Cidadeverde.com

Sanatório Geral faz a festa e leva multidão ao Centro de Teresina

  • ujkhjk.jpg Letícia Santos
  • f4a76205-be7b-4b4e-b1a5-63a617c47f65.jpg Letícia Santos
  • cb808e4f-faa3-4525-977c-f7ea2c801795.jpg Letícia Santos
  • c347220f-4db3-46c5-bb10-897d702d7564.jpg Letícia Santos
  • bf7fe506-c290-4b65-9c99-d9b37f56b792.jpg Letícia Santos
  • aaaeb534-fcca-4acb-a82c-a270054bde92.jpg Letícia Santos
  • 45634718-f71e-46a4-bc83-fdb3622c96bb.jpg Letícia Santos
  • 9829c989-0392-4fba-8f92-f4ed9bcc8df3.jpg Letícia Santos
  • 9520a1c8-feee-415f-98f9-c0912d26d4ef.jpg Letícia Santos
  • 8588eef8-c146-452e-8d97-897782fcd3d7.jpg Letícia Santos
  • 1252fb23-0ada-4c4a-a4d1-43249f35d560.jpg Letícia Santos
  • 901c4cd2-b911-4e28-a0e4-d76942e85346.jpg Letícia Santos
  • 7e0309bd-1a09-484b-8c71-ebd07805fe2e.jpg Letícia Santos

Os foliões do Sanatório Geral levaram para a Praça da Liberdade temas como kit Gay, criminalização da homofobia e o combate a intolerância. Uma multidão se concentrou ao lado da Igreja São Benedito, no Centro de Teresina. Neste ano, o bloco está debutando. Ele completa 15 anos e faz uma homenagem a Velha Guarda. 

"Quinze anos reunindo essa galera linda, da paz, na praça da Liberdade, onde outrora o Carnaval acontecia e dispersava. Aqui é o lugar feliz de estar em Teresina", afirmou Jorginho Medeiros, um dos idealizadores do bloco.  

O presidente do conselho LGBT em Teresina, Andre Santos, foi ao evento fantasiado de anjo com asas em cores de arco-íris. "É um protesto e um alerta para que os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) mantenham o voto pela criminalização da homofobia. Queremos alertar que tem ministro anjo em defesa do LGBT".

Já a Elane Aragão foi fantasiada de kit gay.  Ela conta que a fantasia é um protesto contra às pessoas que acreditam na cura da homossexualidade. "É um deboche. É ridículo esse debate de kit gay. Os LGBTs são seres humanos, e o kit gay u é um total estado de ignorância das pessoas que acreditam nele", enfatizou.

Diretor do Theatro 4 de setembro, João Vasconcelos comentou que o bloco Sanatório Geral permanece até hoje devido a alegria e a persistência de dois amigos e que há 15 anos oferece alegria aos teresinenses. Os dois amigos são Jorginho Medeiros e Arimatan Martins. 

Maria Laura, do Grupo Piauiense de Transexuais e Travestis, diz que pela primeira vez participa e está se sentindo em um "encontro de multipessoas" e que não se deparou com nenhum despeito aos travestis e homossexuais, pelo contrário.



Assunção Aguiar, do Bloco Coisa de Nego, também marcou presença e declarou que o carnaval de Teresina tem sido positivo, principalmente, nos bairros. "Para quem gosta de carnaval, é um resgate para as comunidades, e precisa de mais investimentos". 

O ator e bailarino Fernando Freitas foi ao Sanatório ressaltando os índios e condenando o extermínio indígena. Ele batizou a fantasia de "Potyréa", como a última índia potira . "O Piauí só tem índio no nome, e a Potyréa vem representando como a única que sobrou no Estado e que está aqui para contar a história".

 

 



Flash Yala Sena
Da Redação Carlienne Carpaso
redacao@cidadeverde.com