Cidadeverde.com

Equipe do Vaticano analisa garrafa de água achada com corpo de Dom Inocêncio

Foto: Cidadeverde.com

Equipe do Vaticano realiza exumação do corpo de Dom Inocêncio Lopez Santa Maria

Após a exumação do corpo de Dom Inocêncio Lopez Santa Maria, a equipe do Vaticano analisa agora uma garrafa encontrada com o corpo do pároco que chamou a atenção da equipe. De acordo com o frei Rogério Soares, provincial da Ordem Mercedária do Brasil, que trabalha na colheita de dados, o fato curioso é que a garrafa deveria guardar uma ata do sepultamento de Dom Inocêncio, porém dentro do recipiente só havia água.

"Nós sabíamos que junto com o corpo dele havia uma garrafa com a ata do sepultamento, porém nós encontramos ela cheia de água e sem o documento. Não temos noção do que aconteceu com esse papel, se foi extraviado, ou se decompôs. Não podemos dizer a princípio se é um milagre do santo mas ela será mantida no memorial como um objeto sacro porquê esteve enterrada junto com ele", explicou o frei.

Entre os objetos encontrados com o corpo do Servo de Deus, como são chamados os religiosos que passam pelo processo de beatificação, foram achados o anel usado por Dom Inocêncio e um solidéu, que fica sobre a cabeça dos bispos. "São quase 59 anos que ele está enterrado e os ossos estão extremamente bem conservados. O crânio, a arcada dentária e as sobrancelhas estão intactas.", acrescentou Frei Rogério.

A equipe agora iniciou a coleta de relatos sobre os possíveis milagres realizados por Dom Inocêncio na região. Há um registro que o primeiro milagre envolva um bebê e uma mãe prematura que conseguiram se salvar, porém um laudo médico será enviado para o vaticano que irá investigar detalhadamente.

"Para ser beatificado, um milagre é o suficiente e para canonizar são necessários três milagres. Já temos notícia de vários pequenos milagres. A população tem muita fé em Dom Inocêncio e ele foi enterrado como santo, por isso os padres da época decidiram enterrá-lo com o documento na garrafa", explicou.

O corpo de Dom Inocêncio será exibido publicamente durante uma missa no próximo dia 7 de fevereiro na Igreja Catedral de São Raimundo Nonato, e só após a exibição serão divulgadas suas imagens. Moradores da cidade chegaram a realizar uma vigília de orações e preces ao redor da imagem de Dom Inocêncio no dia em que foi realizada a exumação.

Após a celebração, os restos mortais serão depositados em uma urna, que está sendo confeccionada na cidade.

Foto: Cidadeverde.com

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com