Cidadeverde.com

Cadela é espancada ao tentar proteger filhotes; Apipa pede ajuda

Por Maria Romero
bicharada@cidadeverde.com

A cadelinha Paquita e seus nove filhotes foram resgatados na saída Sul de Teresina, próximo à Casa de Custódia de Teresina, no último sábado (17). A cadela foi agredida ao proteger seus filhotes. A Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais (Apipa) foi responsável pelo resgate e precisa de ajuda para o tratamento de Paquita, que está bastante debilitada. Mesmo fraca, ela não abandonou os filhotes, o que comoveu os protetores. 


Fotos: divulgação/APIPA

Isabel Moura, que integra a entidade, disse que as pessoas podem ajudar com doações em dinheiro ou com leite Support Milk Dog, próprio para cães recém nascidos. Os filhotes estão magros e desidratados, mas em breve poderão ser adotados. 

"Quando chegamos ao local, encontramos ela sem andar direito, não sabemos ainda se é pela fraqueza ou pelas pancadas que ela recebeu na cabeça. Os filhotes estavam com muita fome e desidratados, porque mesmo tentanto alimentá-los, ela não tem mais leite. Estamos tratando deles, que já foram vermifugados, estão sendo alimentados e quando completarem 45 dias podem ser adotados", explicou. 

A Apipa ainda está apurando a forma como as agressões ocorreram. Segundo Isabel, uma moradora da região foi quem acionou a Associação e comunicou sobre Paquita. A entidade foi informada de que um usuário de drogas foi o responsável pelas graves agressões. 

"Isso é relativamente comum. Eles ficam com o animal ali, alguns criam, mas quando é uma cadela que aparece com filhotes eles ficam com raiva, acabam agredindo. Pelo jeito os filhotes são bem recém nascidos, isso não deve ter muito tempo. Talvez essa pessoa tenha ficado com raiva e feito isso. Ela está muito machucada", disse. 

Isabel contou que Paquita está internada e com enormes edemas na cabeça e próximo à boca. Os médicos informaram que lesões na cabeça dos cães são difíceis de ser tratadas devido à falta de estrutura adequada para grandes procedimentos em Teresina. A entidade ainda teme que Paquita são sobreviva. 

"Ainda não sabemos a extensão das lesões, as possíveis sequelas. Vamos continuar tratando dela e dos filhotes e torcendo pelo melhor, torcendo para que ela e os cachorrinhos tenham sorte. Os filhotes estão na Apipa e a Paquita está internada", declarou Isabel. 

Como ajudar

As pessoas que quiserem ajudar Paquita e sua pequena família podem levar o leite Support Milk Dog ou doações em dinheiro à Apipa - Rua Trinta e Oito, 1041 - Loteamento Vila Uruguai - Bairro Uruguai, próximo à Uninovafapi - ou realizar doações por meio das contas bancárias abaixo. Mais informações sobre como ajudar pelo telefone (86) 9 9996-0668

"Nós conseguimos comprar ração, o leite e medicamentos com menor preço, por sermos uma Associação, mas se a pessoa preferir comprar e deixar, agradecemos muito também", explicou Isabel. 

As contas bancárias da Apipa são: 

BANCO SANTANDER
Agência: 4326
Conta Corrente: 13000087-4

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Agência: 0855
Operação: 013
Conta Poupança: 83090-0

BANCO DO BRASIL
Agência: 3507-6
Conta Corrente: 57615-8

 

bicharada@cidadeverde.com