Cidadeverde.com

Família distribui panfletos e oferece recompensa por cão desaparecido

Há seis dias, o cãozinho Jerry, sumiu após desaparecer de casa. Preocupados, os donos do pinscher oferecem recompensa para quem encontrá-lo. O professor Rafael Antunes explica que a angústia da família é ainda maior porque Jerry é idoso e não enxerga, nem ouve bem.

"Ele tem 16 anos e está com a gente desde pequenininho. Acreditamos que alguém possa estar com ele. Nossa preocupação é maior, pois ele já é idoso e temos um cuidado especial com a alimentação e até mesmo na hora de dormir", disse o professor. 

Jerry desapareceu após sair de casa na última sexta-feira (11), no bairro Mocambinho I, zona Norte de Teresina. Câmeras de segurança ainda registraram o animal nas imediações do local onde morava. Cerca de 15 minutos depois, os tutores andaram por todo o bairro para tentar encontrá-lo, mas não tiveram sinal do bichinho. 

"Minha avó de 80 anos abriu o portão e ele a seguiu. Ela entrou e depois de 15 minutos percebemos o que tinha acontecido. Andamos por todas as ruas e nada. Já distribuímos panfletos em 700 casas. Todos os dias estamos indo atrás dele. Acreditamos que alguém o pegou. É um desespero. Não temos passado bem esses dias. Minha mãe chora muito. Não quero perder a esperança, mas cada minuto fica mais difícil. O Jerry vai fazer 16 anos no fim do ano. Quando ele nasceu, eu tinha 14 anos e hoje tenho 30 anos. A maior parte da minha vida, ele estava presente. Está sendo muito difícil e doloroso. Minha avó também está sofrendo muito", lamenta Renato Antunes, irmão de Rafael.