Cidadeverde.com
Suzane Jales

Será que ainda dá tempo?

Quando eu me preparei para escrever este artigo, fiz as contas: faltam menos de 50 dias para 2016 terminar.

O ano passou como um filme na minha cabeça…

Revi minha listinha de coisas que eu queria fazer, as decisões que tomei, o esforço e o investimento de tempo e dinheiro que fiz no intuito de melhorar a minha vida… Muita coisa legal eu consegui.

É, mas também lembrei do que eu tinha como meta e que não saiu do papel.

Aí pensei: o que eu ainda posso fazer de diferente para cumprir mais metas e sentir que este ano realmente valeu a pena?

Tá bom: o tempo está curto! Mas, nem tive dúvida: posso não fazer tudo, mas ainda dá para fazer alguma coisa. E eu vou aproveitar cada segundo!

Lembrei que uma amiga me falava sempre de uma frase do Eclesiastes, que diz “Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força; agir com sabedoria assegura o sucesso.”

Então, já montei uma estratégia para conseguir. A primeira foi definir uma prioridade. Afinal, não dá para conseguir tudo o que em um ano eu não consegui, né?

Acima de tudo, fui realista!

Depois disso, decidi dizer “não” às coisas que não são importantes. Nesse momento, não quero nada do que só consome meu tempo.

De resto, é foco total!

E você, topa se motivar para ver o que consegue fazer até os fogos do réveillon?

Beijos mil e até o próximo!

Suzane Jales
sua coach