Cidadeverde.com

Dia municipal da Tartaruga Marinha alerta para preservação no Piauí

Os municípios de Parnaíba e Luís Correia celebram hoje o “Dia Municipal da Tartaruga Marinha”.  Milhares de tartarugas já nasceram no litoral piauiense, que é um dos principais locais para formação de ninhos da espécie. 

A bióloga Welanne Magalhães, membro do Instituto Tartarugas do Delta, existe “uma lei que reconhece a tartaruga marinha como patrimônio municipal”.

“A tartaruga marinha é uma das espécies ameaçada de extinção que utiliza o litoral piauiense para confeccionar seus ninhos. Anualmente, o Instituto libera mais de 7 mil filhotes de tartarugas marinhas no mar. Os animais que sobreviverem, devem retornar daqui a 25 anos para continuar o seu ciclo de vida”. 

Foto: Instituto Tartarugas do Delta


Magalhães esclarece que “os filhotes que nasceram aqui vão retornar para mesma área para se reproduzir”. 

Um dos desafios relatados pela bióloga é o “pensar em ações de sustentabilidade para garantir a manutenção das praias de desova, e evitar as perturbações ambientais”, pois os “principais fatores que comprometem a sobrevivência das tartarugas marinhas são os veículos na praia, ocupação desorganizada da orla, pesca predatória (arrasto de pesca) e descarte inadequado do lixo”. 

Como proposta de boas práticas de sustentabilidade sociocultural, o Instituto Tartarugas do Delta realizada nesta segunda mais uma limpeza na praia do Arrombado. Outra ação comemorativa será uma roda de conversa com crianças da Escola João Silva Filho, na Praia Pedra do Sal, com apresentação de teatro e do “Boi Mirim Novo Guerreiro”.


Foto: Raimundo Junior
 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com