Cidadeverde.com

Firmino diz que não existe fórmula única para carnaval e cobrará prestação de contas

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, participou da concentração do Capote da Madrugada na tarde deste sábado (6) e reforçou as mudanças que estão acontecendo no formato da festa pela população na capital. E que frisou ainda que a Prefeitura cobrará a prestação de contas das escolas de samba. 

De acordo com o chefe do executivo, Carnaval em Teresina é uma tradição e que envolve desfile de escolas de samba e blocos de rua. “Temos tradição de escola de samba desde as décadas de 60 e 70. Carnaval não é uma formula única, chapada. A população é quem faz a festa. Carnaval é criado e recriado pela população. Veja o Capote, um carnaval diferente que faz sucesso”, frisa Firmino. 

O gestor destacou ainda que a prefeitura tem incentivado os blocos de rua e que acredita nessa força popular. A gestão municipal investiu em torno de R$ 600 mil no carnaval deste ano e, para ele, a cobrança dos valores gastos pelas escolas com os desfiles é imprescindível. “É uma obrigação essa prestação de contas e vamos cobrar”, frisa. 

No primeiro dia de festa, Firmino já avalia a folia positivamente diante dos resultados positivos trazidos pelo Corso do Zé Pereira no último fim de semana que, para ele, ganhou mais força de participação popular e na segurança. “Assim como o Corso, no Carnaval vamos dar um passo adiante para ascensão da festa de momo,” finaliza.

Flash de Yala Sena
Diego Iglesias [da Redação]
Redacao@cidadeverde.com