Cidadeverde.com

Defensoria Pública firma convênio com faculdade em Picos

A Defensoria Pública Estadual do Piauí (DPE-PI) firmou convênio com a Faculdade R. Sá, do município de Picos, para a instalação do Núcleo de Práticas Jurídicas naquela Instituição de Ensino. A assinatura do documento aconteceu durante reunião, nesta sexta-feira (23), no Núcleo Central da Defensoria Pública.


Participaram da reunião a defensora pública geral, Norma Lavenère; a titular da  5ª Defensoria Pública, Execução Penal e Tribunal do Juri de Picos, defensora pública Valéria do Nascimento Diniz Costa; a chefe de gabinete da DPE-PI, defensora pública Ângela  Martins Soares Barros; a vice-diretora da Faculdade R. Sá, Roberta Mara de Deus Urtiga e o pesquisador institucional da Faculdade R. Sá, Auderi Martins Carneiro Filho.

O Convênio foi firmado dentro das normas estabelecidas pela Resolução Nº 012/2013, do Conselho Superior da Defensoria Pública, que prevê a parceria com Instituições de Ensino Superior públicas ou privadas para cooperação mútua, objetivando a colaboração da Defensoria através dos seus membros  para o aperfeiçoamento da cultura jurídica dos alunos da Instituição conveniada.

A defensora pública geral, Norma Lavenère, destacou a importância da iniciativa. “A Defensoria Pública  se sente extremamente feliz e engrandecida com mais esse convênio  firmado com uma Instituição de Ensino Superior, agora sob a vigência da Resolução número  12 do Conselho Superior, que define novas regras e tendo como diferencial o oferecimento do estágio curricular nas áreas Cível e Criminal”, disse e completou afirmando que  “espero que essa seja  uma parceria exitosa em todos os sentidos, tanto para os nossos assistidos como para os estagiários que poderão aprimorar seus conhecimentos aproveitando essa oportunidade”.

Para a  vice-diretora da Faculdade R. Sá, Roberta Mara de Deus Urtiga,o convênio trará ganhos inestimáveis para a Faculdade. “Será muito aprazível para os nossos alunos que terão acesso à atividade da prática jurídica devidamente orientada, e de grande relevância para a comunidade picoense que encontrará um novo espaço onde terá  suas demandas tratadas com maior celeridade”, disse.

A defensora pública Valéria Diniz também destacou a importância do momento. “Estamos muito felizes com tal iniciativa, pois o município de Picos precisa  de ações como esta. A nossa luta por este convênio sempre foi pelo incentivo aos alunos pela prática, ou seja, sair do âmbito abstrato para colocar em prática o aprendido nos livros, para que possa sair da faculdade um profissional completo. Eu estou muito feliz e satisfeita com este avanço tanto da Defensoria como da Faculdade”, disse a defensora pública que também ministra as disciplinas Direito Civil, Execução Penal e Direito Internacional Privado, na Faculdade R. Sá.

A instalação do Núcleo de Práticas Jurídicas da Faculdade R. Sá em Picos contará com a atuação de dois defensores públicos que dedicarão quatro horas semanais ao acompanhamento dos estagiários atendendo demandas nas áreas Cível e Criminal. Os Defensores serão indicados dentro dos que já têm atuação naquela Comarca, para o que será aberto período de inscrição aos interessados. Segundo a vice-presidente da Faculdade, a expectativa é que passados todos os trâmites legais e de instalação, as atividades sejam iniciadas no próximo mês de setembro.    

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Uespi abre vagas para seleção de estagiários no 3º BEC

A Universidade Estadual do Piauí assinou um Acordo de Cooperação que permite alunos da instituição estagiarem no 3º Batalhão de Engenharia e Construção de Picos- BEC.  O acordo regulariza estágios não remunerados para estudantes da Uespi dos cursos de Ciências Contábeis, Comunicação Social, Enfermagem, Administração e Educação Física.


Os interessados devem procurar o Núcleo de Apoio ao Coordenador- NAC, na Uespi, até esta quarta-feira (21). A seletiva será realizada através de análise curricular e entrevista.

