Cidadeverde.com

Alunos da Rede Municipal de Picos recebem certificados do PROERD

Cerca de 300 alunos do 5º ano, da Rede Municipal de Ensino, participaram na noite dessa quarta-feira (10), na quadra do Instituto Monsenhor Hipólito, da solenidade de formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). Na oportunidade os alunos fizeram o juramento de que se manterão distante das drogas e, ainda, receberam certificado de aluno proerdiano.


Durante três meses, policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar repassaram a esses estudantes das escolas Morada do Sol, Maria Gil de Medeiros, São Vicente, Justino Luz, Padre Madeira e Joaquim Nicolau uma mensagem de valorização à vida e da importância de não se aproximar das drogas e da violência.  

Após dias de compartilhamento e construção de conhecimentos na prevenção e resistência ao uso de drogas e a violência, os alunos foram incentivados pelos policiais proerdianos a produzirem redações a partir do tema “Uma vida saudável longe das drogas”.  Desses textos, os instrutores escolheram a redação de um aluno de cada escola para ser premiada. 

Segundo a coordenadora do Proerd no Piauí, Major Elizete, o programa busca promover a educação social de prevenção às drogas e a violência na vida das crianças, assim, as mesmas se manterão distantes desse mal. A major ressaltou a satisfação em participar da formatura da primeira turma do Proerd no município. “É grande a satisfação de contribuirmos na formação desses estudantes. Eles agora irão contribuir na multiplicação dessa ideia, dentro e fora da família. Essas crianças aprenderam que as drogas só trazem coisas ruins, malefícios para a família e para a sociedade”.    


Para o secretário municipal de educação, Padre Walmir Lima, as crianças proerdianas serão novas parceiras na luta contra as drogas. “Sabemos que quando uma criança abraça uma ideia ela incomoda os pais até conseguir êxito, o que a criança aceita como verdade ela passa a defender na família e no ambiente escolar. Então, as proerdianas são fortes multiplicadoras no combate às drogas.”

O prefeito Kleber Eulálio destacou a importância do Programa Educacional de Resistência às Drogas. “O Proerd mostrou a essas crianças que as mesmas precisam se distanciar do caminho das drogas. Sabemos que é muito mais fácil prevenir que cuidar e os proerdianos serão difusores da proposta de evitar o mal do século”. O gestor municipal demostrou que tem interesses em continuar com o programa e atender o maior número de adolescentes picoenses.
 
Em Picos, o programa desenvolvido pela Polícia Militar em parceria com a Prefeitura Municipal e Secretaria Municipal de Educação foi implantado em abril deste ano, em onze turmas de seis escolas.  

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Polícia desbarata venda de munição restrita das Forças Armadas no Centro de Picos

Policiais prenderam na manhã desta quarta-feira (10) um homem acusado de vender munições de uso restrito das Forças Armadas no Centro do município de Picos, 306 quilômetros ao Sul de Teresina (PI). 


J. da S. F., 68 anos, tinha um estabelecimento que vendia produtos de caça e pesca, inclusive munições de venda liberada. Porém, a polícia localizou mais de quinhentas munições restritas, entre elas 46 cartuchos de pistola 9 milímetros, 28 de calibre 45, e outros 45 de calibre .40. 

A venda ilegal foi desbaratada após denúncia anônima. "Fizemos a investigação para checar, confirmamos que ele realmente vendia essas munições e hoje efetuamos a prisão", declarou o delegado Tales Gomes, hoje na 3ª Delegacia Regional, em Picos. Ele participou da prisão com os investigadores Erlon Viana e Vilmar Furtado.

O acusado pode ser condenado a até oito anos de prisão. Ele será transferido ainda nesta quarta-feira para o presídio José de Deus Barros, em Picos. 

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Picos registra sete execuções por pistolagem apenas em 2013

O município de Picos (306 km de Teresina) registrou sete execuções de janeiro a junho deste ano. O número representa 16,6% de aumento em relação ao ano anterior. Os crimes estão relacionados à prática de pistolagem.



