Geral

Secretaria investiga fraude em notas para aprovação de alunos

Imprimir
Estudantes estariam ganhando notas falsas para serem aprovados na rede estadual de ensino. A denúncia é investigada pela Secretaria Estadual de Educação após ser acionada por um professor de Geografia da Unidade Escolar Solange Viana, no bairro Promorar.


O professor Benedito Sousa Barbosa se revoltou ao constatar que a direção estaria incluindo nota falsa no boletim de sua aluna. A estudante tem 15 anos e é do ensino médio.

Benedito conta ao Cidadeverde.com que a estudante conseguiu ao longo do ano 14 pontos na disciplina de Geografia e precisava de nota 10 para passar. Sem qualquer justificativa, a aluna que foi reprovada, conseguiu notas para aprovação. 

“Ela fez a prova final e tirou 1 ponto, nota insuficiente para seguir para o próximo semestre. A ficha foi adulterada e ela conseguiu 24 pontos, sendo aprovada”, conta o professor, que também é consultor jurídico. 

O professor ressalta ainda que a estudante faltava às aulas e que não tinha nem 50% da frequência na disciplina. Segundo Benedito Sousa a fraude no boletim de alunos está acontecendo em várias disciplinas na escola. 

Gravíssima

Para a diretora de gestão da Secretaria Estadual de Educação, Eudina Rocha, a denúncia é “gravíssima”. Ela informou que a Secretaria está apurando o caso e adotará todas as medidas.

“Se forem confirmadas as denúncias, a direção da escola (diretora e secretário) serão punidos com advertência até exoneração do cargo”, disse Eudina Rocha. 

Segundo ela, a aluna foi ouvida hoje na Gerência Regional, no bairro Dirceu. “Depois o advogado da Gerência irá expedir um parecer sobre o caso e as medidas punitivas”.

De acordo com Eudina Rocha, o Conselho de Classe, o professor, os pais e a direção da escola serão ouvidos durante o processo. 



Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com
Imprimir