Cidadeverde.com

Grupo mostra dança de "hoje" e tem mais de 20 milhões de views nas redes sociais

Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde.com

A dança de "hoje" foi representada por dançarimos do grupo Xtreme formado por amigos que se uniram para levar momentos de interação e entretenimento a festas. A iniciativa de unir um DJ com dançarinos vem dando tão certo que os vídeos deles no Instagram ultrapassa a marca de 20 milhões de visualizações. 

"Nos conhecemos há algum tempo, mas o grupo mesmo existe há três meses e veio como uma forma de unificar forças. Está sendo uma experiência muito gostosa. A gente dança de tudo: forró, axé, funk , hip hop. Mais que dançar, a gente procura promover um momento de interação e entretenimento, puxar as pessoas para dançarem, seja no palco ou ali no meio da gente. Tentamos fazer algo mais divertido e interativo", disse o Rafael Lopes. 

O especial da TV Cidade Verde mostrou a 'Teresina Ontem e Hoje' em homenagem aos 167 anos da Capital. Durante o programa também foram dançados ritmos que faziam a cabeça de diferentes gerações com o 'balanço' e a lambada. 

Para Rafael Lopes- que também compartilha o amor pela arte com uma tatuagem na perna-  é uma honra fazer parte da dança de 'hoje'.

"Estamos tão admirados com o que está acontecendo, ver como era as coisas antigamente. Hoje temos a noção da dimensão do nosso trabalho, mesmo com pouco tempo. Está sendo bastante honroso ser lembrado como a dança da Teresina de hoje", reitera Lopes.

Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde.com

Guilherme Melo diz que na 'dança atual' o preconceito por ser um grupo de dançarinos  já não é algo tão presente e que tem observado também a participação de homens entrando no ritmo. 

O DJ Herbert Leite reitera que,  com a música e dança, o grupo tem conseguido mostrar que a arte também é um trabalho digno. 

O trabalho dos dançarinos pode ser acompanhado no Instagram @grupoxtreme.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com