Cidadeverde.com

População se une contra a Lei de Abuso de Autoridade

Promotores, juízes e delegados, com o apoio da população brasileira de onze estados mais o Distrito Federal, trocaram o descanso de domingo pelas manifestações de protesto contra a Lei de Abuso de Autoridade, aprovada pela Câmara dos Deputados no último dia 14. Profissionais e órgãos responsáveis por investigação, julgamento e controle externo veem na Lei uma camisa de força contra o trabalho de combate à corrupção.

A Lava Jato nunca foi bem vista por boa parte dos parlamentares, temerosos de terem o mesmo destino do ex-todo poderoso deputado Eduardo Cunha, que cumpre pena atrás das grades. Quem tem o que esconder tem o que temer. Pelo projeto de lei aprovado na Câmara, procuradores , juízes e delegados ficam tolhidos de exercerem sua profissão. O texto põe sob ameaça o trabalho de investigação que rendeu frutos ao Brasil nos cinco anos de Operação Lava Jato.

Nesse período, iniciado em março de 2014, 155 pessoas de diferentes partidos já foram condenadas, incluindo figurões do alto escalão, como deputado federal, governadores de estado e até um ex-presidente. Ao todo, foram recuperados para o Erário nada menos que R$ 13 bilhões entre acordos de colaboração premiada e leniência.

Por tudo isso, a população brasileira foi às ruas, com justa motivação, para pedir o veto ao projeto que tenta trazer de volta ao país a única lei que interessa aos corruptos: a da impunidade.