Cidadeverde.com

Entenda o que é a dor neuropática

Estudos apontam que sete em cada cem pessoas têm dor com características neuropáticas. A dor neuropática é um tipo de dor que costuma ter um grande impacto na vida de quem sofre com elas. Em comparação com outros tipos de dor, costuma ser mais intensa e estar associada a incapacidade, e uma considerável diminuição na qualidade de vida. O problema surge como consequência direta de uma lesão ou doença que afete o sistema somatossensorial. Os sintomas mais comuns são dor em choque ou em queimação, formigamento e sensações alteradas. Os principais exemplos de condições de dor neuropática são: radiculopatia lombar (mais conhecida como "ciática"), neuralgia pós herpética (dor pós herpes zoster), neuropatia diabética e neuropatia causada por HIV. Há também a dor neuropática pós-cirúrgica, que ocorre quando algum nervo é lesionado durante uma cirurgia.

O tratamento farmacológico mais indicado para a dor neuropática envolve medicamentos anticonvulsivantes, como gabapentina ou pregabalina, e antidepressivos, como amitriptilina e duloxetina. Outros recursos importantes a serem considerados para o tratamento são os procedimentos minimamente invasivos, como Radiofrequência ou bloqueios anestésicos. Exercícios físicos orientados e psicoterapia podem ser importantes recursos auxiliares no tratamento dessas condições.