Cidadeverde.com

Diretor de TV tem casa arrombada e câmera furtada em Picos

A casa do jornalista Odorico Carvalho, diretor da TV Picos, afiliada da TV Antares, foi invadida por assaltantes na madrugada desta quarta-feira (28) no bairro canto da Várzea em Picos, município a 306 km de Teresina. Mesmo com cerca elétrica e câmeras de segurança os criminosos invadiram a casa por volta das 9h30m após arrebentar a fechadura da porta que dá acesso à cozinha.

Fotos: Manchete Piauí

Segundo o jornalista, foram revirados os quartos e levados objetos eletrônicos, entre eles, uma câmera fotográfica no valor de R$ 2 mil.

“As 9h a minha esposa foi me deixar na TV e quando retornou para casa encontrou a porta da cozinha aberta e os quartos revirados. Eu ainda não fiz o inventário dos objetos furtados, mas já identifiquei que a minha câmera fotográfica, no valor de R$ 2000,00 foi levada, além de outros objetos eletrônicos”, afirmou o jornalista em entrevista a um portal local.

A vítima acredita que a ação vinha sendo planejada há alguns dias, pois, por pelo menos duas vezes, a campainha da casa foi tocada e quando iam atender não havia ninguém no portão. “Essa ação já vinda sendo planejada por seus autores, a gente já tinha percebido nos últimos que a casa estava sendo vigiada, e por duas vezes ouvíamos a campainha, e ao sair para atender não havia gente esperando do lado de fora”, confirmou.

O diretor da TV Picos lamentou o ocorrido e afirmou que pagará recompensa por quem tiver informações sobre o paradeiro dos objetivos furtados. Essa foi a segunda vez que o jornalista teve objetos furtados de dentro da sua casa.

“Eu sei que quem levou esses objetivos não irá utilizados, mas vende-los, então eu peço a quem souber de alguma informação precisa sobre o paradeiro dos mesmos que entre em contado comigo, que será bem gratificado”, concluiu.

Rayldo Pereira
Com informações de Manchete Piauí
rayldopereira@cidadeverde.com

Homem é degolado em porta de motel no bairro Junco

Um homem identificado como Francisco Geovani de Oliveira, 37 anos, foi praticamente degolado na noite de ontem(24), em frente a um motel no bairro Junco, no município de Picos (a 306 km de Teresina). A vítima teria sido chamada pela namorada até o local, porque o ex-marido, Erinaldo Francisco da Costa, 30 anos, conhecido como Pilão, a estaria incomodando. 

“Evanilda Luiza de Jesus estava separada do Erinaldo e tendo um suposto caso com a vítima. Ela é funcionária do motel e ele foi lá para conversar com ela, armado de faca e ela não abriu a porta. A vítima apareceu e eles começaram uma discussão que culminou com a degola de Geovani”, explicou o tenente Ananias Alves, do 4ª Batalhão da Polícia Militar. 

Os policiais realizam diligências no sentido de encontrar o suspeito que fugiu em seguida. A motocicleta da vítima e a faca usada no crime que estavam próximo ao corpo foram encaminhadas para delegacia. 

De acordo com o agente de polícia, Amadeu Dantas, o fato aconteceu por volta das 23 horas e há a suspeita de que o suspeito tenha dominado a vítima para conseguir desferir a facada em seu pescoço.

 

Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Polícia estoura boca de fumo, prende casal e apreende adolescente em Picos

A Polícia Civil de Picos prendeu um casal e apreendeu um adolescente de 17 anos após estourar um ponto de venda de drogas no bairro Paroquial. O fato aconteceu na noite de quinta-feira (22) e foi confirmado pelo delegado Divanilson Sena de Oliveira.

Com o casal, a Polícia Civil apreendeu 11 papelotes de maconha, quatro telefones celulares, duas máquinas fotográficas, um tablet e R$ 255 em dinheiro vivo. O homem preso foi identificado como Bruno César Barros Damasceno; a mulher, Maria de Azevedo. O adolescente não teve a identidade revelada em respeito ao que determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

"O local já vinha sendo monitorado. Ontem, os investigadores estavam fazendo um levantamento na área e flagraram a mulher vendendo a droga e resolveram estourar a boca de fumo na casa desse casal. O adolescente estava na casa com uma quantia em dinheiro e foi autuado também", comentou Divanilson Sena de Oliveira.

