Cidadeverde.com

PM reforça combate a bocas de fumo para acabar com 'cracolândia' no Piauí

O policiamento será intensificado para desarticular pontos de venda de drogas em Picos. Imagens divulgadas ontem (19) revelaram uma verdadeira 'cracolândia' na rua Santo Inácio, no bairro São Vicente. O comandante do 4º BPM em Picos, Edwaldo Viana, reconhece a situação e revela outro dado lamentável. Segundo ele, 90% dos usuários são menores de idade.

"A criminalidade em Picos tem uma incidência muito grande de menores. Nós os apreendemos e não temos onde colocá-los. Isso é uma situação social gravíssima e que não se combate só com polícia. Temos que combater as causas, pois o país está aberto as armas e drogas", declarou o comandante. 

Além do tráfico de drogas, a rua Santo Inácio também é marcada por homicídios, a maioria relacionados ao tráfico de drogas. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Vídeo: motorista faz zigue-zague na pista e quase provoca acidente na BR-407


Um telespectador da TV Cidade Verde registrou imagens de má conduta no trânsito. O flagrante foi feito nesta semana, na BR-407, na altura do bairro Ipueiras, entre as cidades de Picos e Bocaina. 

No vídeo é possível perceber um veículo em alta velocidade fazendo zigue-zague na pista e colocando em risco a vida dos ocupantes do próprio carro e de outras pessoas que trafegavam pela rodovia. Em alguns momentos, o condutor sai da pista e invade a faixa contrária.

Nas imagens é possível perceber que o risco de colisão é constante. Em um dos momentos, por pouco um motociclista não é atropelado.

O motorista que gravou as imagens não esconde o desespero diante das manobras irresponsáveis. 


O condutor não foi identificado. 


Com informações Notícia da Manhã
redacao@cidadeverde.com

Imagens revelam cracolândia em rua de Picos

Cracolândia é a região onde se concentram milhares de usuários de drogas no meio da rua em São Paulo, mas essa realidade está mais próxima do que se imagina. Imagens feitas pelo portal Portal Página Um mostram usuários de droga fazendo consumo de crack, cigarro e outras drogas no meio da rua Santo Inácio no Bairro São Vicente em Picos, município a 306 km de Teresina.

Nas imagens é possível observar usuários sentados nas calçadas com cigarros e uma mulher que acende algo parecido com um caximbo, mesmo iluminada pelos farís do veículo. A ação coma  ajuda de uma câmera dentro de um carro filmando tudo o que acontecia na rua conhecida como "Cracolândia". Moradores região chegaram a colocar casas a venda por conta do medo que vivem com a presença constante dos usuários de drogas.

"A Polícia combate isso apreendendo e agora onde colocar essas crianças? Cabe a nós todos juntos, PM, município e Estado. Já fizemos apreensão, mas levar pra onde? São fatos como esses que vem evidenciar e ratificar o que eu digo", explica o comandante do 4º Bpm em Picos, Edwaldo Viana.

Além do tráfico de drogas essa rua específica também foi palco de homicídios. O coronel acrescentou que a PM intensificará as rondas diárias na região para conter o crescimento da Cracolândia, mas reforça que tem sido feito um trabalho especial para ajudar novos contrabandistas.

Rayldo Pereirs
rayldopereira@cidadeverde.com

Motorista preso com CNH falsa revela que comprou documento por R$ 1,6 mil

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, em Picos (PI), um motorista com Carteira Nacional de Habilitação falsa. De acordo com a PRF-PI, o condutor relatou ter comprado o documento por R$ 1.600 em São Paulo (SP). 

A prisão aconteceu na BR-316, na tarde de quarta-feira (12). O motorista estava em uma D20 de placa BHF-8482, conduzida por W.B.S.. Na abordagem feita pelos inspetores, foi constatado indício de adulteração da CNH. 

Os policiais rodoviários fizeram consultas para verificar a autenticidade do documento e constataram que o mesmo era falso. O motorista, então, teria revelado que comprou a carteira de habilitação no mês passado.

A PRF-PI encaminhou o caso para a Polícia Civil de Picos. 

