Cidadeverde.com

Contra perda de direitos e desesperanças, Coisa de Nêgo abre o carnaval de Teresina

Fotos: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Com o tema “Tambores por Esperança”, o bloco afro-cultural Coisa de Nêgo abre o carnaval de Teresina nesta sexta-feira (9) na zona Norte da capital.  Neste ano o grupo abordará o tema “Tambores Por Esperança” para protestar contra “perdas de direitos” e as “desesperanças” da população negra. 

O Coisa de Nêgo é o único bloco afro-cultural carnavalesco do Piauí, reúne membros de terreiros de umbanda e chega a sua 27ª edição neste ano. Após o tradicional “arrastão” na Avenida Boa Esperança, os foliões encerram o percurso na Praça dos Orixás, no Parque Lagoas do Norte.

“Estamos com o tema "Tambores por Esperança" para que nós possamos dialogar com nossas desesperanças porque a gente vive um momento bastante complicado, com várias perdas de direitos dos negros, das comunidades quilombolas, várias decepções, intolerância relogiosa, racismo e a perseguição dos negros e negras, que é bastante forte tanto a nível estadual, como nacional”, explica Assunção Aguiar, coordenadora do bloco.

Apesar do “momento complicado” que a coordenação do bloco aborda, o Coisa de Nêgo tem expectativa que dias melhores virão e protestará por isso na Avenida.  

“Temos esperança da gente acabar com a violência contras as crianças, essa questão da pedofilia. Precisamos ter esperança de uma sociedade mais justa e igualitária”, destaca Assunção Aguiar. 

Asssunção Aguiar, coordenadora do bloco Coisa de Nêgo

Percurso

Os foliões do bloco Coisa de Nêgo iniciam o “arrastão” na Avenida Boa Esperança às 16h. A concentração é na frente da escola municipal Dilson Fernandes e o encerramento será com uma festa na Praça dos Orixás. 

“O ponto final é na Praça dos Orixás, com o grupo Coisa de Nêgo, Ijexá, grupo de samba, axé e de pagode. Será um momento bastante significativo para nós que somos da cultura negra”, convida Assunção. 


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com 

Especialista dá dicas para aproveitar o Carnaval com saúde e sem ressaca

O Carnaval está começando e já tem muita gente animada para aproveitar a folia. No entanto, para não perder o pique e manter a saúde em dia, é necessário ter alguns cuidados com a alimentação. O alerta é feito pela nutricionista Alessandra Fontenelle, que fez um balanço dos alimentos que podem ser consumidos sem restrições e aqueles que devem ser evitados para aproveitar a maratona carnavalesca, seja nos blocos ou na passarela do samba, sem nenhuma preocupação.

A médica indica alimentos leves e balanceados na folia, além disso, ela orienta aos foliões o consumo de muito líquido, como por exemplo, sucos naturais e água de coco. Para quem exagera na bebida alcoólica, a recomendação é que intercale o consumo com água, frutas e barra de cereal, assim, evitando efeitos mais danosos. "Aconselho que intercale com água, frutas, barra de cereal para evitar um problema maior durante a folia, pois com o consumo exagerado de bebida alcoólica o corpo passa por um processo de desidratação causando outros problemas", frisa.

Aos foliões que passarão o carnaval no Piauí, a dica é não descuidar da hidratação. Com as altas temperaturas, o cuidado deve ser redobrado, assim, as pessoas poderão curtir a folia de momo na sua plenitude e esbanjando saúde. "Devido as nossas altas temperaturas e sol intenso, o corpo precisa de cuidados com a hidratação, ingerir bastante água para que o corpo aguente os dias de folia", indica Alessandra.

1.De quais tipos de alimentos os foliões devem se distanciar quando o assunto é manter o pique e pular o carnaval sem correr riscos de prejudicar a folia por causa de má alimentação?

Alessandra Fontenelle - Alimentos gordurosos e frituras devem ser evitados pelos foliões, pois além de prejudicar a digestão. Também devemos evitar alimentos preparados como maionese, molhos, creme de leite, pois são muito perecíveis estragam facilmente e podem atrapalhar a diversão do folião.