Bruno e Maria foram presos e levados para a Delegacia de Picos. Os dois devem ser encaminhados para o sistema penitenciário em breve. "Ele disse que já tinha uma passagem por causa de umfurto há muito tempo. Ela disse que não tinha passagem alguma", relatou o delegado. "O adolescente assinou um termo de compromisso de comparecimento ao Ministério Público e foi liberado", complementou.

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com

Reunião entre MPT, MP e TCE discute situação do Hospital Justino Luz

Representantes do Ministério Público Estadual, Ministério Público do Trabalho e Tribunal de Contas do Estado estiveram reunidos para definir estratégias de atuação frente à proposta do Governo do Estado de passar a gestão do Hospital Justino Luz, em Picos, para uma Organização Social.

Segundo a Promotora de Picos Micheline Serejo, o próprio Estado do Piauí deu causa a todos os problemas que foram usados para justificar a passagem dos serviços para a OS. “O Hospital de Picos não tem a mínima condição de funcionar de forma adequada, uma vez que o hospital foi criado, emergencialmente, para atendimento durante a 2ª Guerra Mundial. É impossível haver melhora de serviços em um lugar impróprio e inservível para a execução destes.”, declarou.

A Promotora afirmou ainda que “há um Inquérito Civil instaurado para apurar falta de atendimento médico no hospital, apesar de haver 77 médicos na folha de pagamento do mesmo, e que existe uma infinidade de servidores públicos aprovados em concurso que está em vigor e, mesmo assim, a Administração contrata mão de obra terceirizada, em afronta à regra constitucional de concurso público.”

O Procurador do Trabalho em Teresina José Heraldo de Sousa informou que foi firmado um Termo de Conciliação Judicial que veda o Estado de promover terceirização de atividades finalísticas.

De acordo com os representantes dos Órgãos, foi observado ainda que, na minuta do contrato de gestão entre a OS e o Estado, não existem meios de fiscalização dos gastos com o gerenciamento do hospital, sobre como ficará o pagamento da folha dos servidores estatutários, como serão feitas as compras de medicamentos e aquisição de equipamentos hospitalares, além da falta de critérios de contratação de mão de obra hospitalar, dentre outros problemas.

Também participaram da reunião a Coordenadora do CACOP - Centro de Apoio Operacional de Combate à Corrupção Everângela Araújo Barros Parente, a Coordenadora do CAODS – Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde Karla Daniela Furtado Maia Carvalho, o Promotor da Fazenda Pública Fernando Santos, além do Procurador do Trabalho em Picos Carlos Henrique Pereira Leite e do Representante do MPC – Ministério Público de Contas João Luís Júnior e do Assessor Jurídico do TCE/PI José Américo.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Metalúrgico é morto a facadas por ex-presidiário durante seresta em Picos

Um metalúrgico de 40 anos foi assassinado a facadas em uma seresta na madrugada deste sábado (17) na cidade de Picos, localizada 305 quilômetros ao Sul da capital Teresina. A morte aconteceu durante uma seresta no bairro Morada Nova, e a vítima foi identificada como Márcio Greyck Andrade Ferreira.

De acordo com informações da Polícia Militar, Márcio Greyck foi morto após um desentendimento com um ex-presidiário identificado como Lion David do Nascimento, mais conhecido como "Nego Lion". 

Segundo informações preliminares, Nego Lion esfaqueou Márcio Greyck após uma discussão ocorrida no bar Centro do Espetinho, onde ocorria uma seresta. O suspeito continua foragido.

Esse foi o décimo homicídio registrado em Picos em 2015. A um mês e meio do 31 de dezembro, a quantidade de assassinatos registrado já se igualou ao número de verificado em todo o ano passado.

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com

Em Picos, sete veículos se envolvem em colisão na BR-316

Na noite desta quarta-feira, 14, um acidente de grandes proporções envolvendo sete veículos por pouco não se transformou em uma grande tragedia. O fato ocorreu  por volta das 21h20min, nas proximidades do Km 306, da BR-316, na altura do bairro Belo Norte.

