Cidadeverde.com

Colisão entre carro e caminhão deixa condutor gravemente ferido na BR-343

  • pir1.jpg Divulgação/PRF
  • pir3.jpg Divulgação/PRF
  • pir4.jpg Divulgação/PRF
  • pir5.jpg Divulgação/PRF

Uma colisão frontal com saída de pista deixou gravemente ferido o condutor do veículo Pálio, placas OVX-0428, de Teresina. O acidente aconteceu às 7h50 de hoje (17) na BR-343, em Piripiri, e o veículo colidiu com um caminhão de placas IRI-7169, do Ceará. 

A Polícia Rodoviária Federal do Piauí informou que o Pálio seguia no sentido Teresina-Piripiri quando invadiu a pista contrária. No local, a ultrapassagem para o condutor do Pálio era permitida. 

O veículo ficou completamente destruído e o condutor, que seguia sozinho, ficou gravemente ferido e preso às ferragens. Após ser resgatado, o homem foi encaminhado ao Hospital de Piripiri. O condutor do caminhão não sofreu ferimentos. 

 

Maria Romero 
redacao@cidadeverde.com

João Henrique critica governo Wellington Dias em caravana do PMDB em Piripiri

O vice-presidente regional do PMDB no Piauí e presidente nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi), ex-ministro João Henrique de Almeida Sousa fez duras críticas ao governador Wellington Dias neste domingo(15), no lançamento da caravana Piauí em Movimento, que aconteceu em Piripiri (a 160 km de Teresina. 

“Das 25 promessas de campanha registradas na Justiça Eleitoral em 2014, o governo Wellington Dias cumpriu apenas três”, afirmou. “Isso é uma demonstração inequívoca de que o governo que aí está não tem mais saídas para o Estado”, argumentou o ex-ministro.

João Henrique disse ainda que “o Piauí parou no tempo” e precisa de um novo modelo de gestão para voltar a crescer e atender às necessidades de sua população. “O Estado parou e precisa se reinventar. Esgotou-se o modelo de gestão que temos aí”, afirmou.

Para o ex-ministro, o Piauí vive um momento decisivo de sua história político-administrativa. “Estamos num momento decisivo de escolher o Estado que queremos no futuro. O Piauí precisa de forças políticas que implantem um novo modelo de gestão, focado na eficiência, na qualificação do servidor público e em políticas públicas que criem condições efetivas para o desenvolvimento”, disse. As declarações foram dadas na palestra inicial da caravana Piauí em Movimento, que vai percorrer todo o Estado em debates sobre o Piauí.

Caravana pelo Estado

A caravana Piauí em Movimento é realizada pela Fundação Ulysses Guimarães, órgão de formação política do PMDB, presidida por João Henrique, e pretende levantar dados sobre a situação de todo o Estado para propor soluções. 

“O objetivo é discutir o Piauí – seus problemas, suas riquezas e perspectivas. Queremos reunir todos os segmentos sociais e a classe política para fazer um diagnóstico do Piauí e ver o que podemos fazer para melhorar o Estado”, declarou ele. Além de Piripiri, as palestras serão realizadas em mais 13 cidades-polo e em Teresina, ao longo deste ano.

A palestra inaugural da caravana lotou o auditório Ozires Neves de Melo, na Praça de Eventos de Piripiri, com capacidade para 250 pessoas. Participaram empresários, lideranças políticas, professores, servidores públicos e representantes de entidades sindicais e do movimento popular. Estavam presentes o prefeito Luiz Menezes, o vice-prefeito Muriel Queiroz, o deputado federal Átila Lira (PSB) e o presidente nacional da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Henrique Pires.

A presidente da Câmara Municipal de Piripiri, Naila Barbosa, o vereador Chico Corinto, do PMDB, e o presidente do diretório municipal do partido, Edvar Canuto, também participaram.

No evento, o ex-ministro também pregou candidatura própria do PMDB em 2018. 

 
Da redação 
redacao@cidadeverde.com

Piripiri tem primeira mulher presidente da Câmara de Vereadores

Pela quinta vez,  o médico Luiz Menezes foi conduzido ao cargo de prefeito de Piripiri, a 157 km de Teresina. A solenidade ocorreu ontem (01), seguida de culto, missa e festa popular. 

