Cidadeverde.com
Bicharada

Tutores fazem campanha nas redes sociais após morte de cadela em Teresina

  • crime5.jpg
  • crime4.jpg
  • crime3.jpg
  • crime2.jpg
  • crime1.jpg
  • crime.jpg

Por Graciane Sousa
[email protected]

A morte da cadelinha Luna, possivelmente em envenenamento criminoso em Teresina, motivou a campanha nas redes sociais #envenenaranimaisécrime. No Instagram, tutores de várias estados brasileiros postaram fotos dos seus pets com cartazes e a hastag contra a crueldade com os animais.

A suspeita de envenenar Lua está sendo investigada pela Delegacia de Proteção Ao Meio Ambiente (DPMA) e uma autópsia será realizada no animal para confirmar a causa da morte. Além dela, outra cadelinha batizada de Lora Jane também teria ingerido veneno e está hospitalizada. 

Os animais estavam sob os cuidados da protetora independente Thanandra Stefani que busca Justiça pela morte das cadelas. Ela conta que a campanha #envenenaranimaisécrime começou com um amigo. 

"Um amigo fez um cartaz e a foto com a cachorrinha dele que já é idosa. Aí todo mundo viu o post e também foi fazendo. Tem cachorinhos do Maranhão, Brasília, Rio de Janeiro e também de Teresina", conta a protetora.