Segundo informações do inspetor da Policia Rodoviária Federal, Jorge Madeira, inicialmente o acidente foi provocado por uma colisão traseira envolvendo três carros de passeio, um Fiat Palio, um Chevrolet Corsa Classic, e um Ford Ka. A Polícia acredita que a causa das colisões tenha sido o carro que seguia atrás dos demais não tenha conseguindo frear a tempo, ocasionando o acidente.

No entanto, a colisão ainda tomou proporções maiores. Após policiais da PRF chegarem ao local para fazer o controle e segurança do trânsito que já se encontrava  num pequeno congestionamento, um caminhão trator veio a colidir com o Fiat Palio que já estava envolvido na colisão inicial. Outros veículos que seguiam atrás também vieram a colidir lateralmente.  Apesar da gravidade, não houveram vítimas fatais.

A moradora do bairro Belo Norte Maria Valteres temerosa da grande quantidade de acidentes no local, pede que providências sejam tomadas. “Ali é acidente todo dia. Esta noite mesmo podia ter morrido muita gente, pois aquela carreta desgovernada levou aqueles carros tudo. Então a gente faz um apelo para que sejam colocadas sinalização no local”, disse a Maria Valteres.

O trecho onde ocorreu o acidente apresenta pouca luminosidade, e não há nenhuma sinalização eletrônica.

Com informações de Riachãonet
cidades@cidadeverde.com

Presidente do TJ derruba liminar e libera hospital de Picos para contratar OS

O desembargador Raimundo Eufrásio Alves Filho, presidente do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI, derrubou a liminar que solicitava a suspensão/interrupção do contrato de gestão entre o Estado e a Organização Social sem fins lucrativos (OS) Instituto de Gestão e Humanização para a administração do Hospital Regional Justino Luz, localizado em Picos.

A liminar havia sido expedida no dia 2 de outubro pela juíza da 1ª Vara da Comarca de Picos, Maria da Conceição Gonçalves Portela. A ação foi proposta pela promotora de Justiça, Micheline Ramalho Serejo Silva. A multa por descumprimento era de R$ 5 mil.

Na decisão, o desembargador argumenta que a liminar contrariava os interesses públicos e que o contrato de gestão, de nenhuma maneira, altera a natureza pública dos serviços do Hospital Justino Luz. Cita ainda que uma interrupção do contrato “poderá causar danos ao atendimento dos cidadãos que necessitam dos serviços médicos”.

O desembargador ressalta ainda que cabe ao Poder Executivo escolher os meios adequados para atingir os fins pretendidos, no caso, o atendimento de Saúde da população.

O caso ganhou repercussão na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). Um grupo de parlamentares da oposição foi a Picos participar de um protesto realizado por funcionários do hospital.

Segundo o governo, o novo modelo de gestão tem como objetivo ampliar o atendimento ao usuário, mantendo a prestação do serviço pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O secretário de Saúde, Francisco Costa, disse que a unidade atende atualmente 39% da meta esperada. A expectativa é que o novo formato possibilite, com o mesmo valor aplicado, um aumento considerável na oferta de atendimento.

O Hospital de Picos possui demanda de aproximadamente 500 mil habitantes, de 59 municípios circunvizinhos, tanto do Piauí como do Ceará e Pernambuco. O Justino Luz funciona 24 horas, com atendimento ambulatorial, urgência e emergência, internações, centros cirúrgicos, realização de exames, sendo referência de média e alta complexidade para aquela região.

Apesar do alto custo mensal, de cerca de R$ 3,4 milhões, o quadro situacional do hospital apresenta uma série de deficiências que limita a oferta de um serviço resolutivo e de qualidade, elevando as reclamações e as transferências para Teresina.