Para discutir uma solução para os crimes de pistolagem não resolvidos, os vereadores, juízes, parentes das vítimas executadas e representantes dos sindicatos da cidade se reuniram em audiência pública na noite de ontem (9), na Câmara Municipal. 



A audiência ressaltou a diminuição no número de policiais na cidade. Segundo a Polícia Militar, em 2001 o número de PMs de Picos era 39. Onze anos depois, o efetivo diminuiu para apenas 16 PMs. Além disso, o prédio da Central de Flagrantes foi fechado e os distritos estão em situação precária.

Jordana Cury
Com informações de J. Pereira (TV Cidade Verde).
jordanacury@cidadeverde.com

Mulher é presa acusada de gerenciar boca de fumo na própria residência

A mulher identificada como Maria Valdirene Lucena Santos Sousa, 36 anos, foi presa acusada de chefiar uma boca de fumo na própria residência, no bairro Pedrinhas, em Picos. A prisão aconteceu nesta segunda-feira (8) e na abordagem policial foi encontrado vasto material que pode configurar o tráfico de drogas. 

                          Fotos: Riachaonet

Cerca de 18 pedras de crack de tamanhos variados, uma balança de precisão, seis celulares e uma quantia de R$ 1.300 foram encontrados no interior da residência. No local também foram encontrados uma lista de contatos relacionados, possivelmente, ao tráfico e documentos utilizados como forma de penhor deixados por usuários de droga.



Segundo o delegado Tales Gomes,  a acusada de comandar a boca de fumo morava com um filho de 18 anos, que não se encontrava na residência no momento da ação policial. A operação foi realizada através de ação conjunta entre as polícias Civil e Militar, após denúncias. 



“Policiais observaram a residência e identificaram uma estranha movimentação de pessoas entrando e saindo”, disse o polical Telema, da Força Tática..

Maria Valdirene foi ouvida ainda durante a noite de ontem e deve ser indiciada por tráfico de drogas. 


Com informações Riachaonet
cidades@cidadeverde.com

Viúva do chefe da junta militar nega envolvimento na morte do marido

A viúva do empresário Epaminondas Coutinho Feitosa, Antônia de Sousa Andrade, negou, em depoimento à polícia, que tenha assassinado o marido e disse temer pela própria vida. 


"Eu não sabia de nada e estou aqui, presa, acusada de ter matado meu marido", reafirmou a viúva, em entrevista à TV Cidade Verde. Antônia foi acusada pelos executores do crime, Rinaldo José  do Nascimento, o Teté, de 21 anos, e José Manoel do Santos Matos, o Santinho, de 33 anos, que foram presos na última quinta-feira (4). 


Segundo os executores, a morte foi encomendada pela viúva, que pagou o valor de R$ 10 mil pelo assassinato.  O crime foi praticado no último dia 8 de maio, na cidade de Picos.  Além de empresário, Epaminondas era chefe da junta militar de Massapê.


O advogado de defesa da viúva, Erval Ribeiro, afirmou que ela está surpresa com a prisão e que teme pela própria vida. "Ela negou qualquer participação nesse crime. Está em pânico. Não sabe o motivo de ter sido presa e teme que essa pessoa que mandou matar o marido dela faça alguma coisa com ela também", disse.


Fotos: Folha Atual
Acusados de executarem o empresário 



Jordana Cury
Com informações de J. Pereira (TV Cidade Verde).
jordanacury@cidadeverde.com

Viúva de chefe da junta militar é presa acusada de ser mandante do crime

Atualizada às 11h30 

De acordo com o delegado Tales Gomes, um dos presos teria falado em depoimento ao promotor quem encomendou o crime. “Ele falou para o comparsa que tinha um serviço para matar o Epaminondas e era R$ 10 mil, que tinha sido encomendado pela mulher da ótica. Cheguei a conclusão de que a mulher da ótica era a esposa da vítima e fui até a juíza. A princípio eu não iria pedir a prisão temporária, mas conversando com a juíza achamos melhor solicitar”, explicou o delegado. 

