Idoso é morto a pauladas e facadas na zona rural de Picos

Um idoso identificado pela Polícia como Gregório Gomes de Oliveira, de 80 anos, foi assassinado a pauladas e facadas na manhã desta terça-feira (02) na comunidade de Fátima do Piauí, em Picos.

De acordo com o filho da vítima, Francisco Gomes de Oliveira, o idoso tinha saído para trabalhar quando foi morto. A família informou que ele não tinha inimigos.

A faca usada no crime era da própria vítima e ficou no local do crime.  A polícia ainda não divulgou informações oficiais sobre suspeitos ou motivação do homicídio.

O corpo de Gregório foi levado para o necrotério do Hospital Regional Justino Luz de Picos.

Fonte: Riachão Net.

Clima esquenta entre os candidatos a prefeito de Picos antes da eleição

O município de Picos possui três mil eleitores e o clima já é de forte disputa entre os candidatos à prefeitura do município. Em meio a várias denúncias de compra de votos os candidatos tentam demonstrar tranquilidade às vésperas da votação deste domingo (07).


Para Kleber Eulálio o clima é de serenidade. O candidato afirma que a campanha serviu para estreitar sua relação com a população.

"Já disputei três eleições e nunca me senti tão bem, foi uma oportunidade de conversar com as pessoas e me aproximar da população", afirmou o candidato.


Já para Belê Medeiros o trabalho foi o ponto forte de sua campanha. "Trabalhamos com muita decência muito cuidado e muito zelo com o cidadão picoense, gerando esperança daquilo que vamos fazer", completou a candidata.

Gleuton Portela, afirma que a população de Picos está consciente e diz estar confiante de que as pessoas vão apostar em suas propostas." Sem sombra de dúvida o picoense vai votar consciente, ele vai acreditar nas propostas que foram apresentadas", completou o candidato.

Pelos cálculos da Justiça Eleitoral 217 urnas serão instaladas, destas, 80 de contingência para serem usadas em caso de substituição das urnas utilizadas para votação. De olho nas pesquisas, os candidatos acrescentam que nas cinco registradas os números não condizem o que as urnas vão mostrar.

"A população ainda é motivada por esse tipo de estratégia, mas temos certeza que as pessoas irão compreender" afirmou Belê Medeiros.

Gleuton Portela denuncia a compra de votos com sacos de areia e dispara: "Em torno de R$150 é o voto do eleitor de picos".

Kléber Eulálio conclui que a campanha teve quadros tristes, mas que as urnas vão mostrar a verdadeira intenção do eleitor. "Dois quadros me deixaram triste, uma campanha difamatória e a tentativa de atingir minha honra com panfletos anônimos", declarou.

Com informações de J. Pereira (TV Cidade Verde)
Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Vereador será julgado por infidelidade partidária no TRE

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) julga nesta terça-feira, processo de cassação do mandato do vereador picoense José Rinaldo Cabral Pereira Filho, acusado de infidelidade partidária por ter trocado, sem justa causa, o PMDB pelo PSB.

 
A ação de perda de mandato contra o vereador foi ajuizada pelo então procurador regional eleitoral do Piauí, Marco Aurélio Adão, em 18 de novembro de 2011. 

Na mesma sessão será julgado o pedido de cassação do diploma do primeiro suplente da coligação “Alavancando o Progresso” (PMDB/PSL e PRB), Raimundo Nunes Ibiapino, também acusado de infidelidade partidária por ter, sem justa causa, deixado o PMDB e se filiado ao PSB.
 
O relator do processo é o juiz substituto Válter Ferreira de Alencar Pires Rebelo. O pedido de decretação da perda de mandato foi solicitado pelo diretório municipal do PMDB, através dos advogados Tiago Saunders Martins e José David de Brito Júnior.
 
Na defesa do vereador Rinaldinho atuarão os advogados Guilhardo Cesár Medeiros Graça e Emmanuel Fonseca de Sousa. Na defesa do suplente Renato estão os advogados William Guimarães Santos de Carvalho e Luís Soares de Amorim.


Com informações Jornaldepicos
cidades@cidadeverde.com

Agente penitenciário é preso acusado de passar celulares aos presos

O agente penitenciário de iniciais J.R.O.J foi flagrando na manhã deste sábado (29), durante vistoria no presídio regional José de Deus Barros, na cidade de Picos (306 km de Teresina), portando dois celulares que possivelmente seriam entregues a detentos.


A suspeita foi levantada porque o acusado está em período de férias e mesmo assim compareceu ao presídio. De acordo com o diretor, Sinval Gonzaga, na semana passada, foram recebidas diversas denúncias de presos informando que há funcionários colocando aparelhos celulares dentro do pavilhão D do presídio.

