Cidadeverde.com

Mutirão antecipa liberação do salário maternidade no INSS

A Gerência Executiva do INSS, realiza até sexta-feira, (17), um mutirão na Agência da Previdência Social – APS, em Picos, no Sul do Estado, para atender seguradas que agendaram atendimento, mas seus processos de requerimentos de benefícios levariam mais de 45 dias para serem habilitados. Uma equipe composta por três técnicos do INSS em Teresina foi deslocada para a cidade para realização deste trabalho.


Segundo o gerente executivo Carlos Augusto Viana, e a chefe do Serviço de Benefícios do INSS em Teresina, Maria Mendes, esse mutirão vai acabar com o represamento dos processos e antecipar a agenda de atendimento e a liberação do Salário Marternidade às seguradas do INSS na região do Piauí.

De acordo com Carlos Viana, cerca de 200 processos de trabalhadoras rurais que solicitam o Salário Maternidade estavam aguardando habilitação na APS de Picos. Pelo agendamento realizado pelas seguradas, esses processos levariam mais de 45 para serem habilitados. Por isso, ele decidiu promover o mutirão para antecipar esse atendimento.

O gerente do INSS garante que, com o mutirão, esses processos serão habilitados e despachado rapidamente pelos técnicos enviados de Teresina, independentemente do atendimento diário na APS de Picos, que continuará a ser realizado normalmente. “Será um trabalho paralelo ao do atendimento rotineiro realizado na APS Piauí”, diz Carlos Viana.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Prazo para recadastramento biométrico termina na próxima quarta-feira (15)

Termina na próxima quarta-feira (15) em Picos e Francisco Santos, e na quinta-feira (16) em Floriano o prazo para que eleitores façam o recadastramento biométrico. Nas eleições municipais de outubro, esses municípios contarão com reconhecimento da impressão digital nas urnas. Quem não fizer o recadastramento terá o título eleitoral cancelado.

Até o início de fevereiro, segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí – TRE-PI -, mais de 70% dos eleitores tinham feito a revisão eleitoral em Francisco Santos, enquanto Floriano e Picos apresentavam percentuais menores – 59% e 57% respectivamente.

No recadastramento, são coletadas as impressões digitais, a assinatura e a foto do eleitor. É preciso levar o título eleitoral e documento de identificação oficial com foto, além de comprovante de residência.

Em Picos e Francisco Santos, o recadastramento é feito no cartório eleitoral de cada município. Em Floriano, os eleitores devem procurar o terminal turístico. Os trabalhos vão de 8h às 18h nos dias úteis e das 8h às 14h aos sábados, domingos e feriados. O atendimento pode ser agendado através do site http://www.tre-pi.jus.br.


Fonte: Riachaonet

Caatinga na Rio +20 reúne entidades em Picos

Entidades representativas da sociedade civil organizada, autoridades e políticos estiveram presentes na segunda consulta pública realizada no Piauí para discutir a participação do Estado na I Conferência Regional de Desenvolvimento Sustentável do Bioma Caatinga na Rio + 20,  a ser realizada em Fortaleza.

As consultas públicas estão sendo realizadas em Teresina, Picos e São Raimundo Nonato, com a coordenação da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), através do Comitê Estadual Caatinga na Rio + 20/Piauí, em parceria com o Banco do Nordeste (BNB), ASA/Brasil, Secretaria da Educação (Seduc), Associação Piauiense de Municípios (APPM) e Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi).

Em Picos, a deputada estadual Liziê Coelho, que faz parte do comitê, ressaltou a importância das consultas que estão obtendo informações necessárias, através da sociedade civil das regiões, que deverão fazer parte da  DECLARAÇÃO DA CAATINGA. “O documento está sendo construído e iremos apresentar durante a conferência regional. Logo em seguida, teremos como concluir um documento final que será apresentado na conferência da ONU”, na Rio +20 que acontecerá no Rio de Janeiro”, ressalta Liziê Coelho.

As consultas públicas têm como objetivo mobilizar os municípios piauienses que formam o Bioma Caatinga para defender propostas de atuação para o desenvolvimento sustentável da Caatinga junto à Conferência Internacional RIO +20 - Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável. A conferência acontecerá entre os dias 4 e 6 de junho de 2012, no Rio de Janeiro.

Os representantes da sociedade civil, durante o evento contribuíram muito com suas falas, referindo-se aos problemas  concentrados na região da Caatinga dentre eles: a divisão de água, questões da conservação do solo, problemas com a mineração, ampliação da reserva legal da Caatinga, produção de conhecimento do Bioma Caatinga, impacto cultural nas comunidades quilombolas e implantações de mudas nativas.

De acordo com o presidente da APPM Francisco Macêdo, o evento é de grande importância para o Piauí, principalmente por se tratar de um bioma como a “Caatinga” existente em grande parte do Nordeste, especificamente, no Piauí.


Da Redação

Wagner Torres retorna ao comando do 4º Batalhão de Polícia Militar de Picos

O Tenente Coronel Wagner Torres voltou a comandar o 4º Batalhão de Polícia Militar de Picos. A cerimônia que marca a passagem de comando foi interna, apenas com a presença dos Policiais Militares.

Segundo o Tenente Coronel Wagner, a sua volta a Picos se deu através do convite do Governador do Estado, Wilson Martins: “Houve, na verdade, dois convites, um do Vice-Governador do Estado para assumir o batalhão de Parnaíba e, agora recentemente, na última sexta-feira, o Governador nos convidou a voltar a Picos, convite que foi aceito”.

Wagner Torres afirma que volta a Picos com o intuito de manter a ordem no município, contando com o apoio da população picoense, dos representantes do Poder Judiciário, Ministério Público, advogados, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal, bem como, de todo o sistema de segurança.

Sobre a situação do batalhão picoense, em termos de policiamento, efetivo e viaturas, Torres diz que recebeu relatórios do ex-comandante Major Sousa Filho e que está analisando as informações. Ele ressaltou que dará continuidade ao combate ao tráfico de drogas e que está confirmada, para a segunda quinzena de fevereiro, a instalação do programa Ronda Cidadão em Picos. Wagner Torres foi comandante do 4º BPM de Picos por sete meses em 2008.

Fonte: http://www.suldopiaui.com

Posts anteriores