Cidadeverde.com
Suzane Jales

Como enfrentar os confrontos do dia a dia

Antes de começar, preciso dizer que não sou praticante de Aikido, mas até ajudei a montar um grupo na minha cidade. É que sou apaixonada pela filosofia que permeia essa arte marcial japonesa, desenvolvida aproximadamente entre os anos de 1930 e 1960 por Morihei Ueshiba. O objetivo dele era criar uma arte em que os seus praticantes pudessem defender-se a si próprios a partir do ataque adversário. Até já escrevi sobre isso AQUI.

O aikido é, também, traduzido como “o caminho da unificação, da energia da vida” ou, ainda, “o caminho do espírito harmonioso”. Acho FAN-TÁS-TI-CO!

Um dos membros desse grupo da minha cidade,  enviou-nos um texto muito legal com dicas preciosas do Morihei Ueshiba, que servem como uma luva para nossa vida, afinal, quem nunca teve que enfrentar um confronto?

Em resumo, ele diz que, sabendo que quando você estiver em busca de um objetivo irá defrontar-se com forças opostas, precisa usar essa força a seu favor. Na verdade, aprenda a detectar e resolver os problemas, antes que eles se manifestem e é sempre bom buscar a harmonia e o entendimento, antes de qualquer coisa.

Se o problema já estiver formado, não focar nele: é preciso entendê-lo para saber como confrontá-lo. Você precisa, também, estar preparado para grandes provas a fim de resistir e aguentar firme no seu caminho.

Para isso, não gaste a sua energia desnecessariamente e aceite tudo aquilo que a vida lhe oferecer. Dependendo das circunstâncias, seja duro como um diamante, flexível como uma pena, generoso como a água ou vazio como o ar.

Aí estão, na íntegra, as dicas de Morihei Ueshiba sobre como enfrentar os confrontos do dia a dia:

1) Quem tem um objetivo na vida, fatalmente irá defrontar-se com uma força oposta. Para eliminar essa força, é preciso fazê-la trabalhar a seu favor.

2) Um verdadeiro guerreiro jamais sacrifica seus amigos para derrotar o adversário: ele tem que aprender a detectar e resolver os problemas, antes que eles se manifestem.

3) A melhor maneira de enfrentar-se com o adversário é convencê-lo da inutilidade de seus gestos. O guerreiro mostra que seu objetivo não é destruir nada, mas construir sua própria vida. Quem caminha em direção ao seu sonho busca a harmonia e o entendimento antes de qualquer coisa.

4) Não fique olhando o tempo todo os problemas que estão no seu caminho: eles terminarão por hipnotizá-lo, impedindo qualquer ação.

5) A força de um homem não está na coragem de atacar, mas na capacidade de resistir aos ataques. Desta maneira, prepare-se – através de meditação, exercícios, e uma profunda consciência de seus propósitos – para aguentar firme e continuar no caminho, mesmo que procurem afastá-lo de sua meta.

6) Esteja preparado para grandes provas, à medida que o sonho se torna realidade.

7) Não olhe sua vida com ressentimento, e esteja preparado para aceitar tudo aquilo que ela lhe oferece; cada dia traz em si a alegria e a fúria, dor e prazer, escuridão e luz, crescimento e decadência. Tudo isso faz parte do ciclo da natureza – portanto não tente reclamar ou lutar contra a vida. Aceite-a, e ela o aceitará.

8) Quando perceber que um adversário se aproxima, avance e lhe diga palavras delicadas. Se ele insistir na sua agressividade, não aceite a luta a não ser que ela vá lhe acrescentar algo; neste caso, utilize a força do oponente, e não gaste a sua energia.

9) Se a origem do seu problema é o fogo, não adianta contra-atacar com mais fogo, porque isso só irá aumentar o incêndio: neste caso, apenas a água será capaz de combater o mal.

10) Saiba o momento correto de usar cada uma das quatro qualidades que a natureza nos ensina. Dependendo das circunstâncias, seja duro como um diamante, flexível como uma pena, generoso como a água ou vazio como o ar.

Se gostou, deixe seu comentário e compartilhe com os amigos! 

Beijos mil e até o próximo!

Suzane Jales
sua coach
......................
P.S.: Se quiser saber mais sobre meu trabalho, ver vídeos e podcasts que produzo, confira aqui:
suzanejales.com.br