Cidadeverde.com

Foliões vão às ruas e protestam contra a condenação de Lula

Fotos: Wilson Filho/ Cidadeverde.com

Em meios aos foliões que se concentram no bloco Sanatório Geral, um grupo se vestiu com camisas em apoio ao ex-presidente Lula e traziam a seguinte frase: "eleição sem Lula é Carnaval sem alegria". A roupa também representa uma crítica ao Judiciário Brasileiro. 

Com o nome do bloco "Loucas por Lula" estampado em um standard, um dos integrantes disse que o propósito é fazer uma homenagem ao ex-presidente que, segundo ele, foi condenado injustamente. 

"A ideia é denunciar o Judiciário do Brasil que condenou um homem inocente, sem provas, o homem que mais fez pelo povo brasileiro e que mais fez pelos pobres do Brasil", disse Joceilson Costa. 

Fotos: Wilson Filho/ Cidadeverde.com

A advogada Ana Lúcia Gonçalves acrescenta que trouxe o bloco para rua como uma forma de manter a resistência e não aceitar a condenação de Lula. 

"Essa decisão viola o Estado Democrático de Direito. Estamos aqui para dizer que não aceitamos esse julgamento político que fere a soberania nacional", disse. 

Segundo ela, o julgamento de Lula foi uma 'farsa jurídica e um artifício para torná-lo inelegível". "Defendemos a democracia e direito de Lula ser candidato", reitera a advogada.

Foto:Yala Sena/ Cidadeverde.com

Já o ex-presidente do Conselho Municipal LGBT, André Santos, foi para o bloco fantasiado de Dilma Rousseff. "É uma crítica aos políticos", resumiu.

 

Flash Rodrigo Antunes (especial para o Cidadeverde.com) e Yala Sena
Redação Graciane Sousa
redacao@cidadeverde.com