Cidadeverde.com
Suzane Jales

A Roda da Vida

O coaching é um processo através do qual o coach (profissional que realiza o trabalho) estimula, apoia e ajuda o coachee (cliente) a alcançar seus objetivos e realizar seus sonhos. Mas, lembram da máxima: “Se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve”?

 

É muito difícil falarmos de sonhos, objetivos e metas se não temos uma noção da situação atual da nossa vida. Como decidir que direção escolher se não se sabe nem de onde partir?

 

No coaching nós trabalhamos com dois pontos bem definidos: o Estado Atual (EA), que é como o coachee encontra-se no momento presente, e o Estado Desejado (ED), que é aonde ele quer chegar. Conhecendo esses dois pontos, o coachee pode definir objetivos e traçar metas para conquistá-los.

 

Para nos auxiliar na análise do EA, existe uma ferramenta simples, mas fantástica, que permite medir o nosso grau de satisfação em relação a cada uma das várias áreas que compõem a nossa vida e, através dela, podemos identificar problemas, propor mudanças e elaborar metas e um plano de ação para encontrar soluções para problemas existentes: a Roda da Vida.

 

A Roda da Vida é um gráfico dividido em áreas gerais que englobam a vida de uma pessoa, seja pessoal, profissional, nos relacionamentos e na qualidade de vida.

 

Se você quiser fazer esse “retrato” de sua vida, copie e imprima a figura abaixo (para salvar a imagem no seu computador, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e selecione “Salvar imagem como…”). Vale a pena fazer! Talvez, como eu, você se surpreenda com o resultado final.



Depois de impressa a figura, analise cuidadosamente o seu grau de satisfação neste momento em relação a cada uma das fatias, onde o centro tem o “0″ (0%) e a extremidade “10″ (100%). Agora pinte a área que representa esse seu grau de satisfação em cada uma dessas fatias. Mas, atenção: você não vai pintar o que tem e sim o quão satisfeito(a) está em relação ao que tem.

 

Quando tiverem marcadas todas as áreas da Roda da Vida, você pode observar áreas carentes, bem como desequilíbrios como um todo. Dá pra ver facilmente o que você precisa mexer para que sua vida flua... e a roda gire livremente.

 

Questione-se: Qual área precisa de ajustes e atenção especial agora? Como esta área esta afetando as outras áreas? Qual delas pode ser uma alavanca que, se aumentada, ajude a potencializar outras áreas? Qual área gostaria de investir o seu tempo e esforço? 

 

Quando definir a área que quer trabalhar inicialmente, aprofunde-se na sua análise: O que existe nos 100% que não tem agora? O que precisa acontecer agora pra chegar nos 100%?

 

É com perguntas como essas, e outras que vão surgindo durante o processo, que o coaching trabalha.

 

É importante frisar que você não deve comparar a sua Roda da Vida com a de outra pessoa. O resultado do desenho final depende do nível de exigência e do ponto de referência de cada pessoa... e que muda de um para outra.

 

E, o mais importante: olhe sempre para a sua Roda da Vida focando em possibilidades. Veja no que falta preencher um espaço potencial de crescimento...!

 

Espero, sinceramente, que esse pequeno exercício – que lhe ajudou a ter uma visão geral da sua vida neste momento – possa ser o início de uma grande viagem em direção aos seus sonhos. E aí, quando você vai dar o primeiro passo?