Cidadeverde.com

Piauí se prepara para colher uma safra recorde de grãos

O Piauí se prepara para colher uma safra recorde este ano, com 210 toneladas a mais do que em 2018, representando um aumento de cerca de 5% na colheita de grãos. O milho foi o produto que registrou o maior crescimento, com um aumento de cerca de 21,3%, segundo informações do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

A soja, embora tenha uma estimativa de colheita de 2,32 milhões de toneladas, sofreu uma redução de 6%, em razão de problemas climáticos e da redução do volume de chuvas, especialmente nos meses de dezembro e janeiro, com o veranico. O milho deve gerar uma safra de 1,84 milhão de toneladas, contando com a contribuição do milho safrinha. Na sequência, aparecem o feijão, já bem abaixo, com 80,2 mil toneladas e redução de cerca de 14% com relação ao ano passado; e o arroz, com 78,47 mil toneladas.

O Brasil também deve registrar uma supersafra, que pode chegar a 239,8 milhões de toneladas de grãos, com base nos dados registrados até o mês de agosto. Um crescimento de 5,9% com relação ao ano passado, o que corresponde, aproximadamente, a 13,3 milhões de toneladas a mais que em 2018.

Como se vê, o agronegócio ainda é muito forte nas economias brasileira e piauiense. Daí a importância de infraestrutura para assegurar o transporte, armazenamento e embarque de grãos que seguem para exportação.