Fotos: Reprodução/ Piripiri40graus

Também no domingo, ocorreu a eleição para a presidência da Câmara de Vereadores. Nayla Barbosa entra para a história política de Piripiri como a primeira mulher a presidir o legislativo municipal. Ela venceu por oito votos a sete.


Com informações Piripiri40graus
redacao@cidadeverde.com

1º Centro de Parto Normal do interior será entregue nesta quinta

O governador Wellington Dias inaugura nesta quinta, 29, em Piripiri, o primeiro Centro de Parto Normal (CPN) do interior. A unidade tem capacidade de 16 leitos comuns, em quatro enfermarias e mais quatro leitos PPP (pré-parto, parto e pós-parto). Wellington Dias também irá visitar as obras de construção de 10 leitos de Unidade de Cuidados Intermediários Comuns – UCINCO, do Hospital regional Chagas Rodrigues.

Com investimento total de R$ 764.976,04, o CPN do Hospital Regional Chagas Rodrigues dispõe de banheiras para realização de parto humanizado, contando ainda com bolas, cadeiras especiais e cavalinhos para relaxamento das gestantes. As mesmas são acompanhadas por fisioterapeutas, que realizam ainda ofurô nos bebês recém-nascidos.

De acordo com a direção do Hospital Chagas Rodrigues o centro de parto normal e a conclusão da reforma estrutural vai permitir maior demanda de atendimento ao público. Se antes eram 12 leitos para atender em média 200 partos ao mês, agora são vinte leitos para a maternidade, sendo quatro leitos para pré-parto, parto e pós-parto (PPP) e dezesseis para enfermaria coletiva.

Além da conclusão das obras, o Hospital Regional Chagas Rodrigues deverá, em breve, receber novos recursos. Foram autorizadas as concessões de investimentos de R$ 1.577.000,00, via Secretaria de Estado da Saúde e Ministério da Saúde, e mais R$ 412.000,00 de emenda parlamentar.

Fonte: Secom
cidades@cidadeverde.com

Governador entrega seis pontos de internet livre em Piripiri nesta quinta (29)

Uma das bandeiras do Governo do Piauí é a universalização do acesso à internet, incluindo digitalmente o piauiense e possibilitando que o cidadão tenha acesso a conteúdo, informação, programas, serviços e comunicação online. Com isso o projeto Piauí Conectado avança para o interior do estado, onde nesta quinta-feira (29), o governador Wellington Dias vai inaugurar seis pontos de internet gratuita em Piripiri, município localizado a 164 quilômetros de Teresina.

A população piripiriense contará com wifi livre na Praça da Bandeira, Praça Petecas, Praça Haroldo Resende (próxima ao Estádio Ytacoatiara) e Praça da Saudade. “Há ainda dois órgãos ligados ao governo que serão atendidos com novos links de internet, um é o Campus Geovanni Alves da Universidade Estadual do Piauí – UESPI e o 12º Batalhão de Polícia Militar”, informa Avelyno Medeiros, diretor-geral da Agência de Tecnologia da Informação (ATI).

A ATI é o órgão responsável pela execução e ampliação do Piauí Conectado no estado, cuidando também do monitoramento do sinal de internet. Teresina conta atualmente com 14 pontos de wifi livre. Luzilândia, Praia do Coqueiro, Barra Grande e Cocal dos Alves também já disponibilizam o serviço. Durante novembro o Núcleo de Operações e Controle – NOC, da Agência de Tecnologia, registrou 166.674 mil conexões realizadas com o Piauí Conectado.

Ao todo, Piripiri terá sete espaços com internet livre, além dos citados o Povoado Caldeirão também contará com o serviço. “O ponto de wifi na localidade está sendo instalado e em breve a população será atendida com link de internet de boa qualidade, seguro e capaz de suportar 200 pessoas conectadas simultaneamente”, avisa Medeiros.

Para usar a internet do governo, basta ao chegar em um dos pontos, procurar com o aparelho de celular, notebook, outros, a rede Piauí Conectado. Com isso será preciso fazer um cadastro informando nome, número do celular, cpf, e-mail e criar uma senha. Após isso o usuário receberá um e-mail de confirmação de cadastro e já pode usufruir do serviço. O cadastro só é necessário na primeira vez que o usuário for usar a rede, nas outras apenas a senha e o cpf serão suficientes para o uso.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

SEID inaugura ampliação do Centro de Reabilitação da Apae

Na manhã desta terça-feira (20), aconteceu a inauguração da ampliação do Centro de Reabilitação Dr. Emílio Victório Filho da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Piripiri.