2.Aqueles que obedecem a dietas mais rigorosas o ano inteiro estão permitidos sair da dieta no período do Carnaval, assim como muitos fazem no Natal, ou é possível curtir a folia e manter os mesmos hábitos alimentares?

É possível sim, pois consumindo alimentos mais leves, optando por frutas, sucos e barrinhas de cereais, comendo de 3 em 3 horas e até consumindo carboidratos de boa qualidade o folião estará pronto para enfrentar os dias de folia.

3.Quanto aos líquidos? As pessoas costumam exagerar no consumo de bebida alcoólica e sofrem as consequências. Há alguma recomendação para amenizar os efeitos da ressaca?

Para amenizar os efeitos da ressaca o ideal é que o folião opte por ingerir muito líquido, investir nos sucos naturais, água de coco, frutas com bastante água, como melancia, tangerina, maçã e melão além de pratos leves e caldos.

4.No caso do Piauí, com o nosso clima e hábitos alimentares de dias de festa como as comidas de rua, como os pratos tipo Maria Isabel e creme de galinha que fazem o famoso arrumadinho, há alguma recomendação especial em relação a estes pratos e outros também muito consumidos na rua?

Devemos sempre ter cuidado com alimentos vendidos nas ruas, pois os alimentos que não estão em temperatura adequada se estragam com facilidade causando prejuízos. Além de ficar sempre atento às condições higiênicas do local, evite lanches produzidos em locais de procedência duvidosa. Geralmente alimentos vendidos em barraquinhas podem possuir diversos microrganismos que fazem mal à saúde. O ideal é sempre levar seu alimento, como uma barra de cereal, assim poderá curtir o carnaval com segurança.


redacao@cidadeverde.com

Trabalho preventivo em saúde será feito nas festas de carnaval

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) vai intensificar o trabalho preventivo durante o carnaval distribuindo insumos de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Serão distribuídos materiais educativos, preservativos masculinos, femininos e gel lubrificante. Além disso, os profissionais de saúde estarão informando a populações sobre os riscos das ISTs e as formas de prevenção.

“Nós fazemos esse trabalho o ano inteiro e nos períodos festivos procuramos reforçar, visitando bares e clubes”, diz Alana Niége, coordenadora de DST/AIDS da capital. Durante o carnaval, entre os dias 9 e 13 de fevereiro, a FMS vai manter duas equipes volantes de profissionais, que visitarão bares, clubes e os blocos de rua (Sanatório geral, Capote da Madrugada, Vaca Atolada e outros), além de festas nos bairros de Teresina.

Assim como em 2017, este ano o foco da campanha será no público jovem, que também é o principal frequentador da folia. “Eles são os que menos usam camisinha e são os que mais são acometidos por infecções sexualmente transmissíveis. São também os que menos aderem ao tratamento”, diz Alana Niége. “O foco são os jovens, mas também não deixamos de lado as outras faixas etárias”, finaliza a coordenadora.


redacao@cidadeverde.com

Prefeitura de Teresina divulga programação dos bailes de Carnaval

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 

Com o tema "Carnaval em Todo Canto", Teresina conta com mais de 40 blocos e bailes levando diversão a população teresinense. Entre os dias 9 e 13 de fevereiro, as ruas da cidade estarão ocupadas com muita música, brilho e alegria.

Dando continuidade à nova estrutura de carnaval, a Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC) tem como objetivo incentivar a participação da população em festas de rua e valorizar a cultura local.

"Queremos que as pessoas que fiquem na cidade, participem mais, se divirtam e valorizem nossas tradições e cultura", afirmou Luís Carlos Alves, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves.

Após o sucesso do Corso de Teresina, que arrastou mais de 400 mil pessoas para Avenida Raul Lopes, no último sábado (3), e se consagrou como um dos mais seguros dos últimos cinco anos, a expectativa para o período carnavalesco é que seja um carnaval tranquilo e seguro.

"Nossa expectativa é que o carnaval seja tão tranquilo quanto o Corso. Estamos otimistas que as festas populares, além de alegria, terão muita segurança", disse Kleyton Marinho, gerente de Promoção Cultural da Fundação Monsenhor Chaves.