Antônia Andrade está presa na Central de Flagrantes e ainda hoje será encaminhada Central de Flagrantes.

Atualizada às 9h30

A viúva do empresário Epaminondas Coutinho Feitosa, Antônia de Sousa Andrade, morto a tiros na noite do último dia 8 de junho, foi presa acusada de ser a mandante da morte do próprio marido. Além de empresário, Epaminondas era chefe da junta militar de Massapê.

Na manhã deste sábado(06), o delegado que preside as investigações, Tales Gomes, continua o interrogatório à Antônia, que foi presa na noite de ontem(05), após ser cumprido o mandado de prisão, expedido pela juíza da 5ª Vara da Comarca de Picos, Nilcimar Rodrigues de Araújo Carvalho. O escrivão Pimentel registra o depoimento que já dura duas horas. 


A viúva foi acusada pelos executores do crime que foram presos na quinta-feira(04). Segundo a polícia, Rinaldo José  do Nascimento, o Teté, de 21 anos, e José Manoel do Santos Matos, o Santinho, de 33 anos, prestaram depoimento acompanhados pelo promotor público Cláudio Sueiro e acusaram Antônia Andrade de ser a mandante da morte do empresário.

Antônia Andrade foi presa em casa por volta das 19 horas e conduzida até a Delegacia Regional da Polícia Civil, onde prestou depoimento acompanhada por seu advogado. Na manhã de hoje, presta novo depoimento. Ontem ela negou qualquer envolvimento com a morte do marido. 

Depois ela será encaminhada ao presídio feminino de Picos.


Caroline Oliveira
Com informações do Richaonet e PontoNet
carolineoliveira@cidadeverde.com

Empretec será realizado em Picos; entrevistas encerram neste sábado

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí, realiza de 15 a 20 deste mês uma turma do Empretec em Picos, cidade localizada a 306 quilômetros ao sul de Teresina.

Para participar do seminário, os interessados devem pagar a taxa de pré-inscrição, preencher uma ficha cadastral, e em seguida participar de entrevista individual que segue até amanhã (06) no escritório do Sebrae naquela cidade, na Rua Marcos Parente, s/n, Centro.

O Empretec tem como objetivo desenvolver características do comportamento empreendedor nos participantes. A metodologia utilizada no seminário foi desenvolvida pela Organização das Nações Unidas, ONU, sendo aplicada no Brasil com exclusividade pelo Sebrae.

Com carga horária de 60 horas, o seminário tem em seu conteúdo temas como busca de oportunidades, qualidade e eficiência, persuasão e rede de contatos, persistência, riscos calculados, independência e autoconfiança, comprometimento, busca de informações, estabelecimento de metas, e planejamento e monitoramento sistemáticos.

Os empretecos participam de dinâmicas de grupos, jogos, debates e estudos de caso.

Maiores informações pelo telefone (89) 3422-3919.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Kleber Eulálio defende: "agora é a vez do PMDB" para próximas eleições

O prefeito de Picos, Kleber Eulálio (PMDB), afirmou durante entrevista que acredita que "agora é a vez do PMDB". Kleber acredita que nas próximas eleições o partido deve defender uma candidatura própria para o governo do Estado.

              Fotos: Evelin Santos/Cidadeverde.com

"Temos mais um argumento. Já foi o Wellington do PT, o Wilson do PSB e agora Zé Filho do PMDB", afirmou o prefeito.

Kleber acredita em um consenso do partido para defender esta candidatura, mas caso não se concretize, o partido deve acompanhar o candidato mais bem posicionado nas pesquisas. O prefeito reforça que a saída do governador para concorrer ao Senado será decisiva no desenrolar da situação.


"É preciso que haja muita inteligência e esse papel cabe ao governador de mediar e tentar arrumar a casa. A decisão é dele de se candidatar ou não e parte por aí. Wilson Martins é peça fundamental nisso", afirmou o prefeito.