A ampliação foi realizada com recursos do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado para inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid) e da Secretaria de Estado da Educação (Seduc); da emenda parlamentar do então deputado federal, Simplício Mário; da emenda parlamenta do deputado estadual Marden Menezes; de recursos da Receita Federal e do apoio da comunidade. A Apae de Piripiri atende e acompanha 810 pacientes em habilitação e reabilitação no desenvolvimento neuropsicomotor.

O presidente da Apae de Piripiri, Francisco Osmarino, fala que a partir do momento em que aproximamos as pessoas com deficiência dos seus direitos podemos diminuir as barreiras sociais. “Temos a missão de promover e articular ações de defesa dos direitos e prevenção, orientações, prestação de serviços, apoio à família, direcionados a melhoria de qualidade de vida da pessoa com deficiência intelectual e múltipla para uma construção de uma sociedade justa e igualitária”, frisa o presidente.

De acordo com o secretário da Seid, Mauro Eduardo, o compromisso do Governo do Estado é trabalhar, ainda mais, para a inclusão da pessoa com deficiência. “A ampliação desse Centro de Reabilitação vai beneficiar todas as pessoas dessa região. Agora, elas não vão precisar mais se deslocar para grandes centros em busca de tratamento. A descentralização desses serviços é umas das determinações do governador Wellington Dias. Isso é uma forma do governo estar mais próximo da população”, destaca o gestor. Ele ainda completa que está em andamento o processo para a construção de um Centro de Reabilitação tipo II (que atende a dois tipos de deficiência) em São João do Piauí.

Apae de Piripiri

A Associação desenvolve ações de saúde, educação e assistência social. Em 2006, foi credenciada junto ao Sistema Único de Saúde e realiza atendimentos e acompanhamentos em habilitação e reabilitação. A Apae é resultado da união de forças que se voltam para uma finalidade: a construção de espaço de inclusão efetiva para as pessoas com deficiência.

 

Da Redação
cidades@cidadeverde.com

Condutor inabilitado é preso ao tentar subornar policiais na BR-343

Vídeo de Ronaldo Mota

Um homem- que não teve a identidade revelada- foi preso em flagrante suspeito de tentar subornar policiais rodoviários federais durante abordagem na BR-343, em Piripiri. O momento foi registrado em vídeo por um motorista que passava pelo local. 

Equipes da PRF atendiam a uma ocorrência de acidente na rodovia quando o motorista passou com os faróis apagados e recebeu ordem para parar o veículo. 

Durante abordagem,  o condutor revelou que era inabilitado, ou seja, não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e havia havia ingerido bebida alcóolica. "Bebi um pouquinho", confirmou. 

Ele foi preso por tentativa de corrupção e encaminhado para o Complexo de Delegacias de Piripiri. 


Com informações Notícia da Manhã
redacao@cidadeverde.com

Homem é preso suspeito de estuprar duas mulheres em açude de Piripiri

Wenesjones Alankardênio Araújo foi preso na cidade de Piripiri (157 km de Teresina), suspeito de estuprar duas mulheres que saíam de uma festa na noite do último sábado (26). O delegado Hugo Alcântara ouviu as vítimas e o suspeito e disse que o rapaz demonstrou frieza. Ele está preso na penitenciária de Esperantina. 

Segundo relato das vítimas ao delegado, o homem as abordou quando elas deixavam uma festa. As duas seguiam em uma motocicleta por uma rua escura quando Wenesjones teria saído da mata, por trás de um outdoor, e abordado as vítimas com uma arma de fogo de fabricação caseira. 

"Inicialmente as moças achavam que era um assalto e ofereceram a moto e os celulares, mas ele disse que queria só uma carona. Ele subiu na moto e foi o tempo todo coagindo e ameaçando elas. Elas contaram que eles deram muitas voltas, até chegar em um açude, onde o estupro ocorreu", contou. 

O local foi o Açude Anajás. Segundo as jovens, Wenesjones ordenou que as duas tirassem as roupas e praticassem sexo oral nele. Além disso, tocou o corpo das vítimas. 

