Cidadeverde.com

Rio 2016 dá abrigo e busca novo lar para gatos de rua

Os gatos de rua do Rio de Janeiro só têm a ganhar com a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos na cidade. O Rio 2016 firmou uma parceria com a ONG Proteção Animal Mundial para dar abrigo aos bichanos antes e durante o grande evento, que começa no dia 5 de agosto.

"Estamos orgulhosos de trabalhar com o Comitê Rio 2016 para garantir que os animais do Rio estejam seguros", disse Rosangela Ribeiro, diretora do programa veterinário da entidade.

A parceria inclui o treinamento de membros da equipe operacional do Rio 2016, para que saibam lidar com os animais, bem como a criação de um gatil para abrigo temporário, com comida e cuidados veterinários apropriados. A iniciativa ainda prevê a busca de novos lares para os gatos de rua.

Um dos focos do projeto é uma colônia de cerca de 60 animais que se reproduziam livremente. Eles agora são castrados, tratados, vacinados e testados para FeLV (Vírus da Leucemia Felina) e FIV (Vírus da Imunodeficiência Felina), antes de serem encaminhados para a adoção.  

Natalia Kingsbury, moradora do Rio de Janeiro e há 20 anos voluntária no cuidado com gatos, festejou a iniciativa. "Estamos muito animados com o apoio do Rio 2016. É um sonho realizado ver a Proteção Animal Mundial resgatando os gatos".

A proteção de animais afetados pelos Jogos tem sido parte integral do planejamento do Comitê Rio 2016. A intenção é garantir que qualquer animal de rua, doméstico ou selvagem dentro ou nas imediações das instalações Olímpicas seja cuidado, de acordo com a legislação brasileira.

A iniciativa em parceria com a Proteção Animal Mundial vai além, garantindo um legado de cuidado à população de gatos da cidade. 

 

Fonte: Rio 2016