Cidadeverde.com

Novo presidente da FCMC fala sobre dificuldade financeira para Corso e Carnaval

O novo presidente da Fundação Cultural Monsenhor Chaves, Luis Carlos Martins, declarou hoje (3) que já se reuniu com o prefeito de Teresina, Firmino Filho, para decidir a programação para as prévias e para o Carnaval na capital. Segundo ele, devido às dificuldades financeiras, as decisões tomadas serão "sábias e responsáveis". 

Ele declarou que as primeiras providências para as festas serão o lançamento dos editais para a escolha do rei e rainha do Carnaval e para as músicas carnavalescas. O presidente falou ainda sobre o tema sempre conturbado no período: o desfile das escolas de samba. 

"Tomaremos uma decisão responsável e dentro das condições que temos. A prefeitura não vai arcar com o que não pode. Será uma decisão sábia, responsável e de acordo com os interesses da população da cidade", disse. 

Luis Carlos disse ainda ser um ávido consumidor da cultura nordestina e que sua experiência anterior como gestor da segurança - ele é policial federal aposentado - torna o desafio, diante da Fundação, menos complexo. Segundo ele, o trabalho será feito em total parceria com os produtores culturais da cidade e prometeu a realização de um seminário com os artistas.

"Haverá muito planejamento, pois faremos um seminário para ouvir a todos, o pessoal da música, os artistas, autores, humoristas, artesãos e serão definidas pautas e uma agenda para os próximos quatro anos. Eu apenas serei um meio, quem fará a cultura de Teresina serão as pessoas, os artistas", garantiu.

 

Maria Romero com informações de Gorete Santos
redacao@cidadeverde.com