Cidadeverde.com
Bicharada

Papagaio famoso pela frase "mamãe, polícia" é levado a zoo e está "tímido"

Foto: Letícia Santos/ Cidadeverde.com

O Parque Estadual Zoobotânico está sendo o lar temporário do papagaio que ganhou fama internacional ao avisar a "mãe" sobre uma abordagem policial. Ele ficou famoso com a frase: "Mamãe, polícia!". Mas desde que chegou ao zoo, a ave tem ficado calada e parece tímida.

"Ele foi colocado com outras aves, ainda tá ainda um pouquinho tímido. É um animal saudável, se alimenta bem, mas ainda não interagir bem com outras aves e nem fala nada, ou melhor, não repete nada ", disse o veterinário Alexandre Clark, do centro de triagem de animais silvestres do zoológico.

Apesar de não ter dito mais uma só palavra, avaliação clínica dos veterinários do zoológico, revelou que a ave está bem de saúde. Ele chegou ao parque há cerca de uma semana e está em uma área isolada. 

"O papagaio foi avaliado pelos veterinários e está bem de saúde, se alimentando direitinho, está recebendo todos os cuidados, só não quis falar. Ele está em um corredor de voo com cerca de 20 aves que também eram criadas ilegamente e estão se readaptando para serem soltas na natureza", disse Francisco Martins Rodrigues, gerente do zoológico.

A alimentação do papagaio é a base de salada de frutas. No momento, ele ainda não consegue voar porque teve as asas cortadas. 

Foto: Letícia Santos/ Cidadeverde.com

"Ele tem um pequeno corte nas asas e, por enquanto, não consegue voar. Demora um pouco, mas asas crescem. Ele também estava com as unhas pintadas, mas era uma tinta muito fraca e saiu com água", completa o veterinário.

A ave deve ficar no parque pelo menos três meses, tempo em que será estimulada a voar para, em seguida, ser solta na natureza.  O animal permanece em uma área não acessível aos visitantes do zoo. 

Além de risos, o caso da "ave falante" tem gerado muitos questionamentos, inclusive sobre a capacidade do animal em avisar a "mãe" sobre a chegada dos policiais. O momento exato da fala do papagaio não foi registrado, mas PMs que atenderam a ocorrência confirmam que a ave avisou a "mãe". 

Foto: Letícia Santos/ Cidadeverde.com

Sobre o silêncio do papagaio no zoológico, Alexandre Clark diz que é normal. 

"Geralmente, um papagaio repete sons que são ditos a ele constantemente, isso diariamente. Geralmente no local onde vive, com pessoas que já vivem com ele. Tirando ele desse local, dificilmente, volta a repetir as palavras. Acredito que não foi treinado para reconhecer a polícia, foi treinado o tempo todo ouvindo sempre essas duas palavras e acho que falaria isso para qualquer pessoa estranha que entrasse na casa, pois não saberia diferenciar. Já tiveram vários policiais aqui no zoológico e ele nunca falou nada", acrescenta o veterinário. 

O ornitólogo Anderson Guzzi  explica que é perfeitamente possível o papagaio ter "pronunciado a frase" e reforça que seria uma mera repetição. O especialista ressalta que este tipo de ave é extremamente inteligente, capaz de fazer determinadas associações após treinamento. 

Foto: Letícia Santos/ Cidadeverde.com

"É preciso esclarecer que não se trata de inteligência no sentido real, pois uma ave não tem capacidade de formar frase, pois é algo especificamente da espécie humana, algo complexo. Só parar para pensar quanto tempo uma criança passa para aprender a falar? De toda forma, esse tipo de ave tem memória e acho que foi isso o que aconteceu. Ele foi condicionado para falar aquilo, seja porque alguém mostrou uma foto, o celular ou a televisão para que dissesse "mamãe, polícia!" em um determinada situação", explica o ornitólogo que também é biólogo, doutor em Zoologia e professor da Universidade Federal do Piauí (Ufpi) em Parnaíba. 

Para o ornitólogo, a repercussão do caso também foi curiosa e despertou risos. 

"É uma situação muito engraçada porque foi noticiado que um papagaio foi preso porque avisou a polícia. Como especilista fica claro que o papagaio foi condicionado para dar aquela resposta. Acredito que no momento que o policial bateu na porta, se identificou como policial, o papagaio deu a resposta porque já havia sido treinado para agir daquele jeito, naquelas circunstâncias. Mas reforço, um papagaio não tem capacidade para interpretar e avisar", esclarece Anderson Guzzi.

Foto: Letícia Santos/ Cidadeverde.com

Em cativeiro, um papagaio pode viver até 50 anos. Vale ressaltar que ter animais silvestres em casa é crime ambiental previsto na lei 9.605. Além disso, o veterinário Alexandre Clark chama a atenção para o fato da ave, um papagaio verdadeiro, está em processo de extinção.

"Você criar um papagaio em casa por 50 anos, você está tirando, automaticamente, 50 papagaios da natureza, pois é uma reprodução por ano. Ter uma ave dessa em casa é um prejuízo muito grande para o meu ambiente", conclui Alexandre Clark.