UTI
O secretário Francisco Costa falou ainda sobre as obras da Unidade de Terapia Intensiva de Picos que contará com dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), outros dez de UTI Neonatal e mais dez leitos de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI). “Esta obra deve ficar pronta até o final do ano. Nisso a OS também nos proporciona a vantagem de podermos adquirir equipamentos de forma mais rápida”,afirmou.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Morador de rua é encontrado morto na margem de rodovia estadual em Picos

O corpo de um homem de 53 anos foi encontrado na manhã desta segunda-feira (12) na margem da rodovia estadual PI-375, próximo à cidade de Picos, a 305 quilômetros de Teresina. Identificado como Francisco Rodrigues da Rocha, a vítima era moradora de rua e seus restos mortais já estavam em avançado estado de decomposição.

Francisco tinha 53 anos e era conhecido no Município Modelo como Neguinho. A família do morto reconheceu seu corpo. A Polícia Civil acredita que ele tenha morrido de causas naturais na noite do último sábado (10).

A família crê que Neguinho se sentiu mal quando se deslocava até a casa de uma irmã, que mora no Povoado Gameleira dos Galdinos, uma vez que o corpo foi encontrado próximo à rodovia estadual que liga Picos a Santana do Piauí.

Segundo moradores de Picos, Neguinho era alcoólatra e passava os dias na Praça Antenor Neiva, em frente ao Hospital Justino Luz.

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com

Mais de 70% adere à greve dos bancários e agências ficam fechadas

A greve dos bancários em todos o país se arrasta por quatro dias e a população tem enfrentado dificuldades para utilizar os caixas  eletrônicos e realizar transações bancárias como depósitos e saques. No município de Picos, 70% dos bancários aderiram à paralisação que segue por tempo indeterminado. Pelo menos cinco agências da cidade ficaram fechadas durante todo o dia. 

Nos últimos anos, os trabalhadores têm conquistado melhorias salariais por meio de mobilização. O piso da categoria é de R$ 1.796,45 e a categoria reivindica o reajuste de 16%. As negociações não têm avançado e até o momento a proposta de reposição apresentada pela Federação Nacional de Bancos é de apenas 5.5%. 

"O que existe por parte dos banqueiros é a intenção de desestabilizar mais ainda esse governo, que de certa forma, está perdido nessa situação", disse Fábio Neiva de Albuquerque, diretor regional do Sindicato dos Bancários.

Os bancários lutam também para coibir as metas abusivas impostas pelos bancos, assédio moral, portas giratórias com detectores de metais e mais segurança no interior das agências. 

Com o movimento grevista funcionam normalmente caixas eletrônicos, equipamentos na entrada das agências e transações bancárias como depósitos, saques de até mil reais. Estão suspensos pagamento nos caixas funcionais, compensação de cheque, financiamento e contratação de empréstimos, negociação de dívida e saques acima de mil reais. 

 

 

Com informações J. Pereira (correspondente da TV Cidade Verde)
redacao@cidadeverde.com

Alunas da Uespi são atropeladas próximo ao campus em Picos

Duas alunas do curso de Comunicação Social da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) foram atropeladas nesta quinta-feira (8) próximo ao campus de Picos, localizado na margem da BR-316.

Bruna Raquel Barros e Camila Aurinete de Moura Fé foram atropeladas quando tentavam atravessar a rodovia na altura do bairro Junco. "Um caminhão parou para que elas pudessem atravessar. Quando elas passaram pelo caminhão, uma moto atropelou as duas", relatou Daiane Rufino, professora das duas estudantes acidentadas.

Segundo Daiane, Bruna teve ferimentos leves, mas Camila foi encaminhada para um hospital para ser submetida a uma avaliação mais detalhada - ela teve um ferimento profundo, que necessitará de uma sutura, mas não precisará ser encaminhada para Teresina. "O SAMU socorreu as duas", contou a professora.

O acidente levantou a preocupação sobre a sinalização próximo ao campus da Uespi de Picos, que foi inaugurado em julho do ano passado, mas passou a receber aulas apenas em março.

"Após a inauguração, foi feita a sinalização vertical, indicando o limite de velocidade, por exemplo, mas quebra-molas e faixas não foram colocadas. Picos é um entroncamento rodoviário sem sinalização, sem faixa de pedestre e sem rotatória. Por isso os acidentes são tão comuns", argumentou Daiane.

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com

Posts anteriores