Os estágios terão carga horária de 10h por semana. Só poderão participar da seleção alunos a partir do IV período. A previsão de início dos estágios é 02 de setembro de 2013.


Com informações Uespi
cidades@cidadeverde.com 

Aluna da Uespi de Picos conquista 1° lugar em Concurso Nacional

Aluna e professores da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), campus de Picos, Centro-Sul do Piauí, conquistam o primeiro lugar no Concurso Nacional, da XVI  Conferência Brasileira de Folkcomunicação. A conferência foi realizada em junho, na Universidade Federal do Ceará, na cidade de Juazeiro do Norte, e foi organizada pela Rede de Estudos e Pesquisas em Folkcomunicação (Rede Folkcom) e pela Cátedra Unesco de Comunicação para o Desenvolvimento Regional da Universidade Metodista de São Paulo .


O trabalho vencedor intitulado de “Ex-votos como forma de publicizar a fé na Procissão de São Francisco de Assis, em Picos, Piauí”, foi realizado pela aluna de comunicação Sara Maria da Silva Barbosa com a orientação dos Professores Mestres Orlando Berti e Evandro Alberto, todos da Uespi campus de Picos.

Segundo o professor Orlando Bert, a temática da cultura e religiosidade popular que já vinha sendo estudada pela aluna desde 2007. “O tema diz respeito a uma das maiores expressões da religiosidade do município, que acontece todos os anos no mês de outubro, no bairro Junco em Picos”, ressalta.

Ainda segundo Berti, existem outras pesquisas em desenvolvimento, sendo realizadas por alunos da Uespi, na área da comunicação. “Essa preparação cientifica já está ganhando repercussão nacional, pois algumas já foram publicadas  em revistas nacionais  especializadas  e vêm  servindo de referências para outros alunos do campus”, conclui o professor.

A Conferência de Folkcomunicação é realizada desde 1998, e reúne pesquisadores de todo o Brasil na discussão da arte e cultura popular. O evento recebe resumos de trabalhos científicos de graduação e pós-graduação de instituições de ensino superior de todo o país. 

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Liminar suspende cassação de vereadores até julgamento no TRE-PI

O juiz Dioclécio Sousa da Silva, do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), concedeu nesta terça-feira (13) liminar em favor dos vereadores Diógenes Nunes Medeiros (PPS) e José Luís de Carvalho, o Irmão Zé Luís (PSB). Eles tiveram seus mandatos na Câmara Municipal de Picos cassados no início do  mês, mas ficam no cargo até o julgamento dos recursos pelo TRE-PI. 

Fotos: Jornal de Picos
Diógenes Medeiros é acusado pelo MP de comprar votos com abadás

No dia 5 de agosto, o juiz Adelmar de Sousa Martins, da 10ª zona eleitoral, aceitou a denúncia do Ministério Público de compra de votos nas eleições de 2012 e decidiu pela cassação. Os dois vereadores ainda foram condenados a multa de mais de R$ 10 mil.  

Diógenes Medeiros foi acusado de compra de votos com dinheiro e entrega de abadás para um carnaval fora de época. Escutas telefônicas foram solicitadas pelo Ministério Público para comprovar a denúncia, mas a defesa do parlamentar alega que tais provas são inválidas. O parlamentar foi grampeado entre 5 e 7 de outubro, dia da eleição. Nos autos, consta que o vereador teria dito frases como “o Banco do Brasil perdia era feio”.

Cunhado de José Luís teria feito a compra de votos, segundo denúncia do MP

Já Irmão Zé Luís foi condenado em função de escutas telefônicas de seu cunhado, Joselito Lima Oliveira, o Zomim. Ele teria se empenhado na compra de votos, que aconteceria em uma loja de tintas pertencente ao vereador. Dinheiro, porta e até dentadura teriam sido oferecidos.

A Polícia identificou nos diálogos que “dinheiro” era tratado com as palavras “negócio” ou “santinho”, enquanto eleitores eram chamados de “peixinhos”. Ao site Jornal de Picos, o vereador alegou inocência e disse que as gravações não comprovam sua participação no suposto esquema. 