Confira a programação completa dos blocos e bailes:

Zona Norte

09/02

22ª Carnabrega

Local: Praça do Gari

Horário: 20h

10/02

Bloco Lissomos

Local: Marquês

Horário: 20h

Bofe Folia

Local: Vila Meio Norte, Pedra Mole

Horário: (horário a definir)

Viva Paz e Violência Não

Local:  Praça principal da Santa Maria da Codipi

Horário: (horário a definir)

Tome Dalila

Local: Rua Mar. Teodoro Castelo Branco, próximo a Praça do Mafrense

Horário:(horário a definir)

Bloco da Fundações

Local: Matadouro

Horário: 21h

II Fernandão Folia

Local: Nova Brasília

Horário: 20h

11/02

Tome Dalila 

Local:  Rua Mar. Teodoro Castelo Branco, próximo a Praça do Mafrense

Horário: (horário a definir)

Etin Folia

Local: Av. Central, Q 16, Setor C - Mocambinho

Horário: (horário a definir)

II Fernandão Folia

Local: Nova Brasília

Horário: 17h

12/02

Com Cerveja

Local: a defnir

Horário: (horário a definir)

Tome Dalila

Local: a defnir

Horário: (horário a definir)

Línguas Venenosas

Local: Morro da Esperança

Horário: 17h

Vaca Atolada

Local: Em frente ao Iate Clube - Matinha

Horário: 14h

Turbinado da Sergipe

Local: Rua Sergipe, Aeroporto

Horário: 18h

13/02

Viva Paz e Violência Não

Local: Praça principal da Santa Maria da Codipi

Horário: (horário a definir)

Tome Dalila; 

Local:  Rua Mar. Teodoro Castelo Branco, próximo a Praça do Mafrense

Horário: (horário a definir)

Queima Foquite

Local: Acarape

Horário: 18h

Zona Sul

10/02

2ª Folia da AMMOC

Local: Monte Castelo

Horário: 17h

Prévia Carnavalesca - Buteco do Dedim

Local: Conjunto Sacy

Horário: 14h

Tomar Gagau

Local: Parque Piauí - próximo ao Colégio Unesp

Horário: (horário a definir)

Paçoca

Local: Sacy

Horário: 14h

11/02

Das Fuleras

Local: Rua Riachuelo, Tabuleta

Horário:

(horário a definir)

Prévia Carnavalesca - Buteco do Dedim

Local: Conjunto Sacy

Horário: 14h

Tomar Gagau

Local: Parque Piauí - próximo ao Colégio Unespp

Horário: (horário a definir)

Paçoca

Local: Sacy

Horário: 13h

Liga da Justiça

Local: Lourival Parente

Horário: 14h

A Carnazon Folia 2018

Local: Rua Major Osmar Felix com Porfírio Lopes, Monte Castelo

Horário: 18h

12/02

Imperasamba

Local: Cidade Nova

Horário: 18h

Prévia Carnavalesca - Buteco do Dedim

Local: Conjunto Sacy

Horário: 14h

Tomar Gagau

Local: Parque Piauí - próximo ao Colégio Unespp

Horário:

(horário a definir)

Paçoca

Local: Sacy

Horário: 15h

Liga da Justiça

Local: Lourival Parente

Horário: 14h

13/02

Paçoca

Local: Sacy

Horário: 15h

Liga da Justiça

Local: Lourival Parente

Horário: 14h

Zona Leste

10/02

Prévia Carnavalesca

Local: Vila Samaritana

Horário: 20h

Capote da Madrugada

Local: Av. Dom Severino, Próximo ao Coco Bambu

Horário: 15h

Pinto na Morada

Local: Dom Severino

Horário:

(horário a definir)

Bofe Folia

Local: Vila Meio Norte - Pedra Mole

Horário:

(horário a definir)

13/02

Arrastão do São João

Local: São João

Horário:

(horário a definir)

