Cidadeverde.com

Reunião define esquema de segurança, trânsito e saúde no Corso

Foto: Cidadeverde.com 

Durante a reunião geral com órgãos envolvidos na realização do Corso de Zé Pereira, realizada nesta quarta-feira (20), foram apresentados os detalhes das novidades culturais, da segurança e saúde do evento, que será realizado neste sábado (23), às 16h, na avenida Raul Lopes, zona Leste.

A reunião teve como objetivo apresentar os planejamentos de cada órgão, principalmente no que diz respeito aos foliões. De acordo com o Tenente Coronel Canuto da Policia Militar, esta edição conta com 639 policiais distribuídos em três turnos, além de elevados, câmeras, drones, cavalaria, 180 agentes disponibilizados pela Secretaria de Segurança, 60 policiais civis. Serão 117 agentes de trânsito trabalhando na Operação Corso 2019.

O Corso de Zé Pereira conta com 13 pontos de bloqueios, com cerca de 12 policiais cada, onde os mesmos farão a revista de todo folião que deseja passar para o corredor da folia. "Acreditamos que esse ano será melhor que ano passado, principalmente a revista que será realizada em todos os foliões nos pontos de bloqueios", afirmou Coronel Canuto.

Entre os temas debatidos, a saúde da população teve destaque. Segundo a diretora do SAMU, Francina Amorim, a expectativa é que esta edição tenha baixos números de ocorrências graves. "Estamos na expectativa que, assim como ano passado, os números de ocorrência que precise deslocamento para hospitais sejam baixos devido nossa equipe e a toda segurança instalada no evento", disse.

Ainda de acordo com a diretora, o atendimento de urgência envolve toda rede municipal de saúde, com equipes redobradas no Hospital do bairro Primavera, zona Norte, que será destinado para casos menores, e HUT para casos de maior gravidade, além da equipe instalada no Centro Integrado do Corso, com médico, enfermeiros, técnicos de enfermagem e socorristas.

Na parte cultural foi apresentado o mapa oficial do evento, com a disposição de portais de entrada e palcos culturais. Serão quatro palcos temáticos ao longo da Avenida Raul Lopes, sendo que cada um irá homenagear uma personalidade carnavalesca da cidade. O palco de marchinhas presta homenagem ao compositor My Brother; o de samba e pagode ao músico Mestre Colombo; no axé a homenagem será para a atriz Lari Salles; e na música eletrônica será a coreógrafa Samantha Menina.

 

Trânsito no Corso

O trajeto do Corso foi mudado devido a melhor mobilidade da população, sendo interditada somente a avenida Raul Lopes que dá acesso ao evento. A interdição será a partir das 14h, do dia 23.

Para o diretor de operações e fiscalização da Superintendência de Transportes e Trânsito (Strans), Jaime Oliveira, não há necessidade para fechar pontes e vias que são correntes de travessia entre zonas. "Este ano a Ponte Estaiada ficará aberta, sendo interditada somente a alça que dá acesso à avenida Raul Lopes. Fora isso, a concentração de caminhões será feita na própria avenida pensando em não atrapalhar o fluxo de carros na cidade", ressaltou.

 

Da redação
redacao@cidadeverde.com