Cidadeverde.com

Ativistas protestam contra eutanásia em animais abandonados

Fotos: Reprodução/ Facebook

Um protesto contra a eutanásia em animais foi realizado em frente ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), na manhã desta segunda-feira (18), em Teresina. Vestidos de preto e com camisas com a palavra LUTO, membros Federação de Defesa Animal do Piauí se manifestaram contra a morte de cães e gatos que, de acordo com  Roseli Klein, presidente da federação, em alguns casos são sacrificados apenas para controle populacional ou porque são abandonados com alguma enfermidade que tem cura. 

"A eutanásia em animais deve seguir um protocolo do Ministério da Saúde. É permitido quando os animais têm calazar ou quando estão sofrendo com alguma patologia irreversível. Porém, muitas vezes esse procedimento acontece sem necessidade. Por exemplo, quando o cão o gato envelhece e acabam adoecendo com mais frequência, e por isso são abandonados. Que tipo de educação as pessoas que fazem isso estão dando para seus filhos? Quer dizer que depois que a pessoa envelhece, fica imprestável? Procuramos fazer sempre este elo com humanos, comparando com a crueldade a qual são submetidos os animais. Hoje a gente veio vestido de preto em respeito aos animais, demonstrando luto por milhares de vidas que são eutanasiadas", disse a médica veterinária. 

A veterinária acredita que a redução do número de mortes por eutanásia passa também por conscientização da população. Durante a visita técnica, representantes da federação também observaram as instalações do Centro de Zoonoses, que passou por reforma no ano passado. 

"Percebemos que mudaram o chão, azulejaram as paredes, as fêmeas ficam separadas dos machos e tem um canil só para a adoção e as pessoas têm ido ao local adotar os bichinhos. Precisamos de mais melhorias e a prefeitura precisa investir mais. Outro ponto que melhorou, foi a sala para eutanásia, que antes era aberta e agora é fechada e climatizada. Além do que, os animais que vão ser sacrificados não ficam na frente dos demais. Foi um diálogo tranquilo e de bom senso com a diretora do Centro de Zoonozes", reitera Klein. 

A presidente da federação ressalta que a situação irá melhorar, significativamente, com um novo Centro de Controle de Zoonoses, que deverá ser construído na Santa Maria da Codipi, também na Zona Norte de Teresina. 

"O CCZ está preparado para atendimento clínico, ou seja, a pessoa pode levar um animal enfermo e doente, mas se ele precisar de cirurgia, tem que ser transferido, pois lá não tem estrutura. Nossa expectativa é que esse novo Centro seja melhor estruturado", reitera. 

A Federação de Defesa Animal do Piauí reúne ONgs de todo o Estado que lutam em defesa dos direitos dos animais. Além de representantes da Apipa, Guardiões dos Direitos Animais, Anjos dos Animais Abandonados e professores, a mobilização contou com a presença da vereadora Teresa Britto. 

 

bicharada@cidadeverde.com