Cidadeverde.com

Acusado de matar professora e ferir a ex é condenado a 31 anos de prisão

Foto: Campo Maior em Foco


O réu Francisco de Assis Vasconcelos Campos foi condenado a 31 anos, dois meses e 10 dias de prisão pelo assassinato da professora Adriana Tavares do Vale e pela tentativa de homicídio contra a sua ex-companheira Maria das Dores Campos. O Tribunal do Júri aconteceu na quarta-feira (09) na comarca de Campo Maior, cidade em que ocorreu o crime no dia 22 de outubro de 2014.

De acordo com a sentença, assinada pelo Juiz de Direito da 1ª Vara da Comarca de Campo Maior, Múccio Miguel Meira, quanto ao crime consumado contra Adriana Tavares, o réu foi condenado a pena “definitivamente firmada em 18 anos e 09 meses de reclusão”. 

Quanto ao crime tentado contra a ex-companheira, Francisco de Assis ficou determinado “a pena firmada em 12 anos, 05 meses e 10 dias de reclusão”.

No dia do crime, “o acusado, de moto e usando capacete, interceptou as vítimas enquanto essas se deslocavam de motocicleta, dando chutes no veículo, forçando-as a parar inermes, mostrando, mesmo antes da execução dos golpes, comportamento periculoso”, diz a sentença.

A sentença ressalta que contra Adriana o réu praticou reiterados golpes de pedra. Já contra a ex Maria das Dores foram reiterados golpes de tesoura. 

O “regime inicial de cumprimento da pena para o condenado será o fechado, pela quantidade da pena aplicada”. Além disso, da impossibilidade de apelar em liberdade, “o acusado deve permanecer preso”. 

“Da análise dos fatos, afere-se que ele, em virtude do término de um relacionamento, além de ter tentado matar a sua ex-companheira, ainda matou uma pessoa que nem mesmo ele conhecia; e todo esse contexto de forma cruel”.

A sentença reforça que, “após tal situação, o acusado passou mais de quase 4 anos foragido, se furtando da aplicação da lei penal, sendo encontrado em outro estado da federação. Deve a prisão permanecer para garantir a ordem pública, assim como para assegurar a aplicação da lei pena”. 

Carlienne Carpaso
[email protected]