Cidadeverde.com

Partidos discrimimam gays

Levantamento feito pelo Grupo Guaribas de Livre Orientação Sexual de Picos- GGLOS durante suas reuniões,   seminários e congressos  constatou que são os partidos políticos os responsáveis pela discriminação do segmento  LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais e transexuais).

Pela ordem

Os partidos mais sensíveis e que apóiam a causa LGBT no Piauí estão  na seguinte ordem: 1º PT, 2ª PMDB ,3º PPS , 4º PSDB, 5º PV, 6º PSB, 7º PTB. Outros partidos não foram  discutidos pelo movimento na região de Picos.
 

A candidatura Silvio Mendes

No final de semana o prefeito da capital participou de encontro do PSDB no município de Coivaras, perto de Altos. Foi um evento essencialmente político. Pelas manifestações de Silvio Mendes, a decisão de candidatura a governador em 2010 não  depende do mandato na prefeitura de Teresina. Na prática, o tucano deixa claro que não deixará o cavalo passar selado em frente ao Palácio da Cidade. Se as condições políticas forem favoráveis, Silvio Mendes estará pronto para a cavalgada.

Semelhança

Segundo o presidente do PTB piauiense, as pesquisas iniciadas pelo partido guardam mais semelhanças do que diferenças em relação às já anunciadas por diferentes institutos. Para o senador João Vicente Claudino, as sondagens feitas pelo PTB para a eleição de governador têm  amostragens mais amplas e são também qualitativas, portanto, bem mais precisas. As pesquisas são para análise  interna do PTB e começaram na segunda quinzena de março.

Nova missão

O senador João Vicente Claudino (PTB-PI) afirmou que as secretarias da Casa ganharam atribuições administrativas por determinação do presidente José Sarney (PMDB-AM). A segunda secretaria, por exemplo, ganhou a missão de fiscalizar o uso de passagens aéreas. Até o momento os píauienses integrantes da Mesa do Senado estão convivendo mais com "abacaxis" do que com agendas positivas.

Parceria

O secretário de Educação, Antônio José Medeiros, deu inicio a uma cooperação técnica com a prefeitura de União. Pelo acordo, o governo do Estado fará um diagnóstico completo da realidade do município no setor educacional. A parceria servirá de base para ações da prefeitura na melhoria do ensino básico no município. O secretário Antônio José Medeiros e o prefeito José Barros são amigos e correligionários, bons ingredientes para uma parceria de sucesso.

O patrono da imprensa

Eurípides de Aguiar by Amaral.

A Associação Piauiense de Imprensa - API, o Sindicato dos Escritores no Estado do Piauí - SEPI e a Associação dos Estagiários de Direito no Estado do Piauí - ASEDIPI, com o apoio do Sindicato dos Jornalistas no Piauí - SINDJORPI, promoverão no dia 7 de abril próximo, a partir das horas, no auditório Wilson de Andrade Brandão, da Academia Piauiense de Letras, Eurípides de Aguiar: o Patrono da Imprensa Piauiense, sob responsabilidade do jornalista e escritor Kenard Kruel.

Funcerrados contesta novo mapa

Fábio Carvalho
O presidente da Funcerrados, Antônio Neto, contesta o mapa da Mata Atlântica no Piauí. Para a ONG que atua na defesa do meio ambiente, o mapa está errado e não serve ao desenvolvimento do Piauí. Antônio Neto afirmou que a Funcerrados considera exagero a extensão de Mata Atlântica no Estado e tudo não passa de barreiras à atração de investimentos voltados para geração de emprego e renda.  O desabafo de Antônio foi durante o passeio de barcos no rio Parnaíba, organizado pela OAB e várias instituições governamentais e não-governamentais. Na foto, o presidente da Funcerrados ao lado da diretora da OAB para a defesa do meio ambiente.

Funáguas defende novo mapa

A entidade dirigida pelo ambientalista Judson Barros é favorável ao novo mapa das áreas de Mata Atlântica no Piauí. Segundo o IBGE, cerca de 50 municípios abrigam bioma protegido por lei federal. Em alguns municípios, praticamente toda a extensão territorial é de Mata Atlântica. A Funáguas entrou com ação na Justiça Federal pedindo o fechamento de todas as carvoarias localizadas na região sob influência do bioma.

Sai dinheiro para demarcar Nascentes

O secretário do Meio Ambiente, Dalton Macambira, confirmou a liberação dos recursos necessários à demarcação do Parque Nacional das Nascentes. A Codevasf repassará cerca de R$ 3 milhões. Com a demarcação, a área ficará protegida contra a pecuária praticada na região e desmatamentos ainda muito comuns nas nascentes do Velho Monge. Os recursos são parte do projeto de revitalização da bacia hidrográfica do Rio Parnaíba, sob a responsabilidade da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba).

Posts anteriores