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Governador quer transformar mercado de Picos em Ceasa regional

Foto: Governo do Estado do Piauí

O governador do Piauí, Wellington Dias, pretende transformar o mercado público de Picos em uma central de abastecimento, nos moldes da Nova Ceasa, em Teresina. Nesta quarta-feira (13), o gestor visitou a cidade e assinou ordem de serviço no valor de mais de R$ 1 milhão para a continuação da obra que estava parada. 

"Quem conhece a feira sabe da importância do mercado, que não será apenas um mercado. A expectativa é de transformá-lo em uma Ceasa Regional. Estamos tratando com o prefeito de Picos, o padre Walmir Lima, para fazer isso nos moldes de Teresina. Queremos trabalhar a região como um polo de abastecimento para o Piauí, Ceará e Pernambuco", destacou Dias. 

O governador ressalta que a expansão fortalecerá a economia regional.

A assinatura da ordem de serviço vai possibilitar a construção da terceira etapa do mercado que compreende os setores de carnes e cereais.  

Em Picos, Wellington Dias participou da inauguração de diversas obras de mobilidade urbana na região e anunciou mais investimento.

"Entregamos mais uma etapa de asfaltamento da estrada que vai em direção ao povoado Gameleira e ao município de Sussuapara, a ponte que liga a área do mercado à cidade, o Espaço Cidadania revitalizado...Pude ver  a estrutura da obra da UPA que está com bom andamento, destaco também o entendimento para o Centro de Especialidades Odontológicas", elencou o governador.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Governador inaugura estradas e viaduto em Picos

O governador Wellington Dias, juntamente com o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PI), Castro Neto, vão inaugurar nesta quarta, 12, diversas obras de mobilidade urbana na região de Picos.

Entre as obras está a construção de um viaduto de 29,75 m na segunda passagem sobre o Rio Guaribas, interligando as avenidas Boa Sorte e José de Moura Monteiro. O viaduto custou R$ 2.135.453,85 e foi financiado pelo programa do Governo Federal Pró-desenvolvimento II.

Também será inaugurada a pavimentação asfáltica em Tratamento Superficial Duplo (TSD), no perímetro urbano do povoado Gameleira. A estrada possui 1,089 km e foram investidos R$ 559.285,53 de recursos do Governo do Estado.

Além disso, será entregue a obra de melhoramento da implantação e pavimentação asfáltica em Tratamento Superficial Duplo no trecho da rodovia estadual 377 que liga Picos ao município de Sussuapara.

“Nesta última obra foram investidos mais R$ 4.984.099,31 de recursos do Governo do Estado. O que mostra o compromisso do governador Wellington Dias com o desenvolvimento dessa região que é importantíssima para a economia do Piauí”, afirmou Castro Neto, diretor-geral do DER-PI.

Fonte: Ccom

Em Picos, polícia apreende 5 quilos de cocaína vinda da Bahia

A Policia Civil do Piauí, através da delegacia Regional de Picos, apreendeu 5 quilos de cocaína pura nesta segunda-feira (10). A prisão ocorreu durante uma ação policial realizada na rodoviária do município, por volta das 8h30. Dois suspeitos de tráfico de drogas foram presos.

Segundo o delegado Jhonatas  Brasil, a denúncia é que uma pessoa estaria em um ônibus procedente de Feira de Santana.

"Recebemos uma denúncia que uma pessoa estaria em uma certa linha de ônibus saindo de Feira de Santana na Bahia com destino a Picos, trazendo cocaína para um traficante, que não pode ainda ser divulgado o nome para não atrapalhar as investigações", afirmou o delegado em entrevista à TV Cidade Verde.

A droga estava em poder de Wiliam Rocha da Silva, natural de São Paulo. Um outro suspeito com as iniciais D.A.S  foi levado para a central de flagrantes suspeito de estar dando cobertura. 

 A cocaína foi comprada por cerca de R$ 150 mil, podendo render até R$ 450 mil após vendida.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Receita Federal vistoria futuras instalações do Redex de Picos

A cidade de Picos se prepara para receber um Recinto Especial para Despacho Aduaneiro de Exportação (Redex), que é uma opção para o desembaraço de mercadorias em áreas localizadas em zona secundária e não-alfandegados.

O local das futuras instalações do projeto foi visitado no início desta semana pelo presidente da Companhia de Terminais Alfandegados do Piauí (Porto PI), Ted Wilson. Com equipe da compahia, o presidente acompanhou de perto a vistoria do terreno realizada pelo fiscal-chefe de Aduana da Receita Federal do Piauí, Carlos Eduardo.

