Cidadeverde.com

Operação realiza a maior apreensão de LSD do Piauí

Foto: Polícia Civil - PI

Uma operação realizada em Pedro II apreendeu uma cartela com 204 pontos de LSD na noite do último sábado (28). A droga estava em um sítio no povoado Torres, perto da BR-404, local de uma festa prevista para ocorrer neste fim de semana. A apreensão da droga sintética é considerada a maior do Estado. 

A droga foi avaliada em R$ 20 mil. Antes, a maior apreensão de LSD no Piauí flagrou 125 pontos da droga, no ano passado

Foto: PRF-PI

Foram apreendidos também R$ 1.113 em espécie e maconha pronta para o consumo. Um jovem foi preso e quatro termos circunstanciados de ocorrência foram realizados. 

Participaram da ação equipes da Polícia Civil, Polícia Militar (batalhão Rone), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal de Pedro II e Secretaria de Trânsito de Piripiri. O Conselho Tutelar também foi acionado. O caso foi levado para a delegacia de Pedro II. 

A delegada Camilla Rodrigues de Miranda informou ao Cidadeverde.com que a polícia tomou conhecimento da possível venda de LSD após denúncia e estava monitorando o caso. "A polícia tomou conhecimento e para evitar constrangimento aos turistas foi realizada a operação", informou. A festa aconteceria na mesma noite do encerramento do Festival de Inverno de Pedro II, período com maior número de visitantes na região. 

No sítio, foram encontrados jovens de Teresina, Barras (PI) e Sobral (CE). "Eles vieram inclusive em vans. É uma festa denominada PsyNature, que prometia uma viagem psicodélica de 24 horas", acrescentou a delegada. Camilla Miranda disse ainda é essa foi a primeira de várias ações programadas para combater o tráfico de drogas em Pedro II. 

Foto: PRF-PI

Yala Sena (enviada especial a Pedro II)
Fábio Lima (da Redação)
redacao@cidadeverde.com

Show de Elba Ramalho e Geraldo Azevedo atrai multidão em Pedro II

O encontro de Elba Ramalho e Geraldo Azevedo no palco do Festival de Inverno foi prestigiado por cerca de 12 mil pessoas, em Pedro II. O show ocorreu na noite de ontem (26) e foi marcado por grandes sucessos. A cantora- que usou um vestido da estilista piauiense Kátia Paulo- homenageou o Piauí em diversos momentos, inclusive, cantando a música Cajuína. 

Os piauienses Xico Barroso e Patrícia Mellodi também foram atrações do primeiro dia do evento que segue até domingo (29). O show mais aguardado da noite desta sexta-feira (27) é o da cantora Gal Costa, que deve subir ao palco à meia-noite. 

Turistas lotam pousadas domiciliares e hotéis da cidade. A expectativa é que 40 mil pessoas visitem a cidade durante todo o Festival de Inverno. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Governador cumpre agenda em Pedro II antes de abrir Festival

O governador Wellington Dias cumpre agenda nesta quinta-feira (26) em Pedro II onde participa de atividades antes da abertura oficial do Festival de Inverno. O chefe do Executivo assegurou que o município recebeu reforço na infraestrutura em vários setores para receber bem o turista.

"Aqui a gente tem toda uma estrutura. É parte da agenda dos grandes eventos do Piauí. A gente quer o melhor pra quem vem. Vamos receber 40 mil pessoas. É quase uma outra população neste período", afirmou, elogiando os shows que começam nesta quinta-feira.

"São shows da melhor qualidade, cultura da melhor qualidade", declarou.

Dias participou da Feira de Economia Solidária no município, onde lançou o projeto Fundo Solidário Quintais Produtivos Agroecológicos. O governador visitou projeto agrícola de alho nobre e inaugura obras de revitalização do Centro Tecnológico de Artefatos Minerais (Cetam) e de asfaltamento no Conjunto Chico Café.

Pela manhã, Wellington Dias vistoriou o projeto de revitalização da cultura do alho no estado do Piauí. A iniciativa agrícola é uma parceria envolvendo o Governo do Estado, a Prefeitura de Pedro II, a Fundação Santa Ângela, o Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae) do Piauí e o Serviço Nacional de Aprendizado Rural (Senar).

