerpi na cidade litorânea.

Segundo Ana Lúcia, a finalidade da reunião realizada em é integrar a equipe da regional às diretrizes do planejamento das ações itinerantes que a Emgerpi vai promover, nos meses de agosto e setembro. Durante os trabalhos serão feitas pesquisas para medir o nível de satisfação dos mutuários atendidos através dos serviços oferecidos pelo Programa Estadual: Minha Casa Legal.

Em Parnaíba, a Emgerpi já realizou os levantamentos ocupacionais nos conjuntos habitacionais João Paulo II e Cândido Ataíde.  A meta agora é concluir a regularização fundiária do conjunto habitacional Joaz de Sousa (750 imóveis) construído pela Cohab-PI. Uma nova ação de regularização será realizada também até o mês de agosto. Durante o itinerante, os mutuários de Parnaíba poderão fazer a retomada de negociação e receber as demais orientações jurídicas do Minha Casa Legal, inclusive, os descontos  para quem deseja quitar ou parcelar seus débitos.

Além dos mutuários de Parnaíba, as ações itinerantes do Minha Casa Legal contemplarão os mutuários de: Joaquim Pires, Murici dos Portelas  e Caxingó. Os trabalhos nesses três municípios acontecerão dias 16, 17 e 18 de  agosto.

Os mutuários das cidades de Buriti do Lopes, Cocal e Bom Princípio receberão os serviços jurídicos do Programa Minha Casa Legal nos dias 14 e 15 de agosto.  Em Setembro, o escritório itinerante do Programa ficará instalado, nos dias  28 e 29, para atender mutuários de Luís Correia.

Ainda em Luís Correia, a Emgerpi pretende trabalhar para regularizar e fazer a atualização cadastral daquelas pessoas (barraqueiros) que adquiriram casas, através do remanejamento de moradias feito pelo Estado, durante as obras de urbanização da Orla de Luís Correia. A meta da Emgerpi é formalizar o cadastro desses barraqueiros para, desse modo, eles possam iniciar o processo de regularização dos seus imóveis.

A cidade de Ilha Grande, que tem casas edificada pelo Programa OGU Emergencial, também será contemplada com trabalhos de regularização cadastral, pois após a formalização dos contratos, os moradores dessas casas, construídas em áreas da União, poderão iniciar a regularização das suas casas junto à Superintendência da União.

Fonte: Ccom

Posts anteriores