Cidadeverde.com
Coluna Porteira - Francisco Magalhães

Vice-governadora Margareth Coelho no Senado

Essa notícia vai agradar à Vice-governadora eleita dos piauienses, Margareth Coelho (PP).

Atenção, meninas: a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado poderá votar na próxima semana um projeto que garante uma participação mínima de um terço de mulheres na composição da bancada parlamentar da Casa.

O projeto do senador Aníbal Diniz (PT-AC) prevê que em todas eleições para o Senado em que estiverem em jogo duas vagas, uma delas deverá ser preenchida, obrigatoriamente, por uma mulher.

O Senado tem uma forma peculiar de escolha dos seus representantes.

A cada quatro anos realiza eleições.

Este ano, disponibilizou uma vaga por Estado.

Daqui a quatro anos, oferecerá duas por unidade da Federação.

S a proposta for aprovada, pelo menos um terço desse total será ocupado, obrigatoriamente, por uma candidata.

Lembram que apenas em 1994 uma mulher conseguiu se eleger governadora pela primeira vez (Roseana Sarney, no Maranhão).

A presidente Dilma Rousseff também foi a primeira mulher a comandar o País, escolhida em 2010.