Bloco Batatinha do Louah

Local: Morada do Sol

Horário: 17h

Quarto Mela Mela do Xarobá

Local: Planalto Ininga

Horário: 16h

Zona Sudeste

11/02

Barão de Itararé

Local: Av. Principal do Dirceu (Banco do Brasil) até a Praça Cultural

Horário: 17h30

12/02

Os Venta Suada

Local: Dirceu II

Horário: 16h

13/02

Kebra Kabaça

Local: Praça Cultural do Dirceu

Horário:  08h

Veteranos da Folia

Local: Gurupi

Horário: 19h

Barão de Itararé

Local:  Av. Principal do Dirceu (Banco do Brasil) até a Praça Cultural

Horário: 17h30

Centro

10/02

Sanatório Geral

Local: Praça da Liberdade

Horário: 16h

11/02

Filhos da Pauta

Local: Praça Pedro II

Horário:

(horário a definir)

Carnaval Família Manoel Domingos

Local: Entre a Rua Ruy Barbosa e Av. Miguel Rosa

Horário: (horário a definir)

Piauí Samba

Local: a definir

Horário: a defnir

(horário a definir)

Salve Rainha

Local: a defnir

Horário: 16h

12/02

28ª Zé Pereira da Palmeira

Local: a defnir

Horário: 18h

Rapazes Alegres

Local: Próximo ao Palácio da Música

Horário: 13h

Zonal Rural

12/02

As Curicas

Local: Ave Verde

Horário: 16h

Miguelância

Local: Ave Verde

Horário:  16h

HUT faz plano de contingência para demandas do carnaval

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT), apesar de não atender mais os casos considerados de baixa complexidade, ainda sente os reflexos do aumento na demanda de casos de politraumatizados durante o carnaval. Por conta disso, o hospital já possui um plano de contingência que prevê um remanejamento das equipes de saúde para os setores mais críticos, de acordo com a necessidade, e um reforço de seus insumos.

De acordo com o Gilberto Albuquerque, diretor geral do HUT, os casos de politrauma encaminhados para hospital nesse período já são esperados e, portanto, estão contemplados no planejamento feito previamente pela direção. “Temos os melhores profissionais na área de urgência e emergência e nosso hospital é referência no SUS para o atendimento de vítimas de politraumas. Concentramos nosso reforço nos setores mais críticos, como Pronto Atendimento, Centro Cirúrgico e Ortopedia, pois são as áreas de maior fluxo por conta do nosso perfil de atendimento”, explicou o diretor.

No carnaval do ano passado o HUT atendeu 796 pessoas e realizou 212 cirurgias. Dentre os politraumatizados o hospital atendeu 198 pessoas vítimas de acidentes de trânsito, sendo que 157 foram somente vítimas de acidentes com motocicleta. As agressões físicas foram 52 atendimentos, 11 vítimas de arma de fogo, 24 por arma branca, 14 espancamentos e três por outros meios.

Para este ano, Gilberto pede mais prudência no trânsito e tolerância aos foliões. “É preciso respeitar as leis de trânsito e lembrar que a mistura de álcool e direção pode resultar até em morte. O carnaval é para brincar, não para brigar e depois terminar internado em um hospital. É preciso ter mais tolerância”, disse.

 


redacao@cidadeverde.com

Mais de 40 blocos são selecionados para o Carnaval de Teresina; veja lista

Foto: Cidadeverde.com 

Com o objetivo de levar diversão à população e valorizar a festa de rua em Teresina, a Prefeitura Municipal e a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC) selecionou 45 festas populares entre blocos e bailes carnavalescos.

Em ritmo acelerado, a festa mais esperada do país chega à capital do Piauí contemplando todas as zonas da cidade. “Nosso lema é ‘Carnaval em Todo Canto’ e, mais um ano, nosso objetivo maior é levar diversão à população”, afirmou Luís Carlos Alves, presidente da FMCMC.

Uma Comissão de Seleção analisou quesitos como tradição e histórico - confirmação de atuação no carnaval, capacidade do grupo ou agremiação, tempo de atuação, contribuição para a manutenção e renovação das manifestações culturais -, qualidade técnica da proposta e distribuição regional.

Os selecionados, devem se dirigir até a sede da FMC na quinta-feira (08) para assinar o Termo de Cooperação Financeira para efetivar a ajuda financeira e garantir a participação no Carnaval de Teresina. A Fundação Monsenhor Chaves está localizada na Rua Félix Pacheco, 1440, Centro.