Ainda pela manhã, Wellington Dias inaugurou a implantação de 23 mil m² na primeira etapa de asfaltamento no Conjunto Chico Café. 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Festival de Inverno começa nesta quinta (26) e turistas começam a lotar cidade

A 13ª edição do Festival de Inverno começa nesta quinta-feira (26) e são esperados em média 40 mil pessoas nos quatro dias do evento em Pedro II. Os turistas já começam a chegar na cidade para assistir a grande atração de abertura: Elba Ramalho e Geraldo Azevedo. Atrações como Paralamas do Sucesso e Gal Costa também prometem movimentar a noite no município. 

Cerca de 300 casas foram alugadas para hospedar turistas durante o Festival. Além das pousadas domiciliares, os hotéis da cidade também começam a ficar lotados. O evento contará ainda com apresentações de artistas locais e a feira de artesanato onde serão comercilizados produtos da região. Outro atrativo é a beleza natural de Pedro II. Entre os destinos  estão a cachoeira do Urubu Rei, cachoeira do Salto Liso, o Morro do Gritador entre outros. 

"A procura é grande pelos banhos, especialmente, as piscinas naturais e cachoeiras. Além disso temos os sítios arqueológicos, trilhas, mirante, o pôr-dos-sol. Este ano estamos trazendo uma nova cartela de  serviços como o Crepúsculo no Mirante da Arara, juntamente com o passeio de bike que acontecer no domingo (29), o I Pedal Verde de Pedro II. Estamos preparados para receber a todos com uma variada cartela de serviços e produtos voltado para o turismo ecológico, cultural e religioso", disse Rogério Pereira, presidente da Associação dos Guias Turísticos de Pedro II


Confira a programação completa

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Paralamas levam sucessos dos 30 anos de carreira a Pedro II

Com 30 anos de carreira, inúmeros discos lançados e sucessos tocados nas principais rádios do país, a banda “Os Paralamas do Sucesso” vai ser a atração nacional que promete agitar o público no sábado (28) na 13ª edição do Festival de Inverno de Pedro II.

A primeira atração de sábado a subir no palco Opala, será o cantor Guga Heyser, que é da cidade de Pedro II e canta MPB e pop. Em seguida, a partir das 22h, tem André de Sousa & The Mojo Band, que possui um trabalho voltado para o blues, com influências de jazz, rock e soul. O mais novo trabalho intitulado "Mojo, Blues e Patoá" foi gravado em Fortaleza (CE) e masterizado em Los Angeles. Em uma das faixas ele homenageia o rei do baião Luiz Gonzaga e o rei do blues B.B. King, numa versão em blues de "Respeita Januário".

Os Paralamas do Sucesso será a terceira atração da noite a se apresentar no palco Opala, a banda leva à Pedro II seu mais novo show, que faz parte do “segundo ciclo de trinta anos". Trata-se de uma turnê para celebrar as boas composições e a amizade entre os integrantes do grupo: o único no Brasil a manter a formação original desde os anos 1980, composta por Herbert Vianna (guitarra e vocais), Bi Ribeiro (baixo) e João Barone (bateria). Entre os sucessos consagrados estão “Alagados”, “Meu Erro”, “Óculos” e “Lourinha Bombril”. As canções fazem parte do último trabalho da banda, o CD Ao Vivo Multishow - Os Paralamas do Sucesso 30 anos.

Para fechar a noite, a partir das 2 horas, tem a Banda Scalene, do Distrito Federal. Formada em 2009 por amigos de infância, a banda tem quatro integrantes, dois deles irmãos: Gustavo Bertoni (vocal, guitarra), Tomás Bertoni (guitarra, teclado), Lucas "Lukao" Furtado (baixo), Felipe "Makako" Nogueira (bateria). O repertório traz músicas dos discos Real/Surreal (2013) e Éter (2015). Entre as músicas presentes no show estão “Surreal”, “Sublimação”, “Legado”, “DanseMacabre” e “Amanheceu”.

O quarteto foi finalista no programa Superstar, da TV Globo, se apresentou em diversos pontos do país e integrou a programação do festival SXSW, em Austin, Texas. Como influência musical, eles citam bandas como Radiohead, Queens of Stone Age, Thrice e O’Brother. Neste ano eles se apresentaram na abertura do Festival Lollapalooza, em São Paulo.

