Cidadeverde.com

Listas servem pra quê mesmo, ô BBC?

O protagonista viciado em ranking: Filme que popularizou o lance das 'listas'. Cartaz: Divulgação

Como as inevitáveis ‘listas’ podem ser inesperadas, inoportunas e apressadinhas.

Aparecem sem pedidos ou requisitos, imaginam que as oportunidades se encerram no, até então, inigualável brilhantismo (limitado) que as produz, e exasperadas, não esperam a passagem mínima de 50 anos para estabelecer algo realmente concreto.

E a maioria não são nada científicas. Científico não num sentido chato, mas simplesmente pra fazer algum sentido para os viciados em listas ou satisfazer a audiência em busca de uma simples informação que vai ajudá-los a se divertir ou conhecer algo novo.

Existem listas que sequer explicam suas existências. Foto: Acervo

São chatas, mas continuamos a usá-las, e como disse, por todos os seus predicados são inevitáveis. Algumas são boas, não nego.

A mais recente, vinda de uma boa, reputada e famosa instituição de comunicação – a British Broadcasting Corporation (BBC) – elegeu os 100 melhores seriados do século (ainda que estejamos no começo de sua segunda década!).

Estabelecem a pergunta “quais são as melhores séries de TV do século 21?” e depois vem a com a desculpinha de que listas não são “definitivas”. Tá bom...

Não há publicação que resista a um bom motivo para uma lista. Foto: Acervo

Pra não ser injusto, a lista proporcionada pela BBC, vem de um departamento dedicado às artes, isso induz um certo nível de responsabilidade.

Mas ainda que seja uma boa lista, acho inexata por ser criada na mocidade do século.

As recentes ‘Foundation’, ‘Y: The Last Man’ e ‘Invasion’ estão aí pra provar isso e borrar qualquer escolha apressada. Não estão na lista e seriam sérias concorrentes. E olha que ainda nem estreou ‘House of the Dragon’ derivado de GOT, ‘Lord of the Rings’ da Amazon e ‘The Sandman’, clássico de Neil Gaiman para Netflix.

Baseada num clássico de isaac Asimov, 'Fundação' se apresenta como umas das grandes séries atuais e está fora da lista. Cartaz: Divulgação

Pincei alguns casos da lista da BBC que realmente são indiscutíveis e merecem muitas listas:

House (2004-2012)

Breaking Bad (2008-2013)

Utopia (2013-2014)

Inside No 9 (2014-)

Fargo (2014-)

Better Call Saul (2015-2022)

Big Little Lies (2017-2019)

Chernobyl (2019)

Mare of Easttown (2021)

Até os bravos se entorpecem com listas. Recentemente vi a singular crítica de cinema Isabela Boscov, a quem tenho imensa gratidão por muito que aprendi, insinuando que no lançamento de ‘Succession’, ninguém falava da série como ela merecia. Minha vontade foi de dizer pra ela que se falassem tanto quanto estava desejando, ela poderia correr o risco crescente de perder o próprio emprego.

Por fim, a maior série de todos os tempos. Eu digo! Cartaz: Divulgação

Listas são importantes, mas algumas se estabelecem como muita falta do que fazer. (Abaixo um trailer de uma série que vai estrear em breve... Ainda no século 21)

No caso dessa lista da BBC sobre seriados, pra mim se demonstra o último episódio de uma história que sequer começou. (HD)