Cidadeverde.com

Fisioterapeutas poderão prescrever exames complementares

A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) enviou ofício a todos os hospitais regionais e estaduais públicos reconhecendo a competência dos profissionais fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais para solicitar e interpretar exames complementares. A decisão foi encaminhada após acórdão do Tribunal Regional da 5ª Região, que entendeu a possibilidade de o profissional da Fisioterapia solicitar exames de forma a embasar o Diagnóstico Cinesiológico Funcional, em virtude de apelação encaminhada pelo Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Piauí (Crefito 14). Portanto, a partir de então, todos os hospitais públicos do Estado deverão cumprir a determinação e acatar as eventuais requisições dos fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais.

Conheça os benefícios da Mobilização Neural

A dica de hoje é do fisioterapeuta carioca, Bruno Eustáquio. Ele explica os benefícios da Mobilização Neural: "É uma técnica de Terapia Manual que tem como objetivo avaliar e tratar as alterações relacionadas aos nervos. Exemplo, dor no nervo ciático, dormência, formigamento, choque, diminuição da sensibilidade, perda de força muscular, que são comumente relacionadas às hérnias de disco, protrusão do disco vertebral, mas essas queixas podem ser provocadas por outros tecidos, como por exemplo, um músculo mais tenso, um osso mais proeminente, uma aderência, uma tensão excessiva do próprio nervo, entre outras.

Com a utilização da Mobilização Neural, o paciente terá os seguintes benefícios: melhora da dor, melhora da dormência, melhora do formigamento, melhora da força muscular, melhora da sensibilidade e como consequência, uma melhor qualidade de vida".

EUA aprovam 1º tratamento exclusivo para prevenção da enxaqueca

Os Estados Unidos aprovaram a primeira terapia de prevenção exclusiva para a enxaqueca. Trata-se de uma injeção mensal, que pode ser combinada com outros tratamentos existentes. O medicamento tem o nome comercial de Aimovig -- e é produzido pela Amgen, empresa americana com sede na Califórnia. De acordo com o FDA, a injeção pode ser administrada pelo próprio paciente -- sem a necessidade da presença em um serviço de sáude. Antes da aprovação, a eficácia da droga foi analisada em três ensaios clínicos, com resultados mais promissores para os que sofrem de enxaqueca crônica. A enxaqueca afeta 10% de todas as pessoas do mundo, informa o FDA (Food And Drug Administration), órgão similar à Anvisa nos Estados Unidos. A condição também é três vezes mais comum em mulheres que em homens. O tratamento ainda não tem previsão para chegar no Brasil.

Fonte: G1

Edição: Marcelo Fontenele

Confirmados 28 casos de H1N1 no Piauí, com 2 mortes

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) confirma 28 casos de influenza H1N1, sendo que dois evoluíram para óbito. Os dados foram apresentados nesta terça-feira (15), pela Diretoria de Vigilância e Atenção à Saúde. 

Os casos de Influenza H1N1 estão inseridos no perfil epidemiológico da síndrome respiratória aguda grave (Srag), que totalizaram134 casos notificados, sendo:
 -28 casos confirmados com Influenza H1N1
 - 3 por adenovírus;
 - 18 por metapneumovírus;
 - 2 por metapneumovírus + parainfluenza 1;
 - 1 por metapneumovírus + parainfluenza 3;
 - 3 por parainfluenza 1;
 - 37não especificada;
 - 34 em investigação.


128 notificações de Srag são de pacientes residentes no Piauí e seis provenientes do Maranhão. A maioria é do sexo feminino (56%) e 44% masculino. Mais de 20% dos casos notificados são de pacientes com idade acima 50 anos de idade e 23,9% entre criança menores de seis meses até 5 anos de idade.  


Dos 134 casos de Srag, foram notificados 12 óbitos: sendo seis por causa não especificada; dois por metapneumovírus; dois para H1N1 e dois ainda estão em investigação. A Secretaria de Estado da Saúde já disponibilizou de 20.500 unidades de Tamiflu para rede pública estadual e municipal para a assistência aos pacientes da síndrome respiratória aguda grave.

Posts anteriores