No palco Morro do Gritador também tem shows. A banda Opala na Cabeça começa sua apresentação às 17 horas. Depois tem banda Manuê, Pedro Henrique, Os Caras e Desejo Musical. O Festival de Inverno de Pedro II é uma realização do Governo do Estado, através das Secretarias estaduais de Cultura e de Turismo, Prefeitura de Pedro II e Sebrae.

 

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Projeto Jazz na Praça promove a música local no Festival de Inverno de Pedro II

Nos dias 27 e 28 de maio, o por do sol vai ser o sinal de que vem muita música boa por aí. Criado há alguns anos, o projeto Jazz na Praça passou a reunir grande nomes da música popular piauiense, durante a realização do tradicional Festival de Inverno de Pedro II. Este ano, o movimento retorna à suíça piauiense, com uma proposta que visa resgatar a música instrumental para o festival.

De acordo com o músico Julio Medeiros, integrante do grupo Jazz no Fole, o festival nasceu da parceria de artistas que possuem o desejo de realizar um trabalho educativo e ao mesmo tempo musical. "A ideia consiste em levar dois dias de shows para a Praça Velha, no Centro Histórico da cidade de Pedro II, sempre no por do sol, buscando atingir públicos distintos e cobrir a área do entorno", detalha. 

Os shows possuem caráter educativo e foram planejados a partir de uma metodologia que envolve música e diálogo com o público, buscando explicar didaticamente a função dos instrumentos e os estilos das músicas que serão tocadas. O evento é uma realização da Prefeitura de Pedro II e da Secretaria Estadual de Cultura (Secult). 
 
O projeto Jazz na Praça abrange uma mistura de estilos e ritmos em que o baião e o jazz, por exemplo, se encontram harmonicamente. O mesmo ocorre com o samba e o baião, dentre outros processos híbridos praticados pelos músicos piauienses. 

Confira a programação na íntegra, que acontece antes do início das apresentações do Festival de Inverno de Pedro II: 


Dia 27 de maio
17h - Zero Oito Meia Trio
18h30 - Jazz no Fole e Geraldo Brito
     
Dia 28 de maio
17h - André de Souza
18h30 - Ferdinand Melo e Wilker Marques

 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Festival de Inverno é lançado no Karnak

  • _MG_9674.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9657.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9629.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9619.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9615.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9614.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9610.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9595.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9593.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9582.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9577.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9574.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9572.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9567.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9563.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9554.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9550.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9547.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9531.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9529.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9525.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9522.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9520.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9517.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9497.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • _MG_9493.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com

O lançamento da 13ª edição do Festival de Inverno de Pedro II ocorreu na manhã desta segunda-feira (16), no Palácio de Karnak, em Teresina. O evento reuniu autoridades como a prefeita de Pedro II, Neuma Café, o secretário estadual de Turismo, Flávio Nogueira Júnior e o governador Wellington Dias, que destacou o evento como o 'casamento' da cultura com o turismo. 

"O Festival é bom para a população, pequenos, médios e grandes empreendedores [...] é o casamento da cultura, boa música, artesanato, enfim, tudo o que tem de patrimônio histórico em Pedro II, com o turismo. Tudo isso contribui para o desenvolvimento da cidade. Por exemplo, vamos inaugurar agora o Centro Tecnológico. Antigamente, a cidade tinha apenas uma fábrica de beneficiamento da opala. Hoje são mais de 40. A ideia  é que possamos ganhar profissionalismo e qualidade cada vez maior, pensando no grande mercado externo", disse o governador, ressaltando ainda que o evento propicia a geração de empregos.

Wellington não infromou quando o Centro Tecnológico deve ser inaugurado.

O secretário estadual de Turismo destacou as potencialidades do município e que o Festival de Inverno se consolidou no calendário de eventos turísticos no Estado. 

"Além de escutar um bom jazz, um bom blues, o turista vai poder respirar o ecoturismo. Convido as pessoas que ainda não conhecem, a visitar a cidade. Lá temos, por exemplo, a cachoeira do Urubu Rei e o Morro do Gritador, além de diversas outras opções para os piauienses e turistas de todas as cidades", destaca o secretário. 

Neste ano, o evento acontece de 26 a 29 de maio e contará na abertura com show Elba Ramalho e Geraldo Azevedo. Outras atrações confirmadas são Os Paralamas do Sucesso e Gal Costa, que se apresentam pela primeira vez no Festival. 

