Cidadeverde.com

Piauí registra 20 casos de feminicídio só este ano.

O ano de 2019 ainda não terminou, mas já registra uma triste estatística que o mancha com o sangue das vítimas de uma doença que teima em persistir na nossa cultura: o machismo cego e violento. De janeiro até agora, o Piauí contabiliza vinte casos de feminicídio, crimes praticados contra mulheres pelo ciúme, ódio ou sentimento de posse dos seus algozes.

O último foi contabilizado ontem ao final de uma festa que celebrava justamente o amor. Enquanto os noivos brindavam a sua união, um homem jogava seu carro contra a namorada, provocando a morte da amiga, uma jovem bela, alegre e cheia de sonhos.

Quantos crimes a mais teremos que assistir até que esse tipo de violência seja banido de vez em nosso meio? Os mecanismos legais criados até agora parecem não ter surtido efeito. Sinal de que não basta apenas a punição, embora ela deva acontecer de forma rigorosa e severa. Mas, acima de tudo, precisamos educar melhor os nossos meninos, desde a primeira infância, para que aprendam a respeitar as mulheres, a começar por suas irmãs, incluindo também as coleguinhas de escola até chegar às futuras namoradas e esposas. Esta, talvez, seja a única forma possível de vivermos em uma sociedade livre dessa chaga.