Cidadeverde.com
Bicharada

Polícia apura morte de cães durante ação da PM em Teresina

Por Graciane Sousa
[email protected]

Imagem mostra um dos cães mortos (Foto: Instagram Apipa)

Atualizada às 13h15

A morte de dois cães durante incursão do Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) no bairro Matinha, na zona Norte de Teresina, repercute nas redes sociais e tem gerado revolta. Um vídeo gravado por um morador mostra um dos animais se contorcendo logo após ser baleado nessa terça-feira (05). O autor do vídeo diz que os tiros teriam sido efetuados pelos PMs. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA). 

"Solicitei que nossa equipe averigue a procedência dos fatos. Agora vamos atrás de testemunhas idôneas para identificar a autoria", explica a delegada Edenilza Viana, titular da DPMA.

Pelas redes sociais,  internautas lamentam a morte dos animais e pedem Justiça.

Por meio de nota, a diretoria de Comunicação Social da Polícia Militar do Piauí informou que os cães não foram alvejados por PMs, mas por um bandido. A nota diz ainda que o caso ocorreu durante a prisão de um suspeito com colete balístico da PM do Piauí.

A DPMA apura o crime. O autor das mortes dos cães responderá de acordo com a Lei de Crimes Ambientais. 

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente tomou conhecimento, através das redes sociais, de um possível crime de zoocídio contra dois animais da espécie. Nesse momento, a equipe de investigação está em campo para apurar a veracidade dos fatos e identificar a autoria do crime. Os animais encontram-se, sob a responsabilidade do Centro de Zoonose, aguardando a realização da perícia para saber a possível causa da morte.