A prefeita Neuma Café falou que o Festival estimula a economia e propicia o desenvolvimento econômico. "Nos quatro dias de festa, há um incremento de derca de R$ 6 milhões na receita do município. Ele não é destque só pela questão cultural, não só pela divulgação da cidade, mnas pela geração de renda". 

 

Confira a programação

 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Deputado destina emenda para produção de horticultura suspensa em Pedro II

O projeto de produção de alimentos a ser implantado em Pedro II, norte do Piauí, foi debatido em reunião na Fundação Banco do Brasil, nessa semana (4), da qual participaram o deputado federal Assis Carvalho e o secretário de Desenvolvimento do Piauí, Francisco Limma. Orçado em R$ 2,5 milhões, a proposta terá contrapartidas da FBB, do SESI e do Governo estadual – parte que envolve ainda emenda de R$ 500 mil do deputado federal Assis Carvalho. Por fim, o parlamentar solicitou a elaboração de um calendário de ações.

O objetivo é implantar a produção orgânica de hortaliças e frutas por aeroponia, uma técnica de horticultura suspensa, com os vegetais acima do solo, sem utilizar grandes quantidades de água.

A parceria entre a FBB, o SESI e o Governo do Estado do Piauí prevê que os alimentos sejam produzidos com água e espaço reduzidos e com a utilização de energia solar sustentável. O resultado seria a produção de soluções nutritivas capazes de alimentar cerca de 50 mil pessoas por hectare produzido.
O projeto é inovador no Brasil. “Temos um projeto ímpar no país e que será capaz de aliar a segurança alimentar e a geração de renda, o que resultará na emancipação de comunidades”, disse deputado Assis Carvalho.

Na reunião, foi debatida a possibilidade de que o projeto seja realizado em fases – o que foi acordado entre as partes. 

 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Elba Ramalho e Geraldo Azevedo cantarão juntos no Festival de Inverno de Pedro II

Elba Ramalho e Geraldo Azevedo são atrações confirmadas na abertura do Festival de Inverno de Pedro II. A informação foi divulgada pela prefeita Neuma Café. O evento está na 13ª edição e acontece de 26 a 29 de maio. 

Neuma Café ressalta que, neste ano, o Festival de Inverno terá a  "cara do Nordeste". "Nenhuma das versões anteriores trouxe essa característica, disse a prefeita. Os dois grandes ícones da música nordestina se apresentarão no palco Opala, praça da Bonelle, na abertura do evento. 

A data do lançamento oficial, desta edição do festival, ainda não foi divulgada, bem como as demais atrações.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Prefeita Neuma Café faz desabafo na web após morte de cão por envenenamento

A prefeita Neuma Café (PT) fez um desabafo na rede social sobre a morte do seu cão Apolo, supostamente envenenado. Ela conta que- se confirmado o crime- registrará Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Civil de Pedro II. Câmeras de segurança auxiliarão na possível investigação. 

"Muito triste, com a maldade, envenenaram meu cachorro, meu companheiro, Apolo. Que ele siga em paz. Estou revendo as imagens da câmeras de segurança para descobrir quem foi o autor desse ato cruel", postou a prefeita.

A prefeita relata que Apolo passou mal pela manhã e morreu poucas horas depois em uma clínica na cidade de Piripiri. "Ele babava muito...vomitava e os médicos já falaram que pode ser envenenamento, porque se fosse bactéria ele não teria morrido tão rápido. O irmão do Apolo- que tem três anos- também está observação porque não bebe água desde a morte", acrescenta. 

Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é considerado crime ambiental com detenção dde três meses a um ano, e multa.Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

A prefeita acresenta que já ouviu relatos sobre a morte de outros cães na região, supostamente, por envenenamento. 

"Isso não aconteceu somente com o meu cão. Já ouvi relatos de envenenamento de outros animais no bairro. Ele foi submetido a alguns exames para confirmar se realmente foi envenamento, mas os médicos disseram que pelos sintomas que ele apresentava, tudo indica que ele foi envenenado. As imagens das câmeras poderão auxiliar na identificação, mas há a suspeita que possam ter jogado algo por cima do muro, porque meus cães ficam em uma área reservada. Foi muita maldade", disse Café. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Posts anteriores