Cidadeverde.com

Paraíso turístico do Piauí está virando lixão

Lixo flagrado em Barrinha pelos moradores

Os moradores e proprietários de imóveis em Barrinha e Barra Grande, no litoral piauiense, estão indignados. O outrora paraíso tranquilo dos que buscam uma praia sossegada, longe do barulho e da poluição, está se transformando em um lugar de aventureiros, sem nenhum compromisso com a preservação ambiental ou com o silêncio da comunidade.

Desde que começou a se tornar queridinha dos “descolados e famosos”, as praias de Barrinha e Barra Grande perderam justamente o que se transformou na razão do seu sucesso: um lugar paradisíaco, onde os frequentadores podiam desfrutar de uma natureza quase intocável.  Mas a chegada desordenada de novos empreendimentos comerciais e imobiliários foi descaracterizando o local, que pode perder todo o seu charme caso não seja tomada uma providência.

Os moradores já se reuniram para discutir o problema e estão se organizando para formar uma associação comunitária, a fim de obter mais força em suas reivindicações.  Eles reclamam, sobretudo, da falta de uma política de gestão ambiental, da ausência de esgotamento sanitário, tratamento de lixo e abastecimento regular de água na área.

Sem educação ambiental, as pessoas estão jogando lixo na praia, sujando a paisagem que sempre encantou a todos exatamente pela beleza preservada da ação humana. Não que a comunidade seja contra o progresso daquela área, mas que ele chegue de forma planejada, respeitando o meio ambiente e os seus moradores.