Cidadeverde.com

Piauí registrou movimentação de mais de 700 mil animais no ano passado

O transporte de bovinos, ovinos, caprinos e suínos dentro do nosso Estado segue uma série de exigências. Entre estas, a Guia de Trânsito Animal (GTA), documento OBRIGATÓRIO, emitido pela Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adapi), através do Sistema Informatizado da Integração da Agropecuária (Siapec). No Piauí, somente no ano passado, foi registrado o trânsito de mais de 700 mil animais e emitidos quase 67.486 mil guias, sendo que 54% eram relacionadas ao transporte de bois e vacas. 

A GTA é um documento oficial e federal, de emissão obrigatória tanto para o trânsito intraestadual como interestadual de animais independente da finalidade, seja para abate, engorda, reprodução, leilão, esporte e exposição. Para cada espécie de animal existe um modelo específico de guia, que contém informações a respeito da origem do animal, tais como o código do estabelecimento e da exploração pecuária, nome do produtor rural, nome do município e o destino para o qual o anima está sendo transportado.

A guia permite aos serviços de defesa agropecuária acompanharem a movimentação de animais, evitando assim a introdução de doenças que possam pôr em risco a população ou causar prejuízos aos produtores.

O gerente de defesa sanitária animal da Adapi, Idílio Moura, explica que para adquirir a guia, o produtor e a propriedade devem estar adimplentes com todas as obrigações sanitárias, principalmente, em relação as vacinas de aftosa e brucelose dos animais, entre outros requisitos. Para retirar a GTA, os proprietários devem procurar o escritório da Adapi em seu município.

Quem for flagrado transportando ou comercializando animais sem a GTA pode ser multado e ter a carga apreendida. 


bicharada@cidaverde.com