De acordo com avaliações do profissional da Receita, a área é excelente para a execução do projeto. “É uma região com grande potencial, com perspectivas de crescimento e muitas demandas. Algo que mais tarde poderá se tornar um Centro Logístico Aduaneiro (Clia) ou até mesmo um Porto Seco”, destacou o técnico.

Ainda durante a visita, um engenheiro do Instituto de Terras do Piauí (Interpi) fez todo o reconhecimento do espaço, e realizou o trabalho de localização por satélite, traçando os pontos e a linhas principais da área plana que receberá as empresas.

Fonte: Ccom

Dupla armada faz arrastão em Posto de Saúde em Picos

Foto: Picos 40 Graus

Uma dupla armada com revólver invadiu e fez um arrastão na Unidade Básica de Saúde Cecília Neri em Picos, município a 306 km de Teresina. O crime ocorreu por volta das 9h quando a dupla entrou no posto e abordou usuários que aguardavam atendimento na recepção do local.

Segundo a enfermeira Remédios Albano, que estava no posto no momento do assalto, os criminosos apontaram a arma para crianças, gestantes e demais pacientes que aguardavam no posto. "Eles não chegaram a entrar na minha sala porquê um senhor que estava com uma criança viu, entrou e fechou a porta, mas eles ainda tentaram arrombar só que o vigia percebeu e veio socorrer", contou a enfermeira.

Remédios descreve a situação como "momentos de terror", mas explica que após o assalto a unidade permaneceu aberta e os atendimentos continuaram. Foram levados celulares de alguns usuários da unidade.

Este é o segundo arrastão a um Posto de Saúde em Picos em menos de 10 dias. No último dia 27 de junho, dois homens armados com faca fizeram um arrastão na Unidade Básica de Saúde do bairro Catavento. Cerca de pacientes aguardavam atendimento no local. Entre as vítimas estão o médico plantonista e uma enfermeira.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

 

MPF recomenda à Agespisa sobre captação de água em barragens

A Procuradoria da República no Município de Picos recomendou à AGESPISA que promova no prazo máximo de 60 dias, todos os atos necessários para a regularização administrativa da captação de recursos hídricos nas barragens de Barreiras e Piaus. O MPF quer ainda que a Agência Nacional de Águas (ANA) que, esgotado o prazo, promova as medidas fiscalizatórias e de responsabilidades pertinentes.

De acordo com Recomendação nº 4/2017, do procurador da República Lucas Daniel Chaves de Freitas, que tem como base o Inquérito Civil nº 1.27.001.000052/2016-42, foram relatadas algumas irregularidades na administração dos açudes piauienses de administração federal pelo Departamento Nacional de Obras conta as Secas (DNOCS) como o de Barreiras (Fronteiras/PI), Bocaina (Bocaina/PI), Cajazeiras (Pio IX/PI) e Piaus (São Julião/PI).

O inquérito analisou a captação irregular de águas; realização de levantamentos batimétricos nos açudes e obras de revitalização. Após o fornecimento de informações foi constatado que: I) Captação de Recursos Hídricos: registra-se no momento, entre grandes captadores, apenas a AGESPISA, que atualmente retira água dos açudes Barreiras e Piaus, sem a respectiva outorga; II) Batimetrias: foram realizadas em todos os açudes, exceto o Piaus, por ser de recente construção (menos de 5 anos). Dos Resultados revela-se a preservação da capacidade de armazenamento, com efeitos reduzidos de assoreamento; III) Revitalização: há plano elaborado, aguardando descentralização de recursos, que por ora foi apenas parcialmente realizada. 

O procurador da República Lucas Chaves, ressalta que a recomendação não esgota a atuação do MPF sobre o tema, não excluindo futuras recomendações ou outras iniciativas em relação aos agentes citados ou outros, bem como em relação aos entes públicos com responsabilidade e competência no objeto.

A recomendação fixou o prazo de 30 dias para que a AGESPISA e a ANA se manifestem quanto ao acatamento dos termos do documento e comprovem a tomada das medidas necessárias.

A medida faz parte de um conjunto de ações tomadas pela PRM a fim de monitorar a situação hidrológica da região e garantir a boa gestão das águas federais no semiárido piauiense.

Fonte: MPF

Posts anteriores