Cidadeverde.com
Bicharada

Bombeiros fazem campanha para cirurgia de cão baleado em Teresina

Pitoco de abrigou em um dos quartéis do Corpo de Bombeiros em Teresina (Foto: divulgação: Corpo de Bombeiros do Piauí)

A história de um cãozinho baleado mobilizou o Corpo de Bombeiros do Piauí que faz campanha para a cirurgia do vira-lata que recebeu o nome de Pitoco. O animal foi alvo de um tiro no último dia 05 e ficou com os ossos de uma das patas fraturadas. Agora, ele precisa de uma cirurgia que custa em média R$ 4.500 para voltar a andar. 

Os bombeiros se sensibilizaram com a história porque Pitoco, logo após ser baleado, foi buscar abrigo no Quartel do Corpo de Bombeiros de Salvamento, próximo ao Centro Administrativo, em Teresina. 

"Os bombeiros lotados naquela unidade o receberam como parte integrante da família e passaram a cuidar dele com muito zelo. Fizemos uma campanha de arrecadação entre nós bombeiros militares, mas só conseguimos arrecadar R$ 1.800", informou a major Najra Nunes, Relações Pública do Corpo de Bombeiros no Piauí. 

Raio-x mostra a situação da pata de Pitoco (Foto: divulgação: Corpo de Bombeiros do Piauí)

O animal está internado em uma clínica particular. Após campanha, os militares conseguiram o sangue necessário para a cirurgia que está agendada para esta quarta-feira (13). Doações podem ser feitas por transferência bancária ao bombeiro que está acompanhando Pitoco. 

Um dos bombeiros está responsável pela campanha (Foto: divulgação: Corpo de Bombeiros do Piauí)