Picos

O município gerido por Kleber Eulálio passou por manifestações populares nesta quinta-feira (04), onde centenas de estudantes foram as ruas exigir melhores condições de transporte e outras reivindicações.


O prefeito de mostrou acessível e prometeu atender a todas as reivindicações na medida do possível. "Desde que assumi não recebi qualquer tipo de reivindicação, mas pretendo atender aquilo que for possível", acrescentou o gestor.

Segundo Kleber Eulálio, questões como a abertura da Policlínica, envolvidas em polêmicas recentes devem se desenrolar o quanto antes. "Li que a Secretaria de Saúde deverá abrir a policlínica em breve e queremos colaborar naquilo que estiver ao nosso alcance e se necessário possa fazer com que funcione aquela policlínica", enfatizou Kleber Eulálio.


Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Belê Medeiros: "Policlínica vai ser aberta e será referência"

A deputada estadual Belê Medeiros (PSB) garantiu  a abertura da Policlínica de Picos. As informações foram anunciadas na tribuna da Assembleia Legislativa do Piauí, nesta quinta, 04.

O secretário de Saúde, Ernani Maia, ressalta que a Policlínica, que deverá atender 500 mil pessoas por mês,  funcionará em breve e será modelo para outras 10 policlínicas que serão instaladas no Piauí. A unidade deverá ser aberta não como uma maternidade, como propôs a secretaria de Saúde, mas com atendimento e exames complementares do Programa de Saúde Familiar em Picos.
 
“São sete anos de luta. Cuidei, na época, como secretária da Saúde, da localização do projeto. Fui ao ex-prefeito Gil Paraibano, que doou um terreno de 3.600 m2. A Policlínica vai funcionar ao lado do Hospital Regional de Picos, que tem mais de 30 anos", afirmou Belê Medeiros.

 
A deputada resgatou também a trajetória para viabilização da Policlínica de Picos, iniciada ainda em 2006. 

"Em 2008, fizemos uma viagem à Alemanha com o objetivo de tratar especificamente desse projeto. Em 2009, a visita do governador Wellington Dias deu um grande impulso ao intercâmbio. Foi uma parceria nunca vista, que valeu a pena. Insistimos, não desistimos, por termos um propósito para o povo. Fomos à Alemanha com outras deputadas e cada sementinha plantada nessa luta foi decisiva para que esse nosso sonho pudesse tomar forma”, comemora a deputada.

Neste ano, o governador Wilson Martins assinou termo de cooperação técnica, via Universidade Federal do Piauí, para intercâmbio com a universidade da Alemanha.


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Polícia prende dois acusados de matar empresário de Picos

A Polícia de Picos prendeu na tarde de ontem (4) dois homens acusados de matar o empresário e chefe da junta militar de Massapê, Epaminondas Coutinho Feitosa. O crime foi praticado no último dia 8 de maio, na cidade. As prisões fazem parte de uma operação para combater os crimes de pistolagem.

Fotos: Folha Atual

Os acusados, José Manoel dos Santos Matos, 33 anos, conhecido como “Santinho”, e Rinaldo José do Nascimento, 21 anos, vulgo “Teté”, foram presos na rua Bela Vista, bairro São Vicente, acusados de pistolagem.

O delegado Tales Gomes, titular do inquérito marcou coletiva de imprensa para esta sexta-feira às 9h, na qual apresentará as provas que asseguram a autoria do crime pela dupla.


Em entrevista ao Notícia da Manhã, o delegado Menandro Pedro, do Grupo de Repressão ao Crime Organizado, explicou que estava na cidade desde quarta-feira para dar apoio à Polícia local. Ele disse ainda que as investigações não estão concluídas e que outras prisões podem ser efetuadas.

"Ainda não temos detalhes do crime, como a motivação, por exemplo, mas existem outros mandados de prisão em aberto. Creio que tivemos êxito na operação porque prendemos os dois pistoleiros principais", declarou Menandro.

Matérias relacionadas:



Jordana Cury
jordanacury@cidadeverde.com

Posts anteriores