Cidadeverde.com

Pesquisadores japoneses descobrem caverna na lua

A pesquisa espacial japonesa conseguiu um feito interessante, publicado na Revista Geophysical Research Letters: descobriu uma caverna com aproximadamente 50 km de comprimento. A descoberta feita pela JAXA (Agência Espacial Japonesa) usou ondas sonoras emitidas pela sonda Selenological and Engineering Explorer apontada para uma grande cratera e obteve como resultado a presença de um túnel com 100 metros de largura e 50 km de comprimento.

A ideia é que em uma missão futura, com possibilidade de usar a Lua como base, seja possível criar um local seguro e habitável. Protegidos na caverna, os astronautas estariam menos sujeitos a variações de temperaturas e de radiação. Na lua as tempraturas variam entre 107ºC durante o dia e -153ºC, durante a noite, o que dá a espantosa amplitude térmica (diferença entre a maior e a menor temperaturas) de 260ºC. Os cientistas acham que a Caverna tenha sido formada por atividade vulcânica há cerca de 3,5 bilhões de anos.

A pesquisa foi publicada no dia 19 de outubro, dia do Piauí.