Cidadeverde.com

Bico das aves foi uma novidade evolutiva

Não sei se é do conhecimento da maioria, mas as aves são muito mais próximas dos dinossauros do que poderíamos imaginar. As aves e dinossauros compartilham muitas características anatômicas comuns e são consideradas pelos especialistas descendentes comuns de um mesmo ancestral.

Por um tempo razoável circulam especulações sobre a formação do bico das aves, considerado um atributo especial que diferenciou muito bem as aves modernas dos dinossauros (é importante que se diga que não somente isso, pois os dinossauros são uma categoria de répteis primitivos que se extinguiu no final da Era Mesozóica, há cerca de 60 milhões de anos atrás).

Cientistas da Universidade John Hopkins, de Maryland (EUA) revisitaram fósseis de uma ave marinha que viveu a 90 milhões de anos, o Ichthyornis, e usando escaneamento 3D descobriram sobre a formação do bico desta ave, que ao contrário das aves atuais tinha uma porção de dentinhos (repare na ilustração).

O bico é considerado uma novidade evolutiva. Com ele as aves não somente se alimentam e alimentam seus filhotes, mas são capazes de fazer muito mais coisas, como bisbilhotar, construir seus ninhos e se defender.

A paleontologia continua tentando desvendar o passado do homem e dos demais seres vivos.

Até a próxima...