“Depois que recebi essas denúncias, foi realizado um serviço de inteligência juntamente com o chefe de disciplina, em consonância com o Ministério Público, que inclusive acompanhou toda a apreensão. Neste sábado, por volta das 7h30 da manhã foi realizada uma vistoria física e nos pertences dos agentes que estariam deixando e entrando no plantão. Dessa forma conseguimos localizar os celulares em poder do agente J.R.O.J”, explicou Sinval.

Toda a ação foi acompanhada pelo promotor Flávio Teixeira Júnior. O agente foi levado para Central de Flagrante de Picos, acompanhado por um advogado do Sinpoljuspi, que está fazendo a defesa do suposto infrator.

Por determinação do secretário de Justiça, Henrique Rebelo, desde o inicio de 2011 vistorias rotineiras são realizadas em todas as unidades prisionais da capital e interior, com o objetivo de coibir a entrada de armas, celulares e drogas. 

Em paralelo ao flagrante o secretário de Justiça determinou abertura de sindicância para apurar a infração e, sendo comprovada, o agente poderá sofrer expulsão do quadro de agentes penitenciários.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Procuradoria da República do Piauí e de Picos mudam telefone de contato

Os números dos telefones fixos da Procuradoria da República no Piauí (PR/PI) e da Procuradoria da República no Município de Picos (PRM/Picos) foram alterados. A mudança, implementada hoje (28), ocorreu em razão da rescisão do atual contrato com empresa Embratel e de novo contrato firmado com a empresa Oi, nas modalidades local e longa distância.

Os números telefônicos foram alterados,conforme a regra a seguir:

1. Em Teresina, todos os canais manterão os mesmos quatro últimos dígitos, com alteração apenas no prefixo de 2107 para 3214. Por exemplo, o número telefônico 2107-5915, a partir de amanhã será 3214-5915.

2. Em Picos, além da alteração do prefixo, de 2101 para 3415, os dois dígitos seguintes mudarão de 10 para 49, sendo mantidos os últimos dois dígitos dos ramais. Exemplo: 2101-1000 mudará para 3415-4900 e 2101-1004 mudará para 3415-4904.

A previsão é de que até a próxima terça-feira, dia 2 de outubro, a Embratel inicie divulgação aos usuários que ligarem para os números antigos de mensagem com orientações nos termos "este número mudou para ....". A mensagem será repassada durante 120 dias, tempo de adaptação dos usuários aos novos números.

Novos contatos

PR/PI

Geral: (86) 3214-5915

Secretárias: (86) 3214-5902 e 3214-5954

A lista completa com os telefones da Procuradoria está disponível no tópico "estrutura" da página do MPF/PI na internet: www.prpi.mpf.gov.br.

PRM/Picos

Geral: (89) 3415-4900

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Presidente da Câmara presta depoimento sobre morte de motociclista

O presidente da Câmara Municipal de Picos, Iata Rodrigues (PSB), é acusado de envolvimento em um acidente entre um carro e uma motocicleta que culminou com a morte de Antônio João Nascimento, de 46 anos. O delegado da Policia Civil de Picos, Luiz Guilherme de Sousa, informou ao Cidadeverde.com que o vereador prestará esclarecimentos sobre o acidente na  tarde desta segunda-feira (24). 


Segundo testemunhas, um veículo com marca e modelo ainda desconhecidos, atropelou a vítima que pilotava uma motocicleta na BR 316, na noite deste sábado (22), na altura de uma pousada na região do bairro Belo Norte. Antônio Nascimento teve morte imediata.  

A assessoria da Câmara Municipal de Picos divulgou neste domingo (23) uma nota de esclarecimento sobre o acidente automobilístico envolvendo o carro do presidente da Câmara.

De acordo com a nota, o acidente aconteceu quando o vereador se dirigia com a esposa e a filha ao Povoado Gameleira dos Rodrigues. Segundo o presidente da Câmara, o motociclista trafegava com o farol desligado, haveria invadido a faixa contrária  e acabou colidindo com o veículo. 

O condutor da motocicleta ainda chegou a ser socorrido pelo Samu, mas acabou falecendo a caminho do Hospital Regional Justino Luz (HRJL). A assessoria afirma ainda que o vereador ainda teria tentado evitar a colisão e que está prestando toda a assistência à família da vítima.

O texto divulgado para a imprensa destaca também a possibilidade de que o motoqueiro estivesse sob efeito de bebida alcoólica, conforme informações de testemunhas.

