Cidadeverde.com

Trânsito restabelecido

Nem ponte nem pontilhão, mas o rompimento de um dos lados de um bueiro duplo no Riacho do Veremos, na PI-110, em Batalha, interditou na última sexta-feira o tráfego entre o município e Barras. Na tarde ontem (16) dez carradas de pedra e muita mão de obra restabeleceram o trânsito, de acordo com o engenheiro da empresa responsável pela Obra, Edgar Carneiro (Viateck).

Ciranda do Bem

O Instituto Ciranda do Bem esteve no final de semana  no bairro São Joaquim. A ação de cidadania foi realizada na Escola Antonio Dilson Fernandes e reuniu a comunidade de toda a região,  desde as olarias até a Vila Apolônia. As voluntárias realizaram diversos serviços como atendimento médico, orientação sobre aspectos legais, corte de cabelo, vacinação, atividades educativas para as crianças; além de higiene bucal e distribuição de mudas. A ação, coordenada pela executiva Cláudia Claudino, visa oferecer  serviços básicos para as comunidades carentes de Teresina. 

Deputados no cerrado

Os deputados Antonio Félix (PPS) e Ana Paula (PMDB) percorreram quase 2.000 km e conferiram de perto como funcionam os empreendimentos desenvolvidos e em andamento na região sul do Piauí. Os deputados preparam um minucioso relatório sobre a situação de posse da terra na região. A meta é elaborar um Projeto de Lei para legalização fundiária nos cerrados piauienses. Missão quase impossível.

Tucanos não querem Mão Santa no partido

Primeiro motivo: se o prefeito Silvio Mendes for o candidato do PSDB, precisará dos cargos majoritários para conquistar alianças com outros partidos. Segundo: Sem disputar o governo com candidato próprio, o PSDB terá outros nomes, de tradição no ninho tucano, para indicar em candidatura de senador ou vice. O ideal para  Mão Santa é buscar outra legenda de oposição no Estado.

Aliados já foram informados

O deputado estadual João Mádison Nogueira já foi informado pessoalmente: O senador Mão Santa vai mesmo deixar o PMDB. A decisão agora está sendo repassada aos aliados mais próximos. João Mádison conversou com Mão Santa no final de semana.

Escritório de Mão Santa é arrombado

Em Teresina, o escritório político do senador Mão Santa  amanheceu o dia arrombado. Edvar Santos, advogado e assessor jurídico do senador, disse que os arrombadores fizeram uma devassa , mas não levaram documentos, nem equipamentos do escritório, localizado na avenida Nossa Senhora de Fátima, zona leste da capital.

Mão Santa pode criar novo partido

Se não houver janela aberta para o senador Mão Santa mudar de partido, a saída poderá ser a criação de uma nova legenda. Os entendimentos já começaram e envolvem 14 deputados federais em situação política semelhante à do senador piauiense. Mão Santa passou o final de semana em Teresina.

No PMDB, nem pensar

Mão Santa descarta qualquer possibilidade de candidatura pelo PMDB nas eleições do próximo ano. O senador não confia, não tem segurança e nenhuma garantia de apoio do partido. A mudança será uma questão de oportunidade.

Nazária no prejuízo

O prefeito Ubaldo Nogueira afirma que o município continua no prejuízo causado pela prefeitura de Teresina. A prefeitura  não está recebendo os 4,65% da arrecadação estadual do ICMS. O prefeito de Nazária garante que o repasse é direito adquirido nos três primeiros anos do novo município.  "Mas a prefeitura da capital está se apropriando indevidamente dos recursos", disse Ubaldo. A pendência está no Tribunal de Justiça, sob a responsabilidade do desembargador Francisco Paes Landim. Com a prefeitura de Teresina não há mais diálogo, segundo Ubaldo Nogueira. De janeiro a maio, o prejuízo acumulado é de R$ 5,4 milhões.

Terra arrasada

Ubaldo Nogueira afirma ainda que a arrecadação mensal de ICMS  não chega a R$ 15 mil. E a prefeitura do novo município permanece recebendo com atrasos os repasses para saúde e educação. Nazária não tem sequer sede para a prefeitura e os prejuízos causados pelo rigoroso período chuvoso deixaram os 10% do território que pertencia a Teresina como terra arrasada.

Posts anteriores