Confira os blocos e bailes carnavalescos:

1. Sacy Pererê;

2. Com Cerveja;

3. Los Baleados;

4. Filhos da Pauta;

5. Tomar Gagau;

6. Bofe Folia;

7. Viva Paz e Violência Não;

8. Carnaval Família Manoel Domingos;

9. 22ª Carnabrega;

10. Liga da Justiça;

11. 28ª Zé Pereira da Palmeira;

12. Tome Dalila;

13. Prévia Carnavalesca - Buteco do Dedim;

14. Etin Folia;

15. As Curicas;

16. Miguelância;

17. Veteranos da Folia;

18. Imperasamba;

19. Rapazes Alegres;

20. Línguas Venenosas;

21. 2ª Folia da AMMOC;

22. Turbinado da Sergipe;

23. Os Piratas;

24. Queima Foquite;

25. Prévia Carnavalesca;

26. A Carnazon Folia 2018;

27. Os Venta Suada;

28. II Fernandão Folia;

29. Bloco da Fundações;

30. Arrastão do São João;

31. Barão de Itararé;

32. Capote da Madrugada;

33. Das Fuleras;

34. Bloco Batatinha do Louah;

35. Bloco Lissomos;

36. Salve Rainha;

37. Vaca Atolada;

38. Banda Bandida;

39. Piauí Samba;

40. Kebra Kabaça;

41. Paçoca;

42. Sanatório Geral;

43. Mela Mela Draga a Lana;

44. Quarto Mela Mela do Xarobá;

45. Pinto na Morada

 


Da redação
redacao@cidadeverde.com 

Cadê meu celular? Veja 10 dicas para não ser roubado no Carnaval

No carnaval, todo mundo quer garantir aquela foto que vai bombar nas redes e ter como mandar um WhatsApp para encontrar a galera no meio da multidão. Mas um descuido pode fazer o folião entrar para as estatísticas de roubo de celular, e lá se foi a alegria. 

O G1 reuniu dicas de especialistas para evitar ser vítima de furto e roubo nos blocos, e o que fazer caso algum ladrão leve o seu aparelho.

10 dicas para evitar ter o celular roubado no bloco:

  • Por mais que comprometa a qualidade das selfies, é preferível deixar o celular mais caro em casa e levar para o bloco um aparelho antigo ou mais simples, que não desperte a cobiça do ladrão.
  • Se você só tem o celular caro, o ideal é não levar ou evitar usá-lo em público – mesmo em local aparentemente seguro, como o metrô. Esse tipo de aparelho motiva ladrões em todo lugar.
  • Cuidado com esbarrões e empurrões. Essa é uma das formas que os ladrões usam para agir.
  • Evitar ao máximo ficar com o telefone na mão no meio de aglomerações ou em calçadas muito movimentadas.
  • Não deixar o celular no bolso de trás da calça. Aproveite a volta das pochetes ou use uma doleira por dentro da roupa. Também vale um bolso ou bolsa mais seguros, com zíper, por exemplo. Todos sempre virados para a frente.
  • Os criminosos focam em quem dá bobeira no meio do bloco. Então, procure um lugar mais seguro para manusear o celular – encoste numa parede, entre numa loja, numa banca de revista ou pare perto da polícia.
  • Também preste atenção ao redor, porque as quadrilhas observam a vítima e descobrem, antes do furto, até a senha de desbloqueio do aparelho.
  • Evitar andar sozinho, ruas desertas, ônibus ou vagões de trem vazios.
  • Em bares, guarde o celular com você quando estiver bebendo e não o deixe em cima da mesa.
  • Crianças que usam celular devem deixar o aparelho em casa se forem pular no bloquinho.

Levaram o meu celular! Veja o que fazer:
Mesmo em casos de furto (quando não há agressão física), faça o boletim de ocorrência o quanto antes. Não deixe para o outro dia.
Em alguns estados, você nem precisa ir à delegacia. É possível fazer o boletim de ocorrência numa delegacia virtual.

Algumas delegacias eletrônicas pedem o código IMEI do celular para fazer o B.O online.

O IMEI pode ser consultado pelo usuário na caixa do produto, na nota fiscal, ou diretamente no celular, digitando *#06#. Ele também pode facilitar o bloqueio do celular.