Confira a nota na íntegra

Esclarecimento sobre acidente envolvendo o presidente da CMP

O Presidente da Câmara Municipal de Picos, Iata Rodrigues (PSB) vem, por meio da assessoria, esclarecer o acidente automobilístico ocorrido na BR 316, na noite de sábado (22), envolvendo o carro do parlamentar e uma motocicleta. Por volta das 21h Iata Rodrigues, acompanhado da esposa e da filha, se deslocava para o Povoado Gameleira dos Rodrigues quando nas proximidades da Pousada Guaribas foi surpreendido por uma motocicleta com farol apagado que invadiu a faixa contrária. Iata, que não vinha em alta velocidade, tirou o quanto foi possível para evitar a colisão, contudo foi inevitável. O parlamentar imediatamente ligou para o Samu e de maneira alguma se evadiu do local do acidente. Infelizmente o motociclista faleceu a caminho do Hospital Regional Justino Luz. Suspeita-se que o motociclista estava embriagado, uma vez que testemunhas afirmaram que o mesmo estava bebendo em um bar nas proximidades da BR. Iata compareceu à delegacia, mas o delegado não estava presente. Orientado pelo seu advogado, o parlamentar vai aguardar ser chamado para maiores esclarecimentos. Além disso, ele está prestando total auxílio à família. Iata Rodrigues, ainda abalado, qualificado o acidente como uma fatalidade.


Graciane Sousa (Especial para o Cidadeverde.com)
gracianesousa@cidadeverde.com

Os advogados do prefeito de Picos Gil Paraibano, emitiram nota oficial, onde afirmam que o pedido de prisão preventiva feito pela procuradora geral Zélia Saraiva, é "totalmente improcedente".


No texto da nota o advogado do prefeito, Mark Neiva, nega que Gil Paraibano, tenha ameaçado alguns dos envolvidos na discussão com um vereador do município , e para ele a divulgação do pedido de prisão trouxe prejuízos à campanha de Gil Paraibano a reeleição no município.

Confira a nota na íntegra:

"Equívoco Teratológico do Pedido de Prisão

O pedido de prisão sob a alegação de ameaça a testemunha é totalmente improcedente. A testemunha supostamente ameaçada é o Sr Herton Maia, que andava com o Sr. Hugo Victor por ocasião do evento objeto da acusação. Em primeiro lugar não existe sequer acusação de que referida testemunha tenha sido ameaçada quando dos fatos. Em segundo lugar, ainda que ela tivesse sido ameaçada, seria apenas mais uma suposta vítima da imputação de ameaça, qualidade que não se confunde com a sua condição de testemunha na fase processual.

Em suma, o que realmente interessa é que desde o evento objeto da acusação não se registra, direta ou indiretamente, qualquer contato do Sr. Gil Marques com a referida testemunha, seja a que título for, muito menos para fazer ameaça.

Sendo assim, ou seja, não havendo como se cogitar qualquer intervenção negativa da parte do Sr. Gil Marques na instrução processual, qualquer pedido ou decreto de prisão não encontra respaldo legal, doutrinário ou jurisprudencial.

Inadequação da Imputação de Roubo

Outra impropriedade da denúncia foi a imputação de roubo, em razão de sua incompatibilidade com a própria acusação (cuja narrativa conduz apenas para o crime de dano), bem como pela consideração do mesmo fato para mais de uma infração: dano e roubo, decorrente da suposta destruição de uma máquina fotográfica.

Prejuízo da Imagem

O Simples anúncio do pedido de prisão causou um prejuízo inestimável para o Sr. Gil Marques, em função da sua personalidade pública. Necessário, pois, que um ato dessa natureza esteja revestido de relevantes fundamentos, sob pena de prejuízo irreparável, notadamente em razão da proximidade do pleito eleitoral. Com efeito, a sua difusão serviu e servirá de instrumento/truncagem de campanha para os adversários políticos do Sr. Gil Marques, desequilibrando a disputa do pleito no qual apoia sua sobrinha (Belê) que disputa o cargo de prefeita do Município de Picos."

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Ministério Público pede prisão preventiva do Prefeito de Picos

O Ministério Público pediu à justiça, a prisão do prefeito de Picos, Gil Marques de Medeiros, conhecido como Gil Paraibano. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério, a denúncia contra o prefeito, foi encaminhada ao Tribunal de Justiça no dia 10 de setembro, pela Procuradora Geral de Justiça Zélia Saraiva Lima.