"Elas ficaram lá por um tempo considerável, segundo o relato, por cerca de 30 minutos. Todo o tempo ele estava obrigando as duas a praticarem sexo oral nele. E quando reli o depoimento delas a ele, a reação dele foi muito estranha, como de quem estava relembrando o que havia acontecido, demonstrando frieza", disse. 

Após os abusos, o homem fez com que as duas o conduzissem até sua residência. Lá, novamente foram vítimas de violência sexual. Ao fim do estupro, o suspeito pegou os celulares das jovens e fugiu. 

As vítimas registraram boletim de ocorrência e o homem foi preso após diversas investidas da polícia, porque ele tentou fugir do flagrante. Wenesjones foi preso em casa e a arma do crime foi apreendida. 

Ele negou os abusos inicialmente, relatando que teria apenas pedido uma carona. Ao fim, contudo, confessou ter pedido para que as moças tirassem as roupas. As vítimas informaram que o homem parecia estar sob efeito de drogas e ele confirmou ter feito uso de maconha. 

Wenesjones tem passagem pela polícia apenas por uso de entorpecentes. Ele foi autuado em flagrante por roubo e estupro e está preso na penitenciária de Esperantina. O delegado Jorge Terceiro, titular de Piripiri, está responsável pelo inquérito. 

 

Maria Romero
redacao@cidadeverde.com

Em vídeo, presos pedem para governo tapar buraco deixado por colega de cela

A fuga de um detento na madrugada de ontem (09) expôs a fragilidade da cadeia pública de Piripiri. Atualmente, o local abriga 10 presos divididos em três celas. O prédio tem cerca de 60 anos e as paredes construídas com tijolos de barro cru não oferecem segurança. 

O preso identificado apenas como Raul fugiu após cavar o buraco no banheiro da cela que dá acesso diretamente à rua João Damasceno, no centro da cidade. Ele havia sido capturado há poucos dias, suspeito de receptação de uma moto roubada. 

Na cela de onde Raul fugiu estão mais quatro presos que permanecem no local por vontade própria. Em um vídeo gravado é possível perceber que quem passa pela rua pode conversar facilmente com os presos.

"Nós estamos pagando pelo que fizemos e não fugimos porque queremos sair pela porta da frente mesmo. Estamos de boa aqui", disse um dos presos.

Nas imagens gravadas por um portal local, um dos próprios presos faz questão de pedir reparos no prédio. 

"Tem que tapar esse buraco aí, pois a pessoa passa na rua e vê todos nós tomando banho. Essa já é a segunda fuga", disse um dos presos. 

Fotos: Silvio Vieira/ Cliquepiripiri

O delegado regional de Piripiri, Jorge Terceiro, conta que já comunicou o problema as secretarias estaduais de Segurança e Justiça. 

"Anteriormente, já havíamos comunicado a situação e estamos aguardando a solução do caso. Também informamos a fuga ao juiz... Infelizmente não podemos fazer nada, pois o prédio é muito antigo. O que fizemos foi reforçar as grades. A população está apreensiva. A lei não permite, mas mesmo que quiséssemos deslocar um agente para custodiar os presos da cadeia, não tinha onde ele ficar", explica o delegado. 

Em 2013, o Complexo da Polícia Civil de Piripiri conta com Delegacia Regional, Delegacia da Mulher, cartório, Central de Flagrantes, equipamentos para investigação e sala para perícia criminal. O local não possui celas. 

A assessoria da Sejus informou que a estrutura da cadeia pública de Piripiri não é vinculado a secretaria de Justiça. O Cidadeverde.com aguarda a nota da secretaria de Segurança. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Professor é assassinado dentro de carro na porta de casa

O professor e blogueiro, Luciano Fernandes, foi alvejado na porta de casa na rua Quirino de Sousa Meneses, no bairro Recreio, quando saía para trabalhar, na manhã desta terça(25), por volta das 6h40.

Os disparos dados por dois homens que estavam em uma moto e fugiram após efetuar vários tiros, que atingiram principalmente o tórax do professor. 

Uma equipe médica do Samu ainda tentou reanimá-lo, mas ele já estava morto dentro do veículo. O delegado Ricardo Freitas, titular do 2º Distrito Policial de Piripiri investiga o caso. 

Luciano Fernandes assinava o blog “Olhos de Águia” e também usava seu perfil pessoal do Facebook para comentários que geravam polêmicas na cidade. 


Com Informações do Piripiri 40 graus
redacao@cidadeverde.com

Posts anteriores