Fonte: G1 

Bloco Pinto da Morada muda local de concentração em 2018

Pelo segundo ano consecutivo, o sábado(10) de Carnaval será animado no bairro Morada do Sol, zona Leste de Teresina. É que o Pinto da Morada vai botar a cara no sol e agitar foliões com muito frevo e alegria.  

A concentração mudou de local, deixou a praça do bairro e vai para o restaurante Cajuína, na avenida Dom Severino, consequentemente o percurso também sofreu uma pequena alteração: sai às 17h30 do Cajuína até a Maçonaria e depois retorna ao restaurante. A folia começa a partir das 14h. 

O presidente do bloco Alexandre Sá já tem experiência com blocos de rua e promete muita alegria e animação com bonecos gigantes, orquestra de frevo e trio elétrico com Lene Alves, que também animará a concentração.  

Parte da venda das camisas será revestida para o abrigo de idosos São José, localizado na Morada do Sol. 

A previsão é de que cerca de três mil pessoas participem do bloco, que tem uma música oficial de autoria dos compositores Osnir Veríssimo e Alzimar Alvarenga.

As camisas estão sendo vendidas no valor de R$ 35, no restaurante Cajuína, na avenida Dom Severino e durante a concentração no dia do evento.

Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Mais de 70 blocos e bailes de Carnaval se inscrevem na Fundação Cultural

O Carnaval 2018 será recheado de cor e alegria em toda a cidade. Com uma política de apoio aos blocos carnavalescos, a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves recebeu inscrições de 77 blocos e bailes. A ideia é espalhar folia pela cidade, proporcionando oportunidade para toda a população brincar a folia de momo perto de casa.

Seguindo o edital, os interessados podiam se inscrever em forma de blocos e bailes carnavalescos. O documento estipula disponibilização de apoio aos blocos no valor máximo de R$ 10.000, que será viabilizado a 5 blocos; o valor de R$ 5.000 para mais 5 blocos; e R$ 1.000 para outros 25 blocos. Os bailes carnavalescos terão apoio no valor de R$ 5.000 para 5 bailes e R$ 1.000 para 25 bailes.

O período de inscrições se encerrou ontem (31). Agora, a documentação levada por cada representante está sendo avaliada de acordo com o quesitos apresentados no edital. "Os pedidos estão sendo avaliados por uma comissão, de acordo com os requisitos propostos no edital. Após a primeira avaliação documental, será realizada a seleção dos blocos e bailes a serem contemplados", disse Kleyton Marinho, membro da COC - Comissão Organizadora do Carnaval.

A Comissão de Seleção irá avaliar o conteúdo dos projetos seguindo critérios como tradição e histórico - confirmação de atuação no carnaval, capacidade do grupo ou agremiação, tempo de atuação, contribuição para a manutenção e renovação das manifestações culturais -, qualidade técnica da proposta e distribuição regional.

Parque Lagoas do Norte recebe prévia do bloco Vaca Atolada na sexta (02)

Na próxima sexta-feira (2), o Parque Lagoas do Norte recebe os foliões teresinenses para mais uma prévia carnavalesca. Desta vez, a animação fica por conta do bloco Vaca Atolada. A concentração começa às 18h na Praça Monumental.

O bloco Vaca Atolada, consagrado da zona Norte de Teresina, pretende animar os foliões com músicas, fantasias e surpresas durante o desfile. “Já estamos acertando os últimos detalhes para a nossa prévia. E ao público, prometemos muita folia e diversão. E apresentaremos a rainha do bloco e muitas surpresas”, afirma o organizador do bloco, Daniel Borges.

A prévia carnavalesca não tem restrição. O pedido da organização do desfile é que o folião vá caracterizado para pular o carnaval. “É carnaval e pedimos aos foliões que se caracterizem para o Vaca Atolada com muito brilho e fantasias carnavalescas”, explica o organizador.

Esta será a segunda prévia carnavalesca do Parque Lagoas do Norte recebe em 2018. “O Parque já se consagrou como espaço de cidadania para a população na zona Norte de Teresina. E no carnaval não seria diferente. Esperamos que todos se divirtam e aproveitem a passagem do bloco como momento de confraternização”, diz a gerente do Parque Lagoas do Norte, Viviane Bandeira.

 

Da redação
redacao@cidadeverde.com 

Posts anteriores