Cidadeverde.com

Congresso: educação empreendedora é essencial a economia, diz Lacerda

A educação empreendedora é um vetor essencial no desenvolvimento econômico e social do Piauí, defende o diretor do SEBRAE-PI, Mário Lacerda, ao explanar sobre o Congresso das Cidades em entrevista ao Jornal do Piauí, nesta quarta (01).  O evento acontecerá nos dias 06, 07 e 08 de maio deste ano e está com inscrições abertas no site. Clique Aqui.

"Se nós prepararmos a nossa população, o nosso jovem, ainda nos ensinos fundamental e médio, com metodologia e informações de empreendedorismo (gestão financeira, mercado, como gerir o seu dinheiro e ética) nós vamos ter empreendedores e funcionários de empresa muito mais capacitados para o mercado e para empreender", comenta Lacerda. O Sebra-PI estará com uma programação exclusiva no Congresso das Cidades.

Foto: Letícia Santos/Cidadeverde.com

Prefeito Empreendedor

Promovido pelo Sebrae-PI, o "Prefeito Empreendedor" é um "programa de reconhecimento aos prefeitos e  administradores regionais que implementaram projetos com resultados comprovados com foco no desenvolvimento dos pequenos negócios do município". 

Esse programa estará presente na programação do Congresso das Cidades. Haverá a premiação dos prefeitos empreendedores. Até o momento, o Sebrae-PI conta com 31 finalistas. Desses, serão escolhidos oito projetos vencedores no estado do Piauí para concorrer nacionalmente. 

Clique aqui para ver toda a programação.

Lacerda explicou que esses projetos finalistas são "iniciativas de relevância que prestigiam o desenvolvimento social e econômico pela via do pequeno negócio, que é coração, a saúde, o indutor do movimento econômico do município e, por consequência, do desenvolvimento social".

Sobre o Congresso das Cidades, o diretor também reforçou que a organização do evento está na reta final; a programação está fechada e a estrutura está nos últimos detalhes para receber os participantes. Para ele, a perspectiva é positiva, principalmente porque envolve parceiros importantes, como o Governo do Estado e o Tribunal de Contas do Piauí. 


Carlienne Carpaso
[email protected]