Cidadeverde.com
Bicharada

Florais auxiliam no tratamento de animais com depressão e ansiedade

Foto: Divulgação

Engana-se quem acredita que os animais de estimação não percebem os sentimentos dos donos e, muitas vezes, até os absorvem. Por conviverem em ambientes urbanos e muito próximos as pessoas, os pets também desenvolvem doenças que são conhecidas entre os humanos, tais como: depressão, ansiedade, hiperatividade e estresse.

Para combater isso, os florais estão sendo cada vez mais receitados por profissionais e vem ganhando novos adeptos como uma opção para ajudar a manter o equilíbrio emocional e energético dos animais. 

“O tratamento pode ser indicado tanto isolado como associado a outros medicamentos e não possui nenhuma restrição. Ele pode ser aplicado em cães, gatos, equinos e animais silvestres que podem apresentar mudanças já nas primeiras doses”, afirma Renata Piazera, farmacêutica de uma farmácia de manipulação veterinária. 

Os florais são soluções extraídas a partir da essência de flores e plantas, diluídos, potencializadas e conservadas. O tratamento é reconhecido em mais de 50 países e aprovados pela OMS (Organização Mundial de Saúde), desde 1956.  

Existem diversos tipos de terapia e a mais utilizada são os de Bach, que apresentam cerca de 38 essências.

A Mimulus, por exemplo, é indicada para animais nervosos e com medo de coisas conhecidas, dando mais coragem ao bichinho. Já a Cherry Plum, é voltada para pets de comportamento compulsivo, e a Rescue, voltada para situações de emergência de estresse ou trauma.

Outra novidade em produtos naturais são os repelentes e inseticidas. Produzidos a partir do Óleo de Neem e Óleo de Citronela oferecem menores riscos de intoxicação e efeitos adversos que os industrializados.

 “Trabalhamos com veículo tópico adesivo que forma uma película na pele do animal. Por serem fitoterápicos apresentam baixo índice de desenvolvimento a reações de hipersensibilidade e pode ser usado da mesma maneira e frequência que o industrializado”, finaliza  Renata Piazera.