Cidadeverde.com

1000 Coisas Pra Fazer - 'Você vem sempre aqui?' disse o moço que quer te dar dicas

 

“Ataque dos Cães” (Netflix) Classificação: 16 anos

Adaptação de um romance escrito por Thomas Savage em 1967 e que depois de cinco tentativas consegue ganhar uma adaptação de cinema por Jane Campion do magistral “O Piano”.

Pode ser considerado um faroeste, mas aviso que nada convencional (nem tem revólveres) e chega até parecer um novelão, mas tem muita coisa abaixo da superfície.

Segredos e disputas: Irmãos que não poderiam ser mais diferentes. Foto: Divulgação

Irmãos inseparáveis e bem diferentes irão ter suas vidas alteradas pela chegada de uma mãe e seu filho no rancho de propriedade deles. Um faroeste desconstruído como disse, um texto aparentemente simples, mas sutilmente complexo. Além dos segredos envolvidos.

“A Roda do Tempo” (Amazon Prime) Classificação: 16 anos

Recentemente lançada da Amazon Prime, essa série vai agradar em cheio os saudosos (e ansiosos) das aventuras dos povos da Terra Média. Porém, estão chamando de o novo Game of Thrones e nada mais que apartado de análise séria do que essa afirmação.

Vai e até pode lembrar pelo ingrediente de fantasia, mas daí a considerar isso é puro oportunismo.

Mais uma adaptação literária bem sucedida. Deu uma 'sugada' em Tolkien, mas tudo bem. Imagem: International Network

Magia, demônios, criaturas e guerreiros especiais. O cancioneiro bebe (rouba), adapta e emula a saga dos anéis de Tolkien. É ótima diversão e segura rapidinho o espectador. Bons efeitos, boas batalhas e com um nível de violência gráfica que vai agradar quem sentiu falta de um pouco mais disso nas adaptações de Tolkien para o cinema. (E faltou mesmo!)

Nada de preciosismos e ficar fazendo comparações. Faça como eu... Só curta.

“A Mais Pura Verdade” (Netflix) Classificação: 14 anos

Algumas horas de máxima agonia vivida por um humorista muito bem sucedido, consequência de más escolhas que vão se acumulando. Num preciso dizer que toda sua vida e conquistas entram em risco.

Kevin Hard (o humorista) e Wesley Snipes estão muito bem como os irmãos diretamente ligados à toda confusão e trama que vai se embaralhando cada vez mais.

Um baú cheio de confusão e vidas em sérios apuros e final surpreendente. Foto: Divulgação

Muita agonia, mentiras que constroem mais mentiras e reviravoltas. Uma produção surpreendente.

“Profecia do Inferno” (Netflix) Classificação: 18 anos

Entidades começam a aparecer na terra em busca de pecadores e numa perseguição implacável, incineram seus corpos e levam sua alma para o inferno. Assim começa Profecia do Inferno.

Mais uma produção sul-coreana com garantia de qualidade e de alto impacto.

Uma canção diz "se correr o bicho pega, se ficar o bicho come". A outra canção diz "não adianta se esconder". Imagem: Divulgação

No seriado, o fenômeno dessas aparições tem dia e hora marcados, pois os pecadores recebem uma mensagem de uma espécie de plano fantasmagórico fazendo o anúncio.

Prato cheio... Não... Mesa farta para aparição de uma seita de fanáticos que assume o comando da manipulação e controle da população.

Outra dica de seriado que analisa e denuncia o fundamentalismo e os falsos profetas. Cartaz: Divulgação

Farsas, incoerências, charlatanismo, devoção e manipulação (além de baldes de ignorância) bem comuns aos falsos profetas e ao fundamentalismo religioso. E claro, uma boa história com um gancho para segunda temporada simplesmente genial!

E sim... Já assisti todos. (HD)