Nos autos consta ainda que as investigações começaram após Diógenes Medeiros declarar em rede social que “a força dos ventos” iria resolver as eleições. Além disso, um caderno com informações comprometedoras teria sido apreendido com um cabo eleitoral, o que motivou o pedido de quebra do sigilo telefônico dos envolvidos.

Segundo o site Jornal de Picos, a Câmara Municipal de Picos já suspendeu a posse dos suplentes José Joaquim de Carvalho, o Dedé Monteiro (PPS) e Francisca Celestina de Sousa, a Dalva Mocó (PSB), prevista para 14h30 de quarta-feira (14).

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Disputa por vaga aberta após morte do vereador Titico chega ao TRE-PI

Quase 10 meses depois da morte do vereador Francisco de Assis Pio da Silva, o "Titico" (PP), a vaga por ele deixada na Câmara Municipal de Picos ainda gera polêmica. Na próxima terça-feira (13), o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) julga recurso do candidato Sizim (PP), que reclama ser ele o beneficiado com o cargo. 

Foto: AgoraEd
Titico foi assassinado em outubro do ano passado, após as eleições

Reeleito com 1.101 votos, Titico foi assassinado em um bar no dia 14 de outubro de 2012. Em janeiro do ano seguinte, Valdívia Santos Martins Silva (PSB) foi empossada vereadora como primeira suplente. Ela foi a primeira suplente mais votada da coligação "Juntos Faremos Muito Mais (PP/PMN/PSB/PV)", com 889 votos.

Porém, o candidato Francisco de Assis Batista Portela alega que a vaga deveria ser do primeiro suplente do mesmo partido e não da coligação, uma vez que Titico sequer chegou a ser diplomado. Com isso, Sizim seria empossado vereador com os 448 votos que conquistou nas urnas no ano passado. 

O relator do processo é o juiz Jorge da Costa Veloso. Em julho, o procurador regional eleitoral, Alexandre Assunção e Silva, emitiu parecer contrário ao recurso de Sizim e pela manutenção de Valdívia Santos na Câmara Municipal de Picos. 

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Presidente da APPM solicita a Caixa criação de GIDUR para a região de Picos

O presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Arinaldo Leal, está formalizando um pedido à Superintendência regional da Caixa Econômica Federal para que seja criada uma Gerência de Desenvolvimento Urbano (GIDUR) no Centro Sul do Piauí. Atualmente só Teresina conta com o órgão que é responsável pela aprovação, liberação de recursos e fiscalização de projetos urbanístico dos municípios em parceira com o banco.


Segundo o presidente da APPM, o objetivo de diminuir os prazos de análise nos procedimentos para aprovação e execução de projetos financiados pela CEF.

“Nós prefeitos sentimos a necessidade da descentralização desse importante serviço da Caixa, pois muitas vezes este fica sobrecarregado com a alta demanda de projetos dos municípios que também sentem dificuldade pela distância dos mesmos até a Capital”, explica Arinaldo.

O presidente da APPM esclarece ainda que muitas emendas parlamentares são executadas por esse banco, como calçamento, praças, estradas, quadras esportivas e outras obras, sendo essencial sua descentralização para facilitar a troca de informações entre sues técnicos e os técnico dos municípios.

“Vamos levar a proposta para ser implantada a GIDUR primeiramente a região de Picos, que concentra mais de 50 municípios em um raio de 100 Km. Outra região que pretendemos posteriormente lutar pela implantação desse órgão é a de Bom Jesus, pois a mesma fica equidistante do Centro e extremo Sul do Piauí”, completa Arinaldo.   

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Prefeitura lança edital para contratação de 180 professores

A Prefeitura de Picos abriu processo seletivo para a contratação de 180 professores temporários e substitutos para preenchimento de vagas na Educação infantil e Ensino Fundamental (1º a 5º ano).


A taxa de inscrição é de R$ 30 e a seleção será realizada através de análise curricular. As inscrições podem ser efetivadas na sede da secretaria de Educação, de 12 a 15 de agosto, das 8h às 12h e das 14 às 17h. 

A remuneração é de R$ 783,50 por carga horária de 20 horas semanais. Os candidatos devem ter nível superior ou está cursando o 5° período, devidamente comprovado através de declaração da instituição de ensino superior.