A denúncia surgiu após uma discussão entre o prefeito e o vereador Hugo Victor Martins, no mês de maio deste ano. À época as partes foram intimadas a comparecerem na delegacia para prestar esclarecimentos na Central de Flagrantes. O delegado Everton Férrer, informou no dia 05 de maio, que a discussão aconteceu após uma vistoria em obras da prefeitura, onde vereador teria sido ameaçado de morte pelo prefeito que ainda teria quebrado sua câmera fotográfica. 



"O vereador disse que estava fiscalizando uma obra e que o prefeito interceptou seu carro numa estrada de 'carroçal', desceu do veículo, quebrou sua câmera e o ameaçou com uma arma", disse Everton Férrer.

Segundo a assessoria do Ministério a prisão preventiva foi pedida sob o fundamento da conveniência da instrução criminal" e que "a postura intimidatória adotada pelo denunciado quando cometeu os delitos, aliada a sua posição política privilegiada como chefe do Poder Executivo Municipal demonstra a alta probabilidade de que o prefeito cause embaraço a instrução criminal".

O prefeito Gil Paraibano informou ao Cidadeverde.com neste sábado (22) que ainda não teve conhecimento do mandado de prisão de preventiva. Em outras oportunidades, o prefeito de Picos já havia negado participação no incidente.



Rayldo Pereira e Graciane Sousa (Especial para o Cidadeverde.com)
cidades@cidadeverde.com

Juiz suspende propaganda eleitoral em carros de som

O juiz da 62ª Zona Eleitoral da Comarca de Picos, Geneci Benevides Ribeiro, determinou nesta quarta-feira, 19 , a imediata suspensão da propaganda eleitoral veiculada em carros, motos e bicicletas de sons. A decisão ocorreu após a contatação de abusos cometidos pelas coligações "A mudança que o povo quer" e "Unidos para fazer muito mais".

A determinação do juiz poderá ser revertida após reunião nesta sexta-feira, 21, com os representantes dos partidos políticos e coligações envolvidos nas eleições municipais de Picos e o promotor eleitoral Flávio de Abreu.

 Juiz Geneci Benevides Ribeiro

"Nesse período de 48h não foi constatado nenhum desrespeito a determinação. As coligações deverão entrar em acordo ou o juiz decidirá pela aplicação de multa que é de R$ 1.000", explica a chefe de cartório Daniele Martins ao Cidadeverde.com.

Segundo o juiz Geneci Benevides, a decisão de suspender a propaganda eleitoral volante foi tomada depois de constatar os abusos cometidos. "Os carros estão emitindo níveis de som acima dos 80 decibéis permitidos e, também a quantidade de veículos da mesma coligação ou do mesmo candidato circulando juntos provoca transtornos" explicou.

Incomodados com a situação, moradores do município organizaram um  abaixo-assinado contendo 160 assinaturas  pedindo providências à Justiça Eleitoral. “Os comerciantes não podem, sequer, telefonar para fazer seus negócios de compra e venda, sendo assim esses veículos estão causando transtorno à cidade e em desacordo a legislação eleitoral”, ressalta o juiz Geneci Benevides.
 
O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) foi assinado no dia 10 de julho de 2012 pelos promotores da 10ª e da 62ª zonas eleitorais, e os representantes das coligações “A mudança que o povo quer”, “Unidos faremos muito mais” e “Com Deus e o povo”, após reunião no auditório do Fórum Eleitoral de Picos.
 
Em relação à propaganda eleitoral volante, foi acordado que cada coligação ou partido político poderia cadastrar no máximo 35 veículos e esses não poderiam emitir níveis sonoros acima de 80 decibéis. A utilização desse tipo de instrumento seria permitida no horário das 8 ao meio-dia e das 14h às 20h, entre outras determinações.


Graciane Sousa ( Especial para o Cidadeverde.com)
gracianesousa@cidadeverde.com
Com informações Jornaldepicos

Acusado e matar a esposa em Monsenhor Hipólito é preso no Ceará

Nesta quarta (19) a polícia militar da cidade de Monsenhor Hipólito prendeu Antônio Tavares de Sousa, conhecido como ‘Índio’, acusado de matar à pauladas a sua companheira na localidade Mearim, na zona rural do município de Monsenhor Hipólito.


O acusado foi preso na cidade do Parambú-Ce. A polícia informou que ele confessou ter assassinado sua companheira, Patrocina, com várias pauladas na cabeça. O crime ocorreu no dia 16 deste mês por volta das 9h.

 Após praticar o crime, o acusado fugiu para a cidade de Parambú no Ceará, onde foi preso e conduzido para a central de flagrantes de Picos.

Fonte: Riachaonet

Posts anteriores