Cidadeverde.com

"Passo à Frente" entrega equipamentos em Picos nesta sexta (27)

O Projeto Passo à Frente entrega, nesta sexta-feira (27), um total de 1.351 equipamentos a moradores de Picos e mais 11 cidades da região. O atendimento itinerante é executado por meio da parceria entre a Associação Reabilitar, o Ministério da Saúde e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi).

Os equipamentos são fabricados sob medida na Oficina Ortopédica que funciona dentro do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) e entregues em cidades polos para facilitar o acesso da população ao serviço. Em Picos, a entrega será a partir das 8h, na Escola Estadual Petrônio Portella (Premen), bairro Canto da Várzea.

Também serão beneficiados moradores dos municípios de Alegrete, Bocaina, Dom Expedito Lopes, Geminiano, Inhuma, Ipiranga, Itainópolis, Paquetá, Santana, Santa Cruz do Piauí e Sussuapara.

Na ocasião, serão entregues andadores, muletas, cadeiras de roda, cadeiras de banho, coletes, órteses, próteses, coletes putti, bengalas e calçados ortopédicos, totalizando 1.351 equipamentos.

O Programa Passo à Frente percorre todo o Piauí, possibilitando o acesso gratuito a órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção (OPMs), além de confecção, adaptação, ajustes e pequenos consertos desses equipamentos. Desde 2011, mais de 22 mil itens foram entregues à população piauiense por meio do projeto.

“Temos trabalhado para tornar o fluxo de processos mais rápido e aumentar o número de atendimentos do Programa Passo à Frente, conforme o pedido do Governo do Estado, porque sabemos o quanto esses equipamentos são importantes para facilitar a vida de quem precisa”, ressalta o superintendente executivo da Associação Reabilitar, Aderson Luz.

A solicitação dos itens é realizada por meio da Secretaria da Saúde do município contemplado com o atendimento itinerante. Os processos gerados são enviados para Teresina, onde os produtos são confeccionados ou distribuídos pela Oficina Ortopédica do Ceir.

“Essa parceria do Estado com o Ceir e o Ministério da Saúde está trazendo muitos resultados para quem mais necessita”, disse o secretário da Saúde, Antonio Luiz.

Da Redação