Graciane Sousa (Especial para o Cidadeverde.com)
gracianesousa@cidadeverde.com

PM identifica acusado de fazer reféns e assaltar joalheria

Câmeras de segurança auxiliaram a Polícia Militar de Picos a identificar o acusado de assaltar uma joalheria no centro, nesta quinta-feira (08). O jovem ainda não foi capturado e policiais realizam diligências na região. 

                           Foto: DiaadiadePicos

“A equipe que foi para o local da ocorrência já identificou o elemento, que é conhecido da polícia e inclusive, em outra ocasião, já teria trocado tiros com Pms”, disse o capitão Mário Oliveira, do 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM).

De acordo com a gerente da joalheria, que não quis se identificar, a ação ocorreu em fração de segundos. "Ele chegou pedindo uma informação e em seguida saiu. Depois o suspeito voltou pediu informação novamente, mostrou a arma e disse que queria o dinheiro. Então, fui ao caixa e mostrei que não tinha. O bandido sacou a arma e continuou a insistir dizendo que queria o dinheiro e a chave do cofre", relata a gerente. 

De acordo com o major Assis, na ação o jovem levou R$ 600 em dinheiro e alguns cheques. 


Matéria relacionada



Graciane Sousa (Especial para o Cidadeverde.com)
gracianesousa@cidadeverde.com
Com informações Diaadiapicos

Homem armado faz 2 reféns e assalta joalheria no Centro de Picos

Em uma tentativa ousada, um homem armado assaltou por volta das 10h da manhã desta quinta-feira (8), a Joalheria “Luisa Jóias”, localizada na Rua Francisco Frota, bairro Centro. O assaltante chegou ao local caminhando, entrou no estabelecimento e em porte de uma arma anunciou o assalto a duas vendedoras da loja.


As funcionárias informaram que o homem fez ameaças e depois trancou as duas no banheiro. Segundo o PM capitão Mário, o assaltante levou uma grande quantidade de cheques e dinheiro em espécie. Após o assalto, o homem saiu tranquilamente pela rua em plena luz do dia.

Câmeras do sistema interno de segurança da loja flagraram toda a ação do assaltante. A polícia foi acionada e após os policiais visualizarem as imagens, identificaram imediatamente o suspeito, que já seria bastante conhecido da polícia por outras ações delituosas.

“Deslocamos todas as viaturas da área em conjunto com o Ronda Cidadão e Força Tática e estamos fazendo a diligência para localizar e prender este elemento e recuperar os cheques e o dinheiro que ele levou”, informa o policial.

Capitão Mário acredita que o suspeito deve ser preso ainda nesta quinta-feira (8), uma vez que ele já foi identificado pela polícia.

Com informações de Riachãonet
cidades@cidadeverde.com

Governo garante água para irrigação em Picos

O governo vai garantir água para os moradores do povoado Torrões, no município de Picos, para que eles possam continuar produzindo banana e goiaba em áreas irrigadas que estão prejudicadas pela redução do nível do reservatório da barragem de Bocaina.


O governo do Estado e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) já firmaram parceira para o início das obras do sistema, que será alimentado por poços tubulares. O povoado é um grande produtor de doces do estado.

Os produtores de Torrões irrigam suas plantações com a água do rio Guaribas, liberada pela barragem de Bocaina, mas a seca afetou o reservatório, que hoje possui apenas 25% de sua capacidade. Com isso, a água está sendo usada preferencialmente para o abastecimento humano e animal.

O sistema de abastecimento d’água terá nove poços tubulares com profundidade de 120 metros e 4,5 quilômetros de rede de energia com subestações para as unidades de bombeamento. Terá também infraestrutura com armazenamento para 30 metros cúbicos em dois reservatórios, de 20 e 10 metros cúbicos respectivamente.

Para o governador Wilson Martins, incentivar a irrigação de pequenas propriedades tem sido uma das prioridades do governo. “Estamos garantindo aos trabalhadores do campo a oportunidade de produzir mais, de melhorar sua renda e de